Melhor Calculadora Financeira

Procurando a melhor calculadora financeira para você, mas não sabe qual escolher? Saiba que você não é o único, até mesmo o meu cachorro teve esse problema semanas atrás.

Agora suas dúvidas serão respondidas com as melhores calculadoras financeiras no mercado nacional, poupando seu tempo em procurar por cada uma delas. 

E mais, para facilitar sua escolha iremos mencionar as vantagens e desvantagens de cada uma delas, além também de um truque para facilitar sua decisão. 

Enfim, vamos ao que interessa. 

As melhores calculadoras financeiras do mercado

Para te ajudar em sua busca, abaixo nós separamos algumas das melhores calculadoras financeiras que você pode encontrar no mercado. Então confere só!

Calculadora HP 12c Platinum – A Favorita De Todos

Pros
  • Modelo favorito dos compradores
  • Possui um total de 130 funções integradas
  • Apresenta dois modelos de entrada: RPN e ALG RPN
  • Bateria com autonomia para 2 anos de uso
  • Desligamento automático quando não estiver sendo utilizada
  • Visor LCD com 10 caracteres
Contras
  • Seu preço pode acabar pesando um pouco no bolso
  • É preciso de prática e estudos específicos para dominar todas as suas funcionalidades

Antes de mais nada, quero que você saiba como a calculadora financeira HP 12 C PLATINUM é algo surpreendente, e com certeza já deixou muita gente de queixo caído.

O segredo aqui mora em suas inúmeras funções e sua surpreendente capacidade de memória. No entanto, ela possui outros recursos que vão muito além de apenas cálculos. 

Você alguma vez já teve dificuldades em fazer cálculos em locais com pouca iluminação? Saiba que a calculadora HP 12C PLATINUM tem um visor LCD com luz ajustável, em outras palavras, adeus cansaço visual!

Você já ficou cansado de ficar constantemente adicionando operações repetidas vezes em suas contas? Saiba que esta calculadora vem com dois modos de entrada: notação polonesa reversa (ou RPN) e sistema algébrico (ou ALG RPN) que lhe ajuda a reduzir a frequência de adicionar operações (como adição, subtração, etc.).

Contudo, por mais que o uso de RPN e ALG RPN seja um ótimo atrativo, também existe uma desvantagem nisso: dominar todas as suas funcionalidades não é uma tarefa fácil! 

Calculadora Financeira FC 200V – A Mais Prática Do Mercado!

Pros
  • Modelo mais prático do mercado
  • Possui uma bateria solar
  • Visor LCD com 10 dígitos em 4 linhas
  • Os seus botões de atalho são configuráveis
Contras
  • Este modelo não possui vírgulas em seu modo computacional básico
  • Também encontramos reclamações referentes ao fato das teclas serem um pouco duras

Procurando algo mais simples, mas de alto desempenho, praticidade e ótima durabilidade? Então não existe outra calculadora financeira mais perfeita para você do que a FC-200V

Com uma FC-200V em mãos você pode lidar tanto quanto cálculos de investimento simples, quanto com cálculos financeiros avançados, tudo isso graças a suas teclas multifuncionais à distância de um toque. 

Uma prova disso é seu botão de rolagem fácil, que é localizada no próprio teclado, cuja função é simplificar a entrada, edição e confirmação de cálculos, tornando tudo mais prático. 

E quando a bateria da calculadora acaba e você perde toda a operação? A FC-200V não tem esse problema, pois sua bateria tem dupla alimentação de energia solar

Ou seja, você não terá mais aquele medo da bateria da calculadora acabar no meio de uma operação complicada. 

Aliás, você está cansado de ficar repetindo operações em cálculos repetitivos? Com a FC-200V você pode criar atalhos personalizados, atribuindo configurações ou valores em qualquer uma das teclas de atalho. Isso mesmo, você não precisará mais inserir as mesmas sequências de entradas ao lidar com cálculos repetitivos!

Calculadora Financeira RPN Fn1200c – A Mais Barata

Pros
  • Modelo mais barato de nossa lista
  • Este modelo apresenta todas as mesmas funções e memórias da HP 12C PLATINUM
  • Modelo pequeno, compacto, fácil de ser transportada
  • Bateria Lithium 3V, o que faz dela um material atóxivo
  • Visor LCD de 10 dígitos
Contras
  • Visor de uma linha
  • Seus botões são muito pequenos
  • Possui teclas de borracha
  • Também encontramos reclamações mediantes ao seu manual de instruções

Anteriormente, como nós mostramos acima, a HP 12C PLATINUM é uma das melhores calculadoras financeiras no mercado nacional, atualmente. Porém, o preço dela pode ser demais para o seu bolso.

Mas sabia que existe uma calculadora de qualidade e funções similares a calculadora HP 12C PLATINUM? Pois saiba que a RPN FN1200 C é a melhor calculadora financeira para o seu bolso, ainda mais com a crise econômica que vivemos!

A calculadora RPN FN1200 C, assim como a HP 12C PLATINUM, possui também as entradas RPN e AGL RPN, visor LCD e a mesma capacidade de memória de 400 passos. Basicamente, nós podemos dizer que ela é uma versão de bolso da HP 12C PLATINUM!

E quando eu digo versão de bolso, eu digo literalmente de bolso! Essa calculadora cabe na palma da sua mão, fácil de carregar e vem até mesmo com estojo! Além disso, sua bateria é de lithium 3V, ou seja, a bateria tem imunidade contra vícios, aumentando o tempo de vida do aparelho. E para finalizar, ainda vem com um manual totalmente em português!

Calculadora Financeira HP 10bII+ –  Rápida No Aprendizado, Rápido No Resultado

Pros
  • Modelo com a menor curva de aprendizagem
  • Tela LCD ajustável
  • Teclado tátil e confortável
  • Armazena até 22 números na memória
  • Possui 170 funções
Contras
  • Visor de uma linha
  • Apresenta poucos pontos editáveis

Você busca uma calculadora perfeita para finanças, negócios e com menor curva de aprendizado? Então por que não dar uma olha na calculadora HP 10 BII+?

Assim como a HP 12C PLATINUM, a calculadora HP 10BII+ também vem alcançando um grande público por causa da sua alta funcionalidade. Como essa calculadora já vem com todas suas funções necessárias adicionadas (sendo cerca de 170 funções!), ela ainda precisa de menos tempo de aprendizado e se pega o jeito muito mais rápido. O que é um atrativo se caso você não deseja ter aulas apenas para aprender a mexer numa calculadora.

Além disso, assim como a HP 12C PLATINUM, ela também possui sistema algébrico e tem tela LCD com luz ajustável. 

Para finalizar, graças à alta velocidade de processamento da HP 10 BII+ os resultados aparecem quase que instantâneo, em comparação a outras calculadoras.

Para que serve uma calculadora financeira?

Para que serve uma calculadora financeira?

Acima nós lhe mostramos incríveis modelos de calculadora financeira, mas você sabe dizer para que ela serve? Para estudantes e profissionais da área contábil, a calculadora financeira acaba se tornando uma melhor amiga, aquela amiga que te passa a cola durante as provas!

Com ela você consegue realizar cálculos complexos, como por exemplo cálculos de juros, amortizações, fluxo de caixa, e diversos outros cálculos específicos da área. Você poderia fazê-los a mão? Claro que sim, mas isso lhe daria muito mais trabalho, além de gastar mais tempo.

Essas calculadoras são feitas especificamente para agilizar tais cálculos. Com elas você consegue realizar todos os cálculos que necessita, com precisão e rapidez.

Abaixo nós discorremos um pouco mais em suas vantagens e desvantagens, então confere só!

Vantagens e desvantagens de se ter uma calculadora financeira

Acima você já deve ter notado que a função principal da calculadora financeira é facilitar sua vida. Então, para que você possa entender melhor o papel dela, abaixo nós separamos suas principais vantagens e desvantagens.

Começando pelas vantagens, a primeira e mais óbvia se dá pela facilidade com que você poderá realizar seus cálculos. Quando você busca por uma calculadora é justamente isso que você deseja, praticidade e rapidez! E claro, ela não se trata de uma calculadora comum, a possibilidade de realizar cálculos financeiros específicos com esta calculadora é de grande vantagem para quem é da área.

E você não precisa ter uma empresa, e nem ao menos estar trabalhando na área, para adquirir uma calculadora financeira. Isso pois, por ter como foco as finanças, com ela do lado você pode até mesmo administrar melhor suas contas e seus gastos pessoais. Ter controle sobre seus gastos e finanças é algo de extrema importância!

Passando agora para as desvantagens, além de seu preço ser maior do que o de uma calculadora comum, talvez sua maior desvantagem esteja em sua complexidade. Por se tratar de uma calculadora financeira, há diversas funções da área de finanças que ela é capaz de executar, como por exemplo cálculos mais complexos de juros, porcentagens, etc. Isso faz com que seu uso seja mais complexo do que o de uma simples calculadora comum. Em alguns casos é necessário até mesmo um curso para que você consiga utilizar todas as suas funções.

Ao colocarmos vantagens e desvantagens em uma balança, é possível notar que ainda assim as vantagens acabam se sobrepondo. A principal desvantagem aqui é quanto a complexidade, mas nada que vídeo aulas e manuais online não possam ajudar!

Calculadora Financeira Vs Calculadora Científica

É óbvio que uma calculadora financeira não é a mesma coisa que uma calculadora comum, mas pode ser que você ainda a esteja confundindo com uma calculadora científica. Pois saiba que ambas possuem aplicações diferentes. Abaixo nós separamos uma breve descrição de ambas, para que não lhe restem dúvidas.

Começando pela calculadora financeira, seu uso é específico para a área de finanças, onde você possui uma necessidade de realizar cálculos financeiros, funções financeiras. Tais funções variam bastante, tendo calculadoras mais complexas do que outras, sendo as taxas de juros as operações mais comuns aqui.

Já as calculadoras científicas são bastante utilizadas em áreas de exatas, principalmente nas Engenharias e Matemática. O seu foco são questões de logaritmo, trigonometria, dentre outros, e não cálculos financeiros. Você até pode utilizá-las para realizar cálculos financeiros, porém, por não serem específicas para tal, você acabará levando um tempo maior para isso do que se simplesmente utilizasse uma calculadora financeira.

Então, resumidamente:

  • Calculadora Financeira → Para cálculos financeiros, envolvendo equações financeiras;
  • Calculadora Científica → Para cálculos trigonométricos, nas área de Ciências Exatas.

Dicas de como escolher a melhor calculadora financeira

Qual a melhor calculadora financeira?

Acima nós lhe mostramos vários bons modelos de calculadora financeira, mas como você pode definir qual delas é a melhor? Pois para lhe ajudar com isso nós separamos abaixo tudo o que você precisa levar em consideração na hora de escolher a sua!

1 – Ela possui tudo de que você necessita?

Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve fazer aqui é ter em mente quais são os cálculos que você deseja realizar. Somente quando souber responder a isso é que você poderá ir atrás de uma calculadora que seja capaz de resolver a todos estes cálculos.

Os cálculos mais comuns, e que praticamente todos os modelos possuem, são contas de juros simples e compostos, amortização, TIR e VLP. Mas, se você necessita realizar cálculos mais complexos do que estes, então é necessário conferir se aquele modelo poderá lhe ajudar com isso.

Calculadoras financeiras mais básicas são as melhores para estudantes, que estão começando agora. Já os modelos mais complexos são os aconselháveis para profissionais da área, como empresários, corretores e contadores. Atente-se a isso sempre que for atrás do seu modelo!

2 – Teclas de Memória Programáveis ajudam bastante!

Poder armazenar informações em sua calculadora, para mais tarde voltar nestas mesmas informações e retomar seus cálculos, é super importante e ajuda a agilizar bastante o seu trabalho. Se você, por exemplo, realiza muitos cálculos contínuos em sua calculadora, poder salvar estes resultados para voltar neles depois é bem melhor do que ter de ficar os anotando em uma folha.

Resumidamente, supondo que você faça a conta 1 + 1 = 2, e defina a tecla Y para ser o resultado dessa conta. Então, sempre que você apertar Y, terá acesso direto ao resultado daquela conta. Há modelos que lhe permite armazenar bem mais do que apenas um único resultado, tornando tudo mais rápido e prático.

Mas claro, para usar essas teclas de memória programável você precisará dar uma boa lida no manual de instruções da calculadora!

3 – O método de entrada deve estar de acordo com o seu nível de experiência

Há dois métodos de entrada em uma calculadora financeira: algébrico e RPN. O modo algébrico é o convencional, já o RPN é o que faz com que as calculadoras financeiras sejam tão complexas. Neste método é necessário entrar primeiro com todos os números, para só depois entrar com o tipo de conta que você deseja realizar. E se parece confuso, é porquê é mesmo!

Então, se você não tem qualquer experiência, o indicado é começar por calculadoras que possuem o método de entrada algébrico. Mas, se você já tem experiência na área, e sabe utilizar tal método, ou então não vê problema em aprendê-lo, então o RPN é o mais indicado, pois calculadoras com este método costumam ser realmente melhores.

4 – A maior memória possível

Sempre fique atento a memória de sua calculadora, pois é o tamanho da memória que irá definir a quantidade máxima de cálculos que você é capaz de armazenar em sua calculadora. Se você trabalha com ela constantemente, e realiza diversos cálculos, então irá precisar de uma memória grande.

Quanto mais resultados você puder gravar em sua calculadora, para acessá-los depois, melhor. Há modelos capazes de salvar até 40 resultados, apresentando até 400 atalhos para eles. Sempre verifique pela memória na descrição da calculadora que você deseja comprar, e opte pela maior possível.

5 – Quanto mais dígitos melhor

Aqui nós estamos no referindo a quantidade de dígitos que você verá no visor de sua calculadora. O padrão é que as calculadoras exibam 10 dígitos, mas optar por modelos com mais de 10 é sempre o melhor a se fazer. Principalmente para contas grandes, ou com várias casas decimais.

Em uma calculadora financeira o normal é que você possa conferir até duas linhas, uma linha com os resultados e outra com os cálculos. Modelos mais complexos podem exibir até mesmo 4 linhas, o que significa que eles podem realizar mais operações financeiras.

6 – Qual sua fonte de alimentação?

Acredite, não há nada pior do que a sua calculadora simplesmente “morrer” quando você mais precisar dela. Exatamente por isso é tão importante ficar de olho na alimentação de sua calculadora. Modelos a bateria são os mais comuns aqui, mas por quanto tempo eles são capazes de atuar?

Você também pode optar por modelos a pilha, ou até mesmo por bateria solar.

7 – Opte por modelos resistentes

Por mais cuidadoso que você seja, acidentes sempre acontecem, e as chances de sua calculadora sofrer alguma queda é bem alta. De nada adianta você ter o modelo mais avançado do mercado, se na primeira queda ele se perde para sempre!

Você também não precisa pegar um “tijolão” só pelo fato dele ser mais resistente, saiba aliar bem um modelo robusto com o tipo de material utilizado na construção daquele modelo. O mais comum é que as calculadoras sejam feitas de plástico, o que é um bom material para elas, e faz com que elas possam durar por anos e anos.

8 – Tamanho e peso também são importantes

Você deseja uma calculadora grande, ou um modelo para você guardar no bolso?

A maioria das calculadoras são compactas, mas, caso queira, você pode sempre ir atrás daqueles modelos maiores e mais robustos. Principalmente se você é o tipo de pessoa que vive perdendo sua calculadora e a esquecendo nos lugares, então talvez um modelo pequenininho não seja o mais aconselhável aqui!

9 – E claro, você também deve sempre levar o preço em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço é algo que você deve sempre levar em consideração!

Primeiramente, já é importante ter em mente que uma calculadora financeira é mais cara do que uma comum. Com isso em mente, e analisando os modelos que nós separamos acima, você pode notar que ela apresenta preços variados, todos eles de acordo com suas necessidades e as funções que você deseja utilizar em sua calculadora.

Então, a dica aqui é simples, saiba definir suas necessidades, bem como o seu orçamento, e se atenha a eles. Certamente você será capaz de encontrar um modelo que atenda as suas necessidades, sem com isso estourar o seu orçamento!

Agora você já sabe como escolher a melhor calculadora financeira!

Com a nossa análise acima, a sua escolha ficou muito mais fácil para você decidir qual é a melhor calculadora financeira para suas necessidades. Assim lhe economizando tempo, ou até mesmo o seu dinheiro!

Agora que você descobriu como escolher a melhor calculadora financeira, não perca tempo, compre já a sua. Pode ter certeza que com uma calculadora financeira em mãos os seus cálculos sairão muito mais rápidos e fáceis!

Pensando em adquirir algum dos modelos apresentados acima, ou então até mesmo já possui alguma delas com você? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!