Melhor Botina De Segurança

Quando falamos em equipamentos de segurança na construção, os mais óbvios como óculos e luvas sempre são lembrados, mas não podemos esquecer também da botina. Afinal de contas, dependendo do local de trabalho não dá pra saber no que iremos encontrar pelo caminho, ter uma botina de segurança é importante.

Pois aqui neste artigo nós iremos focar justamente nisso, em lhe apresentar incríveis modelos de botina de segurança para você escolher a melhor. Além disso, também vamos lhe mostrar um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher a sua.

Então, se você quer logo conferir qual a melhor botina de segurança, é só continuar a leitura!

Qual a melhor botina de segurança?

Abaixo nós separamos incríveis modelos de botina de segurança para você escolher a melhor, então confere só!

Botina Raspa Monodensidade Kala Número 40 – A Mais Baratinha!

Botina

Pros
  • Modelo barato
  • Confeccionada em couro
  • Solado de monodensidade
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo

Vamos então começar nossa lista com o modelo mais baratinho, mas que ao mesmo tempo lhe entrega a proteção necessária!

Essa botina de segurança é do tipo raspa, confeccionada em couro, com um solado de monodensidade, ela não possui biqueira de aço e sua palmilha é costurada diretamente no cabedal. Este modelo em específico possui a numeração 40, mas você consegue encontrar esta mesma botina em outras numerações

Botina Com Solado Em Poliuretano Bidensidade Vonder – Focado no seu conforto

Botina

Pros
  • Modelo focado no conforto
  • Solado bidensidade e confeccionado em poliuretano
  • Possibilidade de escolher entre amarração em elástico ou com cadarço
  • Grande variedade na numeração para a escolha
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo

Já neste modelo o foco está todo em seu conforto.

Esta botina de segurança é do tipo raspa, com um solado bidensidade e confeccionado em poliuretano, ela não possui biqueira de aço e sua amarração é feita com elástico. Neste modelo você tem a opção de escolher entre as numeração 35 até 45, e além disso também pode optar em amarração com elástico ou com cadarço.

Botina Elástico Kala – Ótimo Custo-Benefício!

Botina

Pros
  • Bom custo-benefício
  • Solado de pu densidade
  • Fechamento com elástico
  • Palmilha antibacteriana
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo
Se você é daqueles que adora um bom custo-benefício, então confere só este modelo!Esta botina de segurança é feita de couro, para lhe deixar seguro e estiloso ao mesmo tempo. Além disso, ela possui um solado de pu densidade, fechamento com elástico, palmilha antibacteriana, não possui biqueira de aço e possui a cor marrom café.

Botina de Segurança Nobuck de Amarrar PS-139 – O Modelo de Amarrar

Botina

Pros
  • Confeccionado em couro natural com acabamento nobuck
  • Solado em PU injetado
  • Colarinho acolchoado de espuma
  • Biqueira de PVC
  • Forração externa em couro sintético de café
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo

Mas, se você não confia tanto assim nos elásticos e prefere o bom e velho cadarço, então este é o modelo ideal para você!

Este modelo é confeccionado em couro natural com um acabamento em nobuck e solado em PU injetado. Além disso, este modelo apresenta ainda um colarinho acolchoado de espuma, uma língua com sistema aberto, biqueira de PVC e a forração externa é de couro sintético café. Ela está disponível nas numerações 43 e 45.

Botina Amarrar Couro Nobuck Cafe – Nosso favorito!

Botina

Pros
  • Modelo confeccionado em couro nobuck
  • Solado bidensidade de PU
  • Palmilha antibacteriana
  • Fechamento de cadarço
Contras
  • A única desvantagem aqui fica sendo pelo fato dele ser o modelo mais caro de nossa lista

E por último, mas não menos importante, temos o nosso modelo favorito aqui!

Esta botina lhe entrega toda a segurança que você necessita, este modelo é confeccionado em couro nobuck, apresenta um solado bidensidade de PU, uma palmilha antibacteriana e um fechamento de cadarço. Modelo focado totalmente na sua segurança, tanto para o dia a dia quanto para os mais variados trabalhos!

Para que serve uma botina de segurança?

Acima nós lhe mostramos vários modelos de uma botina de segurança, mas você sabe dizer para que ela serve? Dica: é mais do que apenas deixar seus pés quentes!

Dependendo de seu local de trabalho, e das atividades que você vá desempenhar, a botina torna-se até mesmo obrigatória. Isso pois, é ela quem irá proteger seus pés de acidentes desagradáveis, os quais podem até mesmo vir a serem gravíssimos.

Então, o objetivo de uma botina de segurança é muito mais do que manter seus pés aquecidos e te deixar estilo, mas também para te deixar livre de acidentes. E se você acha que ela não é assim tão necessária, é só lembrar da última vez que você bateu o mindinho na quina de algum móvel e em como você desejou que estivesse usando uma botina justo naquele momento.

No que uma botina de segurança pode lhe proteger

Certo, então agora você já entende que uma botina de segurança pé para lhe proteger de acidentes que podem acontecer enquanto você está trabalhando, mas quais são estes acidentes? Para que você possa entender melhor no que efetivamente ela lhe ajuda, nós separamos abaixo as principais atividades em que as botinas de segurança atuam diretamente em sua proteção.

  • Queda de materiais pesados que poderiam vir a lesionar seu pé;
  • Lhe protege de descargas elétricas;
  • No caso de objetos perfurantes que podem vir a cair em seu pé, ou que você pode acabar pisando sobre, ela também lhe protege deles;
  • Pode lhe proteger de queimaduras provenientes de produtos químicos e corrosivos;
  • No caso de trombadas com objetos, você (e seu mindinho) estará protegido;
  • Ela também lhe dá maior estabilidade em pisos molhados e escorregadios;
  • E lhe protege contra temperaturas extremas.

Estes são apenas alguns exemplos de todos os acidentes que a botina de segurança pode lhe livrar.

Qual a diferença entre uma botina e uma bota de segurança?

Bota ou botina, você sabe a diferença entre estes dois e dizer qual deles é aquele que você precisa? É bem comum haver confusão entre ambos, então para te ajudar a entender melhor as diferenças confere só nossa explicação abaixo. Antes de mais nada é necessário que você tenha em mente que não é tudo a mesma coisa, e que há grandes diferenças aqui.

A primeira coisa que você pode observar é quanto a altura do cano. Se o cano for curto, ali na altura do seu tornozelo, então se trata de uma botina. Mas, se for um cano longo, indo até a altura de sua canela, então trata-se de uma bota.

Quer um exemplo? Então é só lembrar daquelas botas brancas utilizadas por açougueiros, onde o cano é longo, quase chegando ao joelho. E, enquanto a bota é geralmente feita em PVC, a botina é feita em couro, geralmente nas cores mais escuras.

São várias as diferenças entre ambas, mas acima nós focamos nas mais simples, de modo que você possa diferenciá-las mais facilmente.

Componentes de uma botina de segurança

Há vários componentes em uma botina de segurança que é necessário se conhecer, abaixo nós separamos alguns dos principais, de modo que você possa entendê-los melhor. Então confere só!

A biqueira composite e a biqueira de aço

A biqueira pode ser tanto de aço quanto de composite, ou simplesmente não haver biqueira no modelo que você deseja adquirir.

Começando pela biqueira de aço, ela sempre foi a mais comum, sendo que a composite é bastante recente e exatamente por isso ainda não tanto utilizada. Uma das grandes vantagens da biqueira composite se dá pelo fato dela não conduzir energia elétrica, ou seja, ideal para trabalhos elétricos.

Já no caso do peso, uma botina com biqueira composite chega a ser 30% mais leve do que uma com biqueira de aço, justamente pelo material de que ela é feita, uma mistura de fibra de carbono, vidro e poliéster.

Tanto a biqueira de aço quanto a de composite resistem bem contra temperaturas elevadas, e produtos químicos corrosivos.

Mas, no caso de resistência a queda de objetos e a tropeções, a biqueira de aço já é mais resistente. Entretanto, é necessário estar atento se o modelo possui Certificado de Aprovação, pois somente ele atesta que aquela botina de segurança é realmente capaz de resistir a impactos. Normalmente uma botina de segurança com biqueira de aço é capaz de resistir a uma compressão de, no mínimo, 15 KN.

O solado monodensidade e bidensidade

Outro termo que você nos viu utilizando acima foi com relação ao solado, de monodensidade e bidensidade. A diferença aqui é apenas na quantidade de Poliuretano (PU) que foi introduzido na sola de cada calçado.

Ou seja, um solado de monodensidade significa que apenas uma camada de Poliuretano foi injetado em sua sola, enquanto um solado de bidensidade significa a presença de duas camadas de Poliuretano.

Não é difícil de supor que o solado de bidensidade é melhor, não é mesmo? Mas talvez não exatamente da maneira que você esteja imaginando.

Isso pois, ambos os modelos lhe oferecem o mesmo nível de segurança e proteção, sendo que a diferença aqui se reflete no desgaste, conforto e durabilidade de cada botina. Ou seja, sempre que possível, optar por um modelo de bidensidade é a melhor opção.

Dicas de como escolher a melhor botina de segurança!

Como escolher a melhor botina de segurança

Acima nós lhe apresentamos incríveis modelos de botina de segurança, mas como você pode decidir qual delas é a melhor? Pois para lhe ajudar com isso nós separamos abaixo todos os fatores que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu modelo, então confere só!

1 – Para qual tipo de trabalho você irá utilizá-la?

Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve ter em mente é qual trabalho você irá desempenhar. Isso pois, somente tendo em mente o trabalho que você irá desempenhar é que você poderá ter noção do tipo de acidente que você deverá evitar. Pegando como exemplo uma obra de construção civil, o ideal aqui é que sua botina de segurança seja resistente a impactos e a queda de objetos.

Já para atividades administrativas, mecânicas, montadoras e até mesmo para motoboys, as botinas de couro são a melhor opção, pois traduzem em mais flexibilidade, ao mesmo tempo em que mantem a temperatura dos pés.

Ou seja, a primeira coisa que você deve saber é sobre o trabalho que irá desempenhar, para então ir atrás da proteção adequada.

2 – De qual material ela é feita?

Em seguida nós analisamos o material de que as botinas são feitas. Aqui é bom ter em mente, novamente, o tipo de trabalho que você desempenhará. Para alta circulação, como por exemplo ir em algum lugar após o trabalho, modelos de couro são os mais aconselháveis. Tente mesclar bem conforto com o trabalho que você irá desempenhar.

3 – Não se esqueça de conferir se a numeração é a correta

Outra coisa que você definitivamente deve ficar de olho é quanto a correta numeração de seu calçado, nada de “colocar jornal” dentro dele para ele servir em seu pé. Além de incomodar, isso vai totalmente na contramão da segurança, a qual é todo o foco aqui.

Se o modelo que você quer não tem no seu número, então simplesmente procure por outro modelo, até encontrar aquele que melhor lhe serve.

4 – De olho também nos detalhes

Quando citamos aqui os detalhes estamos nos referindo a coisas como o tipo de biqueira e o solado. Para te ajudar a entender melhor como cada um destes funciona, e qual o melhor para suas necessidades em específico, aconselhamos que você dê uma lida no tópico acima em que discorremos sobre ambos.

5 – Ela possui certificado de autenticação?

Outra coisa que você nunca deve esquecer de conferir é quanto ao Certificado de Autenticação. Trata-se de um documento regulamentado e também obrigatório imposto pela NR6 – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL, sendo ele o responsável por atestar se determinado modelo de botina de segurança atende ou não as normas de segurança.

Não compre um modelo apenas porque “é bonito”, acima de tudo ele deve ser funcional e garantir sua proteção em seu trabalho!

6 – Ela DEVE ser confortável!

A botina é para sua segurança, então é claro que ela não pode ser desconfortável, do contrário não faria o mínimo sentido. Sempre se atente a isto na hora de comprar sua botina e, se possível, sempre a experimente antes.

7 – E claro, o preço também deve sempre ser levado em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço também deve sempre ser levado em consideração!

Pois de nada adianta encontrar aquela botina dos seus sonhos se ela simplesmente estoura o seu orçamento, não é mesmo? Então a dica aqui é simples, defina suas necessidades, bem como o seu orçamento, e se atenha a eles. Certamente você conseguirá encontrar aquela botina ideal, que atende as suas necessidades e não estoura o seu orçamento.

Agora você já sabe como escolher a melhor botina de segurança para você!

Acima nós lhe apresentamos incríveis modelos de botina de segurança para você escolher a melhor, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão. Ou seja, agora você não tem mais desculpas para ficar enrolando, é só ir atrás da sua botina e mãos a obra, ou melhor, pés a obra!

Pensando em adquirir algum dos modelos que citamos acima, ou então até mesmo já possui algum deles? Então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!