Melhor Inversora de Solda Uso Profissional e Doméstico

Se você trabalha com soldas, então sabe o quão importante é ter em mãos a melhor inversora de solda de todas, não é mesmo? Pois é pensando exatamente nisso que nós trazemos este artigo até você!

Aqui nós separamos alguns dos melhores modelos de inversora de solda que você pode encontrar no mercado. E, além disso, nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você precisa levar em consideração na hora de tomar sua decisão!

Preparado então para conferir o melhor modelo de inversora de solda para te salvar nos seus trabalhos? Pois então é só continuar a leitura!

CARACTERÍSTICASOLDA INVERSORA

Gamma – Jet 155
  • Modelo barato
  • Apresenta um sensor de temperatura
Verificar Preço →

Vonder – RIV 136
  • Pode ser utilizado tanto em 127 V quanto em 220 V
  • Possui chave para a troca entre processos de TIG e eletrodo
Verificar Preço →

Balmer – JOY 142
  • Baixo consumo de energia e alta eficiência
  • Possui proteção contra queda, corrente, tensão e temperatura
Verificar Preço →

Esab – HandyArc 130I
  • Possível soldar materiais como alumínio, aço carbono e ligas de níquel e cromo
  • Função de refrigeração turbo para uma melhor eficiência
Verificar Preço →

Qual a melhor inversora de solda?

Abaixo nós separamos alguns incríveis modelos de inversora de solda que você encontra no mercado, de modo que você possa definir qual é o melhor para suas necessidades, acompanhe!

Máquina de Solda Jet 155 – A Solda Inversora Para Uso Doméstico!

maquina de solda Gamma Jet 155

Pros
  • Modelo barato
  • Modelo aconselhável para uso doméstico e para pequenos reparos
  • Apresenta um sensor de temperatura
  • Possui ventoinha para uma melhor refrigeração
Contras
  • Não recomendado para grandes trabalhos
  • Entre em modo de proteção muito rapidamente, com cerca de 10 minutos de uso
  • Também encontramos reclamações para quanto aos cabos na hora de guardá-los

Procurando por uma inversora de solda para uso doméstico e pequenos reparos? Pois então este é o modelo certo para você!

Além disso, essa inversora também é uma das mais baratas que você irá encontrar no mercado. Este modelo apresenta ainda um sensor de temperatura, bem como uma ventoinha para ajudar em sua refrigeração. Seu ciclo de trabalho é de 40º – 10 minutos, a faixa de corrente de solda é de 50 A – 150 A e o diâmetro dos eletrodos variam de 1,6 mm até 2,5 mm.

O fator de trabalho deste modelo é de:

  • 35% -> 150 A
  • 60% -> 120 A
  • 100% -> 90A

Inversor para Solda Elétrica com Display Digital Vonder – Modelo Com Display Digital!

maquina de solda Vonder RIV 136

Pros
  • Possui display digital
  • Pode-se realizar a soldagem em materiais ferrosos e em todas as suas ligas
  • Pode ser utilizado tanto em 127 V quanto em 220 V
  • Possui chave para a troca entre processos de TIG e eletrodo
  • Suas dimensões e peso fazem dela ótima para indústrias pequenas e médias
Contras
  • Não pode ser ser utilizada para alumínio e suas ligas
  • Não é o melhor modelo para trabalhos pesados e intensos

Um inversor de solda com display digital é realmente bastante útil, não é mesmo?

Este modelo é aconselhável tanto para montagem quanto para o reparo de quaisquer tipos de estruturas metálicas. Além disso, a solta TIG LIFT (abertura de arco por contato), permite que ele realize a soldagem dos materiais ferrosos e de todas as suas ligas, tais como aço inox e carbono, latão, cobre, entre diversos outros. Entretanto, não é possível utilizá-lo para a soldagem de alumínio e todas as suas ligas.

O display digital lhe permite realizar regulagens precisas. Suas dimensões e peso baixo permitem que este inversor seja facilmente utilizado em indústrias pequenas e médias, e você ainda pode utilizá-lo tanto em 127 V quanto em 220 V sem realizar qualquer tipo de ajuste. Possi ainda uma chave para que você possa alternar entre os processos de TIG/eletrodo.

Sua faixa de corrente é de 10 A até 130 A para eletrodo e de 20 A para 130 A para TIG, enquanto o diâmetro máximo indicado para o eletrodo é de 3,25 mm. Já o fator de trabalho para este modelo é de:

  • 40% -> 130 A
  • 80% -> 92 A
  • 100% -> 85 A

Máquina de Solda Inversora JOY 142 – O Modelo Portátil!

maquina de solda Balmer JOY 142

Pros
  • Modelo portátil
  • Apresenta uma alça tiracolo
  • Baixo consumo de energia e alta eficiência
  • Cabos de solda com engate rápido
  • Porta eletrodo e garra negativa
  • Possui proteção contra queda, corrente, tensão e temperatura
Contras
  • Modelo caro
  • Seu ciclo de trabalho não é dos melhores

Procurando por uma inversora de solda que seja portátil? Pois então este modelo pode ter o que você busca!

Com apenas 3 Kg, esta é a inversora que você poderá levar consigo para qualquer lugar. Além disso, ela também apresenta um alça tiracolo, baixo consumo de energia, eficiência elevada, cabos de solda possuem um rápido engate, garra negativa e porta eletrodo. Possui também proteções contra queda, temperatura, tensão e corrente!

Sua faixa de corrente é de 10 A até 140 A, com diâmetro máximo indicado para eletrodo de 3,25 mm, e o seu fator de trabalho é de:

  • 15% -> 140 A
  • 100% -> 80 A

Inversor de Solda HandyArc 130I – Excelente Custo-Benefício!

maquina de solda Esab HandyArc 130I

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Modelo leve e portátil
  • Possível soldar materiais como alumínio, aço carbono e ligas de níquel e cromo
  • Painel simples e de fácil utilização, onde os parâmetros podem ser ajustados pela bitola do eletrodo
  • Função de refrigeração turbo para uma melhor eficiência
  • Acompanha a garra negativa e o porta eletrodo
Contras
  • Não solta TIG, apenas eletrodo
  • O valor, ao menos inicialmente, pode ser visto como uma desvantagem

Mas, se o seu foco é no custo-benefício, então este modelo é o líder aqui!

Este é o modelo perfeito para profissionais e serralheiros que necessitem realizar pequenos reparos. Por ter apenas 3 Kg isso faz com que a portabilidade seja uma de suas vantagens aqui. A soldabilidade oferecida por este modelo para com eletrodos revestidos também impressiona, com uma fácil abertura do arco, soldando os mais diversos materiais, tais como alumínio, aço carbono e ligas de níquel e cromo.

Além disso, este modelo conta ainda com um painel simples e de fácil utilização (os parâmetros podem ser ajustados pela bitola do eletrodo), uma função de refrigeração turbo para uma melhor eficiência durante a refrigeração. Seu valor inicial pode até ser mais caro, mas certamente o custo-benefício fornecido faz valer a pena!

Para que serve uma solda inversora?

Solda inversora

Talvez você já tenha alguma noção do que é uma solda, mas você sabe para que serve uma solda inversora?

A solda inversora trata-se de um tipo específico de solda, a qual possui vantagens em relação as soldas convencionais. A começar pela sua base de silício, em comparação aos retificadores e transformadores de alumínio ou cobre.

Entretanto, uma das principais vantagens dessa solda para com as demais, se dá com relação ao seu tamanho e portabilidade. Ou seja, ela é ideal para ser transportada de um local para outro, o que contrasta bastante com as soldas convencionais.

Solda inversora ou solda comum?

E por falar nas soldas convencionais, qual das duas é a melhor para você? É importante ter em mente as principais diferenças entre ambos os tipos, de modo que você consiga definir qual delas é a melhor para você. Assim sendo, confira abaixo um pequeno comparativo entre ambas as soldas.

solda inversora possui uma base de silício, é leve e portátil, apresenta um baixo consumo de energia, seu ajuste de saída pode ser regulado de 10% até 100% e possui uma potência que varia de 55 A até 250 A.

Passando agora para a solda convencional, ela possui uma base em transformadores de cobre e alumínio, trata-se de um aparelho grande e pesado, utilizado de maneira fixa no local, com um consumo elevado de energia, com a possibilidade de se realizar até 3 ajustes de saída e com uma potência que pode variar de 55 A até bem mais do que apenas 250 A.

Então, qual das duas é a melhor? Tudo depende exclusivamente de você e de suas necessidades!

Dicas na hora de usar uma solda inversora

Preparado para usar sua solda inversora? Pois então se liga só nessas dicas que separamos para te ajudar a utilizá-la da maneira correta!

Medidas de segurança

Antes de mais nada, devemos sempre focar nas medidas de segurança!

Basicamente aqui o que você mais precisa são dos equipamentos de proteção, tendo em vista que quaisquer problemas ou usos inadequados podem literalmente colocar a sua vida em risco. Assim sendo, não se esqueça de usar:

  • Capacetes de soldagem que possuam proteções nas laterais: Eles servem para proteger você da radiação UV, detritos, partículas e queimaduras químicas.
  • Respiradores: O processo de soldagem em si faz com que fumaças sejam lançadas ao ambiente, e isto é outra coisa que você deve se proteger contra.
  • Capuz contra o fogo: Por debaixo do capacete é importante utilizar um capuz que seja resistente ao fogo, de modo que você consiga proteger a parte de trás de sua cabeça.
  • Roupa resistente ao fogo: E, já que estamos falando dos equipamentos resistentes ao fogo, a roupa também não pode faltar.
  • Botas e luvas também resistentes ao fogo: Para fechar o kit de segurança, as suas botas e luvas também devem ser resistentes ao fogo. No caso das botas, a biqueira de aço e a sola de borracha lhe ajudam a se proteger contra choques elétricos.

Utilizar uma solda não é um trabalho simples e que deva ser feito por pessoas inexperientes, muito menos sem o equipamento de proteção adequado.

Usando uma solda inversora

Como dito acima, usar uma solda é um trabalho que requer atenção e um certo nível de experiência, bem como o aparato ideal. Mas, para te ajudar nisso, nós separamos abaixo um pequeno passo a passo de tudo o que você deve levar em consideração durante este processo, acompanhe!

  1. Tenha em mente que qualquer sujeirinha pode acabar prejudicando a qualidade de sua soldagem, então o ideal é começar limpando bem as duas partes. A maioria dos modelos costuma vir com uma lixa ou escova justamente para ajudar nesse processo;
  2. O próximo passo aqui é aquecer o ferro de solda até que você atinja a temperatura ideal para fundir a solda;
  3. Feito isso, espalhe bem a solda nas superfícies, e utilize a máquina até derreter;
  4. Agora é só juntar as partes que você deseja e pronto!

Caso queira conferir a solda inversora em funcionamento, então é só dar play no vídeo abaixo:

Qual a diferença entre solda MIG e solda TIG?

Talvez você tenha se deparado com estes termos nas máquinas de solda, mas você sabe dizer o que eles significam? Abaixo vamos focar brevemente nas definições de de TIG – Tungstênio Inerte Gás, e de MIG – Metal Inerte Gás, de modo que você possa identificar qual deles é o que você deseja.

Começando pelo MIG, ele utiliza um gás inerte para a proteção, geralmente o argônio. A vantagem de se utilizar uma solda com sistema MIG se dá pela velocidade gerada, o que lhe possibilita realizar uma soldagem em diversas posições, com a menor distorção possível nas peças.

Passando agora para o TIG, ele funciona com a liberação do tungstênio em todos os eletrodos, e também na peça. A vantagem de se utilizar uma solda com sistema TIG se dá pelo foco no acabamento e na precisão.

Ou seja, cada sistema depende de suas necessidades, se o seu foco é na precisão e acabamento, ou então na velocidade.

Como funciona o ciclo de trabalho de uma solda inversora?

Acima nós usamos bastante o termo de “ciclo de trabalho”, mas você sabe o que ele significa? O ciclo de trabalho se relaciona com o tempo em que uma máquina de solda pode ser utilizada em determinada corrente elétrica sem descansar. Ou seja, quanto maior a faixa de corrente utilizada, mais veloz e potente será a sua soldagem, mas mais tempo a máquina precisará parar para descansar.

Neste caso, quando citamos medidas do tipo “140A@60%”, nós queremos dizer que uma determinada máquina de solda quando utilizada na corrente de 140 A poderá funcionar 60% do tempo. Mas quanto tempo seria isso?

Toda a medida de tempo de um ciclo de trabalho é medido em 10 minutos, ou seja, se essa máquina possui um ciclo de trabalho de 60% para 140 A, então num período de 10 minutos essa máquina poderá trabalhar continuamente por 6 minutos e deverá descansar por 4 minutos. Bem simples de se entender, não é mesmo?

Onde encontrar solda inversora com bom preço?

Se você chegou aqui decido em qual produto comprar saiba que nem sempre é fácil encontrar o melhor preço na internet.

Preço bom até você até pode encontrar, mas surge a pergunta loja é confiável?

Aqui no Portal da Construção nós sempre recomendamos a Amazon, que é uma gigante no mercado mundial.

É importante mencionar que se você é cliente PRIME você tem FRETE GRÁTIS nas suas compras.

Clique no botão abaixo e garanta seu novo produto.

Dicas na hora de comprar a melhor solda inversora para você

Acima nós te mostramos alguns excelentes modelos de solda inversora, mas como você pode se decidir por qual delas é a melhor? Pois foi pensando exatamente em lhe ajudar a se decidir que nós separamos abaixo todos os fatores que você deve levar em consideração na hora de tomar sua escolha, acompanhe!

1 – O ciclo de trabalho

O ciclo de trabalho é um ótimo fator para você começar avaliando. Assim como falamos acima, é ele quem define a quantidade de tempo que você poderá utilizar sua máquina de solda continuamente em determinada corrente. No exemplo acima nós citamos uma máquina de solda que pode ser utilizada ininterruptamente por 6 minutos numa corrente de 140 A, e que após isso você deverá deixá-la descansar por cerca de 4 minutos. Este é um fator bom para você? Então ótimo, é só fechar negócio!

Fique atento a este fator, de modo que você não acabe utilizando sua solda por mais tempo do que o necessário e acabe-a danificando.

2 – Amperagem e potência

A amperagem aqui está diretamente relacionada com a potência, e, quanto maior for a potência, então melhor será o desempenho. A solda inversora pode atingir uma amperagem máxima de 250 A, e se você necessita de valores superiores a este, então terá de ir atrás de uma máquina de solda convencional. Tenha em mente que a amperagem influencia diretamente nos níveis de potência que você será capaz de ajustar.

3 – Tamanho e peso

A vantagem de uma inversora de solda se dá justamente pelo seu tamanho e peso reduzidos quando comparados a uma máquina de solda convencional. Entretanto, ainda assim é bom ficar de olho nos modelos que estiver cogitando adquirir.

Opte sempre por modelos pequenos e leves, e se eles possuem alça para facilitar seu carregamento então melhor ainda. Se você deseja poder levar sua inversora de solda para todos os lugares, então focar em sua portabilidade é extremamente necessário!

4 – A voltagem correta

Sua inversora é de 110 V ou 220 V? Acredite, ficar atento a este pequeno detalhe pode lhe evitar muitas dores de cabeça! Isso pois, uma inversora de 220 V não irá funcionar em uma tomada de 110 V, enquanto uma máquina de 110 V irá queimar em uma tomada de 220 V.

Quer uma dica? Corra trás de modelos com sistema bivolt, ou seja, que funcionem perfeitamente bem em ambas as voltagens!

5 – Facilidade na utilização

É iniciante no processo de soldagem? Então aconselhamos que você leia novamente nossa explicação acima sobre como usar sua máquina de solda inversora, e que também opte por modelos de utilização simples e intuitiva quando estiver escolhendo pela sua.

Não vá diretos nos modelos profissionais se você não tem qualquer experiência ainda, comece sempre devagar, até conseguir se profissionalizar o bastante para tais modelos.

6 – Itens extras

Está em dúvida entre dois modelos bastante similares? Pois então uma boa maneira de desempatar esta disputa é conferir os itens extras que são oferecidos por ambos os modelos!

Chaves, itens de limpeza e de proteção, além de diversos outros extras que podem acompanhar. Na hora de tomar sua decisão, tudo isso deve ser levado em consideração, principalmente se você estiver em dúvida entre dois ou mais modelos.

7 – O preço também importa!

E por último, mas não menos importante, o preço também deve ser levado em consideração aqui!

Afinal de contas, de nada adianta ter encontrado a melhor solda inversora de todas, se ela simplesmente não entra no seu orçamento. A dica aqui é definir suas necessidades, bem como seu orçamento, e se ater a isso. Certamente você encontrará uma boa solda inversora que atenda as suas necessidades sem com isso estourar o seu orçamento!

Agora você já sabe como escolher a melhor solda inversora para você!

Solda inversora

Acima nós te apresentamos bons modelos de solda inversora, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão. Assim sendo, caso você realmente precise de uma solda para seus trabalhos, então é só levar em pauta tudo o que destacamos acima e ir atrás do modelo ideal para você!

Pensando em adquirir algum dos modelos acima, ou então já até possui algum deles? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!