Melhor Furadeira De Bancada Para Marcenaria

Procurando por uma boa furadeira de bancada para marcenaria? Pois então veio ao lugar isso!

Isso pois neste artigo nós separamos alguns ótimos modelos de furadeira de bancada que você pode utilizar para marcenaria. Além disso, nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher a sua.

Então, se você deseja trabalhar com marcenaria, e conseguir uma boa furadeira de bancada para isso, é só continuar por aqui com a gente!

Qual a melhor furadeira de bancada para marcenaria?

Para te ajudar a responder essa pergunta nós separamos abaixo alguns excelentes modelos de furadeira de bancada que você pode utilizar para marcenaria, então confere só!

Furadeira de Bancada para Marcenaria DB13 Intech Machine – A Mais Barata!

Pros
  • Mais barata
  • 5 velocidades de operação
  • Possui mesa de apoio inclinável e giratória
  • Base e apoio da mesa são robustos, feitos em ferro fundido maciço
  • Projetada para trazer segurança e conforto ao usuário
Contras
  • Potência baixa

Comecemos nossa lista com o modelo mais barato, mas que ao mesmo tempo não vai te deixar na mão!

Este modelo apresenta um motor de 1/3 HP (250 W), bem como 5 velocidade de perfuração, variando de 650 RPM a 3.100 RPM. Apresenta uma mesa inclinável em até 360º, e giratória de até 40º, proporcionando uma maior autonomia para manipular objetos, além de alavancas de avanço emborrachadas e um protetor de mandril.

  • Capacidade de perfuração → 13 mm
  • Profundidade de perfuração → 50 mm

Furadeira de Bancada Ferrari FG 13 – Foco Na Eficiência

Pros
  • Modelo eficiente
  • Mesa inclinável com ajuste de altura
  • 5 velocidades
  • Sensor de segurança
  • Botão de emergência
Contras
  • Não encontramos reclamações relativas a esse produto em específico

Já essa furadeira de bancada para marcenaria possui foco total na eficiência.

Este modelo apresenta uma potência de 350 W, bem como 5 velocidades (620 RPM, 1.110 RPM, 1.750 RPM, 2.370 RPM, 3.120 RPM). Sua mesa é inclinável para ambos os lados, chegando até 45º, apresentando ainda um ajuste de altura, um sensor de segurança nas correias e um botão de emergência no caso de quedas de energia.

  • Profundidade máxima → 50 mm

Furadeira Hobby FBH-130I – Ideal Para Hobby e Marcenaria

Pros
  • Modelo para hobby e uso doméstico
  • 5 velocidades
  • Mesa giratória inclinável
  • Sistema de segurança no interruptor
  • Sistema de mancais com rolamentos blindados
Contras
  • Modelo para hobby, não aconselhável para trabalhos mais pesados

Mas, se você busca por uma furadeira de bancada ideal para marcenaria e Hobby, essa é a ideal!

Este modelo conta com uma potência de 1/3 HP (250 W), bem como com 5 velocidades (650 ROM, 1.100 RPM, 1.700 RPM, 2.100 RPM, 2.350 RPM). Além disso, conta ainda com uma mesa giratória inclinável, um sistema de segurança no interruptor, uma alavanca de avanço com 3 braços e um sistema de mancais com rolamentos blindados.

  • Capacidade de perfuração → 13 mm
  • Profundidade de perfuração → 50 mm

Furadeira de bancada FSB 16P Schulz – A Melhor!

Pros
  • A Melhor
  • Potência de 1/2 HP
  • Até 12 velocidades diferentes
  • Mesa inclinável e móvel
  • Regulador de profundidade
  • Capacidade e profundidade de perfuração são as melhores
Contras
  • Modelo mais caro da lista

E por fim, nós temos aqui a melhor furadeira de bancada para marcenaria!

Possui um motor de 1/2 HP, bem como com 12 velocidades, variando de 360 a 3.60 RPM. Além disso, este modelo conta ainda com uma mesa inclinável e móvel, um regulador de profundidade de furação, motor com esticador para a troca rápida das correias e uma alavanca de avanço com 3 braços.

  • Capacidade de perfuração → 16 mm
  • Profundidade de perfuração → 60 mm

Para que serve uma furadeira de bancada?

Furadeira de bancada Ferrari ou Motomil?

Acima nós apresentamos vários bons modelos de furadeira de bancada, mas você tem alguma ideia de para que elas servem? Similar a uma furadeira comum, porém agora com a adição de uma bancada.

Esse tipo de furadeira mantêm-se fixa a um único lugar, a uma bancada, entretanto sua capacidade de perfuração supera em muito a de uma furadeira comum, fazendo dela uma excelente opção para oficinas e para marcenaria. Aliás, é justamente por essa capacidade de perfuração elevada que ela é tão boa para marcenaria, e que quem irá trabalhar no ramo, seja profissionalmente ou não, deve adquirir uma.

E já que estamos aconselhando a aquisição de uma furadeira de bancada para marcenaria, vamos então conhecê-la intimamente!

Todos os componentes de uma furadeira de bancada

Logo de cara é possível diferenciarmos uma furadeira de bancada de uma comum, porém vamos nos aprofundar melhor em suas particularidades.

Vamos começar então por sua base, sendo ela o suporte para todo o conjunto, responsável por dar estabilidade e rigidez à coluna. Normalmente ela é feita de ferro fundido, suportando vibrações elevadas. Ela também costuma apresentar orifícios, de maneira que fosse consiga parafusá-la no solo ou ao seu local de trabalho para uma melhor utilização.

Indo agora para a coluna, sua função é erguer a máquina desde sua base, sendo sobre ela que você irá montar a grande maioria dos componentes, como por exemplo a mesa e a cabeça da furadeira. A coluna pode possuir tanto um formato tubular (o qual é mais comum), quanto também um formato quadrangular, e até mesmo redonda. A altura da coluna é a diferença entre uma furadeira de chão e uma de bancada.

Após base e coluna, nós vamos agora para a mesa, comum em todos os modelos de furadeira de bancada, sendo ela a responsável por sustentar as peças de seu trabalho. A superfície da mesa deve sempre ser retangular e perpendicular a coluna, de maneira que você consiga regular sua altura e direções para melhor se adequarem ao seu trabalho.

E para finalizarmos temos o cabeçote da furadeira, montado na parte superior da coluna, e é o responsável por fazer com que a broca consiga girar e avançar até o material que você deseja perfurar.

Conhecer a anatomia da furadeira de bancada é importante, pois assim você conseguirá manuseá-la melhor durante seu trabalho. Então, uma vez que você já a conheça, vamos focar em algumas dicas de cuidado que você deve seguir quando for a usar!

Qual melhor para marcenaria, furadeira de bancada ou comum?

Neste ponto você já deve entender que há diferenças importantes entre uma furadeira comum e uma de bancada, não é mesmo? Mas, quando focamos exclusivamente para marcenaria, qual das duas acaba sendo a melhor opção?

Com a furadeira comum você consegue maios liberdade, podendo furar em qualquer posição que consiga manuseá-la. Além disso você também pode transportá-la de um lugar ao outro sem problemas, e sua potência costuma ser bem maior do que a furadeira de bancada. Entretanto, tanto seu controle de velocidade quanto a precisão de seus furos não é muito boa.

Passando para a furadeira de bancada, ela não é portátil, sendo seus furos realizados apenas na horizontal. Sua potência é normalmente por volta de 300 W, seu controle de velocidade é feito no próprio gatilho e seus furos são realizados com precisão extrema.

Então, qual dos dois nós podemos utilizar para marcenaria? A verdade é que podemos usar ambas as furadeira para marcenaria, não há uma delimitação aqui entre uma ou outra. Entretanto, se tivermos de apontar uma “vencedora”, nós diríamos que a furadeira de bancada é mais aconselhável para marcenaria do que a furadeira convencional, justamente por apresentar uma precisão mais elevada!

Mas claro, caso possa ter ambas, uma para manter fixa na oficina e outra para carregar com você, então essa acaba sendo a melhor opção aqui!

Dicas de cuidado para sua furadeira de bancada

Esse artigo é focado nas furadeiras de bancada para marcenaria, entretanto, as dicas que separamos abaixo independem de modelo e de utilização. Basta segui-las e você conseguirá usar sua furadeira de bancada perfeitamente bem, seja lá qual for seu objetivo!

  • Nunca deixe de lubrificar a furadeira de bancada, pois após seu uso ela gera bastante fricção e calor. E não é basta lubrificá-la de qualquer modo, aqui a dica é consultar o manual do fabricante para ver qual  a melhor maneira de lubrificá-la;
  • Terminou de usar? Então limpe-a bem, retirando resíduos das correias, polias e alças, do contrário eles podem danificá-la;
  • Após usá-la, coloque óleo em todas as suas partes sem pintura, de modo a evitar que ela oxide por corrosão;
  • Muito cuidado também caso vá utilizá-la em um local que tenha muita poeira, por por exemplo em oficinas de marcenaria mesmo. Nesse cenário, você deve sempre lubrificá-la com uma maior frequência;
  • Caso a região que você esteja faça muito frio, o ideal é ligar sua furadeira primeiramente em uma baixa velocidade, a deixando aquecer antes de ir aumentando sua potência até o desejado;
  • Já no caso de uma região de calor intenso, isso pode vir a sobrecarregá-la, então o melhor é usá-la em ciclos, e não diretamente por muito tempo.

São dicas simples, mas que com certeza fazem toda a diferença na hora de estender a vida útil de sua furadeira de bancada!

Dicas de como escolher a melhor furadeira de bancada para marcenaria

Acima nós lhe apresentamos bons modelos de furadeira de bancada para marcenaria, mas qual deles você deve escolher? Para te ajudar com isso nós separamos abaixo alguns fatores que você deve sempre levar em consideração na hora de fazer sua escolha, confere só!

1 – Comece pelo objetivo: marcenaria!

A primeira coisa que você deve sempre fazer quando vai escolher uma ferramenta é ter claro em mente para que ela será utilizada, nesse caso a furadeira de bancada tem como objetivo a marcenaria. É possível encontrar modelos com brocas de 13 mm a 16 mm de diâmetro, qual delas melhor se adapta ao que você tem em mente?

Tenha seus objetivos em mente, assim nós podemos passar para o próximo fator a ser considerado!

2 – Qual a potência?

A potência é responsável por definir o rendimento da furadeira de bancada, então é importante também levá-la em consideração aqui.

Como você já deve ter notado pelos modelos acima, a potência da furadeira de bancada não é tão alta quanto as furadeiras comuns. Geralmente sua potência fica em torno de 300 W, sendo um bom valor para trabalhos domésticos e como hobby mas, caso queira um modelo mais profissional, então o melhor é optar por potências superiores a 300 W.

3 – E a velocidade?

Aqui o mais importante não é nem focarmos na velocidade máxima, mas sim no controle de velocidade.

Ou seja, o melhor é optar por modelos que possuam mais velocidades variáveis, assim você consegue sempre alternar entre valores dependendo do trabalho que for executar. Há modelos que apresentamos acima que pode chegar a até 12 velocidades diferente, e são sempre os melhores para se optar!

4 – É possível regular sua altura?

E não apenas a velocidades, mas poder regular a altura também é algo que se deve sempre preferir.

O bom aqui é que a maioria dos modelos de furadeira de bancada, seja para marcenaria ou não, já possuem uma mesa móvel com altura regulável. Então basta conferir se o modelo que você está de olho também permite essa manipulação de altura.

E regular a altura lhe ajuda tanto no objeto que você estiver trabalhando, quanto para sua própria saúde e comodidade. Isso pois, ajustando a altura é possível aliviar tensão nas costas e nos ombros, e trabalhar sem dores é sempre o preferível aqui!

5 – A mesa

Quanto a mesa de uma furadeira de bancada há dois tipos: fixas e móveis.

Enquanto a mesa fixa permite apenas furos na horizontal, a móvel lhe dá um maior controle sobre ângulos, inclinações e até mesmo para girar a mesa atrás de furos específicos. Claro que a mesa móvel aparenta ser bem melhor, mas ela é também mais cara, algo que você deve sempre considerar aqui.

6 – O mandril

Também vale a pena ficar atento ao mandril da furadeira, pois ele deve ser escolhido de acordo com suas pretensões.

Precisa de furos que necessitam de uma força maior? Então o ideal é utilizar um mandril 5/8. Esse valor é bom pois apresenta maior compatibilidade com brocas deste tamanho. E claro, não basta escolher apenas o tamanho do mandril de acordo com a força, mas também por sua demanda e compatibilidade disponível!

7 – É um modelo ergonômico?

Outro fator que você não deve ignorar é com relação a ergonomia, pois, afinal de contas, é você quem a ficará utilizando.

Há certas funcionalidades que são focadas na ergonomia e segurança, como por exemplo a própria regulagem de altura que nós citamos acima. Sempre confira quais são os elementos de ergonomia e segurança presentes no modelo que você pretenda adquirir!

8 – E claro, sempre leve o preço em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço é algo que você deve sempre levar em consideração!

De nada adianta você encontrar a melhor furadeira de bancada para marcenaria de todas se ela simplesmente estoura o seu orçamento. A dica aqui é simples, defina suas necessidades, bem como o seu orçamento, e se atenha a a eles. Certamente você será capaz de encontrar um modelo que lhe satisfaça e ao mesmo tempo não estoure o se orçamento.

Agora você já sabe como escolher a melhor furadeira de bancada para marcenaria!

Acima nós lhe apresentamos excelente modelos de furadeira de bancada que você pode utilizar para marcenaria, além disso também fizemos uma análise de tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher seu modelo. Então agora você já sabe, caso seu objetivo seja trabalhar com marcenaria, o melhor é escolher uma boa furadeira de bancada para isso!

Pensando em adquirir algum dos modelos apresentados acima, ou então até mesmo já possui um deles com você? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito dele nos comentários abaixo!