Como Usar Furadeira? Passo A Passo!

Quando se está buscando por uma furadeira, é claro que você quer a melhor, mas antes de mais nada, você sabe como a usar?

Se você ainda não sabe, sem problemas, pois nosso objetivo aqui é justamente te ajudar nisso. Abaixo nós separamos para você um passo a passo lhe ensinando a maneira correta de utilizar sua furadeira, para não sobrar mais dúvidas. Além disso, nós também trazemos à você algumas informações e dicas de modo que você possa executar seu trabalho e utilizar sua furadeira da melhor maneira possível.

Então, se você deseja usar sua furadeira o quanto antes, e da maneira correta, é só continuar por aqui com a gente!

Para que serve uma furadeira?

Antes de começarmos a lhe explicar a como usar uma furadeira, você sabe dizer para que ela serve? E não, não vale dizer que ela serve só para “furar”!

Entretanto, furar é sim a sua principal função, ou melhor dizendo, perfurar. Quando você precisa fazer um furo, seja lá qual for o seu objetivo, é a furadeira que você deverá usar. Dependendo do trabalho, como por exemplo na construção civil, a furadeira acaba sendo uma ferramenta indispensável ao profissional, mas ela vai além do que apensa o uso profissional.

A furadeira é o tipo de ferramenta que você deve ter em casa, pois nunca se sabe quando precisará a usar. Como por exemplo para reformas, para instalar móveis, ou simplesmente para pendurar um quadro na parede. Para todas essas situações você precisará ter uma furadeira em mãos, mesmo que um modelo mais simples!

Conhecendo as partes de uma furadeira

E claro, tendo em vista que nós estamos nos aprofundando sobre furadeiras, é importante que apresentemos sua anatomia, passando por todas as peças e partes que a compõem, tal como você pode ver na imagem abaixo.

Partes de uma furadeira

Abaixo nós iremos focar melhor em todas as partes da imagem acima, da esquerda para a direita.

Mandril

Começando pelo mandril, ele é a parte onde as brocas serão encaixadas, e é sempre bom se atentar par usar a broca ideal para cada tipo de superfície que se deseja perfurar. O mandril e a chave de mandril são partes relacionadas, analisaremos sobre ela mais abaixo.

Função martelete

A função martelete, também chamada de martelo rompedor, não é encontrada em todos os modelos, mas ela é particularmente útil para quando se deseja perfurar materiais mais resistentes, tal como o concreto.

Limitador de profundidade

O limitador de profundidade, como o próprio nome indica, tem a função de limitar a profundidade máxima que seus furos terão, lhe ajudando a ter um maior controle sobre isso. Ele trata-se de um acessório extra, e também não é comum a todos os modelos, mas certamente é sempre bom dar preferência a modelos que o possuem.

Controle de reversão

Quando se analise de perto uma furadeira nós percebemos algo, que ela sempre gira para um único lado. Mas, e se fosse possível alterar esse lado de giro para o outro lado? Pois é exatamente para isto que o controle de reversão serve. Com ele você pode alterar o lado de giro da furadeira, mas com que intuito?

O lado comum em que uma furadeira gira é bom para apertarmos parafusos, mas caso queiramos desapertá-los, precisamos deste controle de reversão. Ou seja, a função do controle de reversão é justamente esta, poder usar sua furadeira para desapertar parafusos de um determinado local. Nós chamamos este controle de reversão de parafusadeira, falaremos mais sobre ela abaixo.

Empunhadeira Lateral

Aqui nós temos outro acessório extra, que apesar de não estar incluso em todos os modelos, é sempre bom optarmos por modelos que o contemple. A função da empunhadeira lateral, também chamada de punho auxiliar, é justamente lhe dar uma maior segurança e comodidade na hora de usar sua furadeira. Certamente ter uma maior firmeza para executar seus trabalhos é sempre algo que você deve buscar!

Chave de Mandril

E por fim nós temos a chave de mandril, cuja função é ajudar a colocar as brocas no mandril. Com esta chave é possível alargar o mandril para colocar as brocas, e em seguida apertá-lo novamente, de modo que as brocas fiquem bem presas.

E sim, ele é um acessório, não comum a todos os modelos, mas que vale a pena conferir se a furadeira que você deseja adquirir para usar contém uma chave de mandril.

Passo a passo de como furar parede com furadeira!

Como usar furadeira

Sem mais delongas, vamos conferir o passo a passo para começar a usar sua furadeira da maneira correta!

1 – Já tenha bem definido o local de furo

Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve fazer é ter bem claro em mente o lugar onde você irá utilizar sua furadeira, realizando as marcações prévias. Com um lápis em mãos, marque na parede o lugar exato onde você deverá usar sua furadeira, de modo que você não tenha de lidar com isso já com ela em mãos. E, caso você vá realizar mais de um furo, utilize uma régua para ter certeza de que eles estão bem alinhados.

Uma boa dica aqui é, além do lápis, usar uma fita crepe para a marcação na superfície, assim você evita que a furadeira escorregue e você acabe riscando o revestimento.

2 – Defina tudo o que irá usar

Quando falamos em definir tudo o que você irá usar, estamos nos referindo a parafusos, buchas e brocas, pois é importante que todos eles sejam compatíveis.

Escolher a peça ideal depende exclusivamente do material em que você está perfurando, bem como do tamanho do buraco que você deseja realizar ali. Se tratando da broca, é ela que você irá encaixar na sua furadeira, de modo que possa realizar o furo que deseja. E para que você não fique com dúvidas, nós separamos abaixo os três tipos básicos de broca que existem:

  • HSS (afiada) → Ideal para superfícies de metal;
  • De três pontas (fina) → Ideal para superfícies de madeira;
  • De vídea (cabeça cega e triangular) → Ideal para cimento, tijolos e alvenaria.

Percebe como é importante usar a broca ideal em sua furadeira dependendo do trabalho que for desempenhar?

Já a bucha ficará dentro do furo que você realizar, sendo oca e de plástico, ela possui uma rosca interna que irá se encaixar muito bem ao parafuso que você usar. A bucha acaba se expandindo quando o parafuso é rosqueado dentro dela. É importante também sabermos definir o tamanho ideal da bucha, o qual pode ser de:

  • 4 mm → Indicados para objetos com menos de 2 Kg;
  • 5 mm → Indicados para objetos que variem entre 2 até 8 Kg;
  • 6 mm → Indicado para objetos que variem entre 8 até 14 Kg;
  • 8 mm → Indicado para objetos que variem entre 14 a 20 Kg;
  • 10 mm → Indicado para objetos que variem entre 20 a 30 Kg.

Deu para notar o quão é importante utilizar a broca e a bucha ideal de acordo com o serviço que você for realizar?

3 – Colocando a broca

Uma vez que você já tenha definido a broca que irá usar, é preciso colocá-la em sua furadeira, e lembre-se sempre de fazer isso com a furadeira desligada. Para colocar a broca na furadeira você deverá girar o mandril de modo que as garras se abram, e que você possa então encaixar a broca até o fundo dele. Uma vez que tenha posto a broca lá, agora é só girar o mandril para prendê-la, lembrando-se de usar a chave de mandril para apertar os furos e deixar a broca bem presa.

4 – Primeiramente, teste!

Uma vez que você tenha colocado a broca em sua furadeira, antes de a usar é necessário que você a teste. Isso é importante para você conferir se a broca está bem encaixada, e se você não terá problemas com ela.

Para tal, deite sua furadeira sobre um local plano e a ligue, confira se a broca está girando bem, sem nenhuma vibração na lateral. Caso identifique vibrações, isto significa que a broca não está bem presa, e você deverá repetir todo o passo anerior!

5 – Segurando a furadeira da maneira correta

Sim, até mesmo para segurar a furadeira é importante que você faça da maneira correta!

Para isso, segure-a pela empunhadura do gatilho, segure-a com a sua mão boa, seja a direita ou a esquerda. É com essa mão que você irá acionar o gatilho, enquanto a outra deverá apoiar a frente da furadeira. E é importante que você tome muito cuidado para não tampar nenhuma saída de ar de sua furadeira.

E atenção aqui, pois o uso correto da sua furadeira não depende de força, mas sim de jeito! Se você a forçar demais sobre a superfície poderá acabar danificando o motor e a queimar. A saída de dar deve sempre ficar destampada justamente para que o motor não superaqueça.

6 – Furando

Uma vez que tudo já esteja preparado, agora é a hora de começar efetivamente a usar sua furadeira!

Caso ela possua um limitador de profundidade, ajuste-o de acordo com suas necessidades, coloque a broca de sua furadeira sobre a marcação que você fez na parede (seja com lápis ou fita crepe), acione o gatilho e comece a empurrar lentamente sua furadeira sobre a marcação.

Caso sua furadeira possua função com impacto, é importante que você comece a perfuração no modo “sem impacto”, de modo a perfurar camadas mais finas, e mude para o modo de impacto apenas quando estiver finalizando o serviço.

Uma vez que tenha realizado a perfuração, agora é só colocar a bucha e o parafuso no buraco, pendurar o objeto que você deseja, limpar a poeira gerada e pronto, você acabou de usar sua furadeira!

Viu só como foi fácil?

Mas claro, caso tenham sobrados dúvidas, ou simplesmente você queira ver todo o processo sendo feito, é só dar play no vídeo abaixo, retirado diretamente do canal Paloma Cipriano:

Furadeira de impacto ou sem impacto?

Acima nós usamos bastante a designação de furadeira de impacto e sem impacto, mas o que isso significa? Abaixo nós separamos um pequeno resuminho sobre cada um destes, de modo que você possa conhecê-los melhor e entender suas diferenças!

Começando pela furadeira de impacto, ela acaba sendo muito boa para uso doméstico, pois é a melhor para furar paredes no geral. Sua função de impactos realiza pequenos “golpes/socos” sobre uma determinada superfície, proporcionando uma maior força sobre esta superfície, fazendo com que ela possa ser perfurada mais facilmente. Ou seja, elas são mais aconselháveis para quando se deseja perfurar superfícies mais duras e resistentes!

Já com relação a furadeira sem impacto, ela acaba indo na contramão, ou seja, não sendo muito boa em superfícies resistentes e duras. Seu uso é aconselhável para superfícies menos resistentes, bem como para trabalhos mais leves. Caso você vá trabalhar sobre uma superfície mais delicada, ela acaba sendo uma melhor opção, pois assim você consegue um maior controle sobre o furo que for realizar.

Caso possível, o melhor é optar por furadeiras que apresentem ambas as opções, assim você consegue alternar entre o modo com impacto e sem impacto. Mesmo que tais modelos custem, inicialmente, um pouquinho mais, eles acabam valendo a pena ao longo prazo!

Furadeira Vs Parafusadeira

Talvez você tenha a duvida sobra a diferença entre uma furadeira e uma parafusadeira, afinal de contas, ambas parecem bastante similares, não é mesmo? E isso é porque elas são sim muito iguais!

Basicamente falando o que diferencia um modelo do outro é sua rotação. Ou seja, enquanto a furadeira rotaciona apenas para um único lado, a parafusadeira é capaz de rotacionar para ambos, o que é ótimo para apertar e desapertar parafusos. Então, enquanto a furadeira fica sendo a melhor ferramenta para perfurar, a parafusadeira é a melhor para parafusar. Mas e se você precisar tanto perfurar quanto parafusar?

O bom é que atualmente há modelos no mercado de furadeira e parafusadeira, onde basta você acionar um botão para alternar entre um modo ou outro. E claro, caso seu orçamento permita, nossa indicação é que você opte por estes modelos 2 em 1.

Dicas de segurança na hora de usar sua furadeira!

Agora que você já sabe como usar sua furadeira, é importante que você faça isso com segurança, não é mesmo? Pois confere então essas pequenas dicas de segurança que nós separamos para você, para te ajudar a usar sua furadeira ao máximo, e sempre bem seguro!

  • O mais importante, e que você nunca deve se esquecer, é de utilizar os equipamentos de proteção necessários. Equipamentos tais como luvas e óculos de proteção, pois são eles os responsáveis por garantir sua segurança no caso de qualquer tipo de acidente que possa vir a ocorrer. Além disso, não trata-se de itens opcionais, mas sim obrigatórios aqui;
  • Nós já falamos isso acima, mas é sempre bom reforçar que, quando for colocar a broca do mandril em sua furadeira, faça isso com ela desligada, preferencialmente fora da tomada. É importante também que você aperte os três furos do mandril, garantindo assim que a broca fique bem presa;
  • Realizar o teste antes de utilizá-la não é algo que você deve ignorar, pois somente assim você poderá conferir se está tudo certo, e não irá demorar nem um minuto. e no caso de problemas, basta colocar o mandril novamente;
  • Nós também citamos acima que é importante você já ter em mente onde você irá perfurar antes de ligar sua furadeira, mas é igualmente importante saber sobre o que você está perfurando. Ou seja, ter noção se atrás daquela parede há tubulações e encanamentos que você possa vir a atingir, atingir um cano certamente é um problema que você desejará evitar;
  • Sempre utilize sua furadeira na posição reta, em 90º;
  • E para finalizar, leia o manual! Todos os modelos de furadeira costumam acompanhar um manual, e todos os usuários costumam ignorar totalmente a existência deste manual, nossa dica aqui é que você não faça isso. Ler o manual é importante para você conhecer sobre sua ferramenta, suas informações, funções e dicas para utilização, então não o ignore.

Estas foram apenas algumas dicas que irão lhe ajudar na hora de usar sua furadeira, de modo que você não tenha problemas com ela!

Agora você já sabe como usar sua furadeira!

Acima nós lhe mostramos o passo a passo para usar sua furadeira, bem como lhe apresentamos diversas outras informações úteis a respeito de furadeiras que certamente irão lhe ajudar bastante. Então agora é só você escolher a melhor furadeira e já começar a utilizá-la o quanto antes!

E claro, caso tenham sobrado dúvidas quanto a utilização da furadeira, basta nos pergunta nos comentários abaixo, nós estaremos prontos para lhe responder!