Melhor Lixadeira Roto Orbital (Excêntrica)

Se você pretende adquirir uma lixadeira para trabalhos mais profissionais, então a roto orbital é o que você quer!

Abaixo nós iremos te apresentar os melhores modelos de lixadeira roto orbital, para que assim você possa escolher a melhor. E, além disso, também forneceremos um pequeno guia de tudo o que você deve levar em consideração na hora de se decidir entre um modelo ou outro. Assim você poderá realizar os trabalhos mais pesados da melhor maneira possível!

Preparado então para conhecer os melhores modelos de lixadeira roto orbital? Pois é só continuar a leitura até o final!

Qual a melhor lixadeira roto orbital?

IMAGEMLIXADEIRA

DeWalt 5 Pol. 280W
  • Modelo leve e ergonômico
  • Garantia de 3 anos
Verificar Preço →

Bosch GEX 125-1
  • Microfiltro que recolhe até 90% do pó gerado
  • Garantia de 2 anos
Verificar Preço →

Makita M9204
  • Não emite um nível elevado de ruídos
  • Uso profissional ou em artesanatos
Verificar Preço →

Stanley 225mm
  • Alça dobrável
  • Potência de 750 W
Verificar Preço →

 

Lixadeira Rotorbital DeWalt

DeWalt 5 Pol. 280W – Mais barata!

Pros
  • Modelo leve e ergonômico
  • Possui um sistema de contra peso
  • Garantia de 3 anos
  • Engate rápido para a conexão com os aspiradores de pó da DeWalt
  • Coletor de pó para reduzir a dispersão de poeira
Contras
  • Não possui controle de velocidade
  • O ruído alto

Que tal começarmos nossa lista de melhor lixadeira roto orbital com uma que é indicada pela própria Amazon?

Este modelo é leve (1,5 Kg), compacto e também bastante ergonômico, ideal para usos contínuos sem muito desgaste. Possui também um sistema de contra peso, tudo para lhe proporcionar um maior controle e conforto durante sua utilização. Sua base auto-adesiva possui ao todo oito furos, saia e um coletor de pó, tudo para reduzir a dispersão de poeira durante o seu trabalho, e lhe ajudar a manter tudo bem limpo.

Com uma potência de 280 W e uma velocidade de 12000 OPM, este modelo aceita também a utilização de lixa a base de velcro, tudo para máxima velocidade em acabamentos finos. Assim sendo, este é o modelo ideal para ser utilizado em carpintarias, marcenarias, funilarias, fábricas de móveis (madeira e aço), pinturas, etc.

Lixadeira Excentrica GEX 125-1 AE

Bosch GEX 125-1 – A mais vendida!

Pros
  • Modelo ideal para trabalhos intensos
  • Empunhadura com formato inovador e ergonômico
  • Microfiltro que recolhe até 90% do pó gerado
  • Garantia de 2 anos
  • Possui controle eletrônico para variação de velocidade
Contras
  • Encontrar lixas compatíveis com este modelo pode ser difícil
  • Também encontramos reclamações com relação a fragilidade do filtro

A Bosch é uma marca que o nome por si só já transmite qualidade, assim sendo, é claro que teríamos de trazer uma de suas lixadeiras para esta nossa lista!

Com seus 250 W de potência, e um controle eletrônico de velocidade variando entre 7500 a 12000 RPM e 15000 a 24000 OPM, esta é uma lixadeira que com certeza não vai te deixar na mão! E por falar em deixar na mão, seu formato ergonômico com certeza vai fazer com que aquelas longas horas de trabalho não se tornem exaustivas, o que a torna ideal para trabalhos intensos.

Além disso, este modelo também conta com um sistema para a rápida fixação da lixa, e também com um microfiltro que recolhe até 90% do pó gerado, deixando seu ambiente de trabalho sempre bem limpinho. Ou seja, seja para trabalhos longos e intensos ou para lixar madeira, metal, plástico ou fibra de vidro, esta lixadeira roto orbital da Bosch certamente vai lhe ajudar bastante!

Lixadeira Rotorbital Makita M9204

Makita M9204 Profissional – A mais portátil!

Pros
  • Lixadeira para uso profissional ou em artesanatos
  • Não emite um nível elevado de ruídos
  • É possível adaptar um aspirador e coletor de pó
  • Tamanho compacto e design ergonômico
Contras
  • Não apresenta painel para variação de velocidade

Acima nós citamos a Bosch como marca de referência no mercado e, sendo assim, é claro que também não poderíamos deixar de citar a Makita!

Este modelo da Makita, com seus 240 W de potência e velocidade de 12000 OPM, é ideal para trabalhos profissionais ou então para uso em artesanatos. Seu tamanho compacto e seu design ergonômico permite sua utilização com a menor fadiga possível. Sua base conta com um sistema de ganchos e argolas com furos para uma boa aspiração, sendo possível ainda adaptar o aspirador e o coletor de pó nesta lixadeira, para diminuir num pouco a sujeira em seu local de trabalho.

Lixadeira de Parede Roto Orbital 225 mm com Led 720W

Stanley 225mm de parede – A Lixadeira para Parede!

Pros
  • Modelo ideal para lixamento de paredes
  • Potência de 750 W
  • Acompanha adaptadores para encaixe universal
  • Alça dobrável
  • É possível realizar lixamentos em até 120º
  • Possibilidade de acoplar sacos coletores e aspiradores industriais
  • Luzes de LED acopladas
Contras
  • Modelo específico para paredes, não aconselhável para outras utilizações
  • Preço bastante elevado

Quer tal utilizar uma ladeira roto orbital específica para parede? Pois é exatamente esta a ideia deste modelo!

A alça dobrável desta lixadeira faz dela o modelo ideal para ser utilizado em paredes. Possui também um gatilho deslizante no punho com superfícies de agarre anti-deslizantes, perfeito para uso contínuo, uma mangueira macia e flexível para maximizar seu lixamento, sendo possível realizar lixamentos em até 120º, além disso, também conta com luzes de LED na base para que você possa lixar paredes mesmo em locais escuros. Os sacos coletores e aspiradores industriais que podem ser acoplados nesta lixadeira também ajudam bastante na hora de manter o local limpo.

O que é uma lixadeira roto orbital?

O que é uma lixadeira roto orbital

A lixadeira roto orbital, que também pode ser chamada de lixadeira excêntrica, é a lixadeira ideal para trabalhos profissionais. Isso pois, além de toda sua gama de atuação, ela também é capaz de realizar até mesmo polimentos. E, muito cuidado para não acabar confundindo a lixadeira roto orbital com a lixadeira orbital.

Uma diferença marcante entre ambas se dá ao fato da lixadeira orbital girar seu disco em círculos perfeitos, enquanto a roto orbital ao mesmo tempo em que gira em círculo também oscila bastante. Isso faz com que o padrão de lixamento se torne aleatório, ou seja, os riscos visíveis são eliminados e cria-se um acabamento mais suave. E, além disso, na prática as lixadeiras roto orbitais são mais eficientes, lhe proporcionando uma maior produtividade e agilidade em seus trabalhos.

Vantagens e desvantagens de uma lixadeira roto orbital

Agora que você já sabe o que é uma lixadeira roto orbital, então que tal darmos uma olhadinha em suas vantagens e desvantagens?

Vantagens

A principal característica desta lixadeira se dá pela sua excelência! Ou seja, a lixadeira roto orbital apresenta excelente precisão e firmeza, gerando acabamentos extremamente caprichosos. Isso acaba por fazer com que esta lixadeira seja a ideal para trabalhos mais pesados e profissionais.

Além disso, ela também sempre acompanha um compartilhamento de pó, que tem o intuito de diminuir a quantidade de poeira gerada em seus trabalhos. Claro, você ainda terá alguma sujeira, mas num nível muito menor do que o ocasionado por outros tipos de lixadeiras.

O disco de lixa desta lixadeira é conectado de maneira prática e rápida, bastando apenas que você o coloque na base para grudá-lo instantaneamente, rápido e prático!

Desvantagens

Entretanto, é claro que este modelo também apresenta suas desvantagens, a qual podemos começar citando seu preço inicial elevado quando comparado com demais modelos. Caso você queira uma lixadeira para realizar trabalhos mais simples, então talvez um modelo diferente, e mais barato, possa vir a melhor lhe atender.

Outra desvantagem deste modelo dá-se com relação aos seus discos de lixa. Tais discos são conectados de maneira rápida e prática, através de uma base de velcro, porém para tal é necessário que você adquira os discos específicos. Tais lixas são difíceis de serem encontradas no mercado, o que pode vir a ser considerada como uma desvantagem deste modelo.

Os outros tipos de lixadeira!

Não, o mundo não é dividido apenas em lixadeira orbital e lixadeira roto orbital! Há diversos outros modelos além destes, e vamos lhe mostrar rapidamente abaixo todos eles, acompanhe!

A lixadeira de cinta

Esta lixadeira, assim como o próprio nome já induz, possui o formato de uma cinta, a qual gira rapidamente com a ajuda de dois tambores.

Seu diferencial é poder remover rapidamente o material requerido, o que faz com que ela seja uma opção ótima para peças grandes e planas. Porém é necessário ficar atento aqui, isso pois este modelo não é o mais recomendável para acabamentos finais, devido a sua força excessiva que pode acabar danificando a peça. Esta lixadeira também produz muito mais pó do que outros modelos.

A lixadeira angular

Precisa lixar peças muito grandes, mas que não são totalmente planas? Então a lixadeira angular poderá lhe ajudar muito mais do que a de cinta, tudo devido a sua maior flexibilidade!

A lixadeira orbital delta

Sabe aquele cantinho da peça onde as lixadeiras nunca conseguem alcançar? Pois é exatamente ai que a lixadeira orbital delta entra! Esta lixadeira é ideal para estes cantinhos onde nenhuma outra consegue alcançar.

A lixadeira estacionária

Aqui já é uma classe totalmente diferente de lixadeira, muito mais robusta do que os demais modelos, e utilizada apenas nos meios comerciais e industriais.

Onde encontrar produtos com bom preço?

Se você chegou aqui decido em qual produto comprar saiba que nem sempre é fácil encontrar o melhor preço na internet.

Preço bom até você até pode encontrar, mas surge a pergunta loja é confiável?

Aqui no Portal da Construção nós sempre recomendamos a Amazon, que é uma gigante no mercado mundial.

É importante mencionar que se você é cliente PRIME você tem FRETE GRÁTIS nas suas compras.

Clique no botão abaixo e garanta seu novo produto.

Dicas de como escolher uma lixadeira roto orbital

Como escolher uma lixadeira roto orbital

Acima nós lhe mostramos excelentes modelos de lixadeira roto orbital, mas como você pode fazer para se decidir sobre qual modelo comprar? Pois foi pensando exatamente em lhe ajudar a responder esta pergunta que nós trouxemos abaixo várias dicas para lhe ajudar a tomar sua decisão de compra, acompanhe!

1 – De olho em suas necessidades

A primeira coisa que você deve levar em consideração é com relação as suas necessidades, uma lixadeira roto orbital é realmente necessária para você? Leve em consideração que este tipo de lixadeira é para trabalhos mais pesados. Ou seja, se o seu objetivo aqui é uma lixadeira para trabalhos mais leves, então talvez um outro tipo de lixadeira pode vir a melhor lhe atender.

Confira também: Como Escolher a Melhor Lixadeira Orbital!

2 – Fique ligado na marca

Chegou a conclusão de que a lixadeira roto orbital é realmente a que você quer? Ótimo, então a primeira coisa que você deve começar fazendo é conferir sua marca!

Há marcas como Bosch e Makita que são referência de mercado, que você sabe só pelo nome que seus produtos são de qualidade. Entretanto, elas podem acabar sendo mais caras do que demais marcas. Se você optar por uma marca “desconhecida”, mas que apresente um melhor preço, então é bom prestar muita atenção antes de fechar negócio. Nossa dica aqui é que você pesquise bastante sobre a marca, leia os reviews dos usuários e todo o mais que você encontrar sobre aquela marca. Não adianta nada você pagar mais barato em uma marca se os seus produtos são de baixa qualidade, não é mesmo?

3 – Qual a velocidade da lixadeira?

Saber qual a velocidade de lixamento de sua lixadeira, bem como de quanta velocidade você necessita, é outro importante aspecto a ser considerado aqui.

A velocidade de uma lixadeira roto orbital é dada em OPM (Oscilações Por Minuto), correspondendo a quão rápido o seu disco de lixar pode girar. Ou seja, quanto maior for este valor, maior será a velocidade de lixamento. Há modelos que possuem uma velocidade fixa, enquanto outros apresentam um painel eletrônico para controle de velocidade. Caso possível, opte sempre pelos modelos com velocidade variável, pois isto aumenta sua gama de possibilidades ao realizar trabalhos mais precisos, podendo selecionar a velocidade ideal para cada tipo de trabalho/material.

4 – Qual a fonte de energia?

Sua lixadeira será com ou sem fio? Este é outro fator que você deve ficar atento na hora de adquirir sua lixadeira roto orbital.

Uma lixadeira com fio costuma ser a mais comum, além de mais indicada aqui, pois você terá um controle maior em sua alimentação do que teria em uma lixadeira sem fio. Entretanto, é claro que uma lixadeira com fio há suas limitações, que se dizem respeito a você precisar utilizá-la próximo a tomadas, além de tomar cuidado para nada enroscar em seu fio. Além disso, fique sempre atento com relação a sua voltagem, para não acabar ocorrendo nenhum tipo de acidente aqui.

Mas, se você optar aqui por uma lixadeira roto orbital sem fio, a mobilidade e liberdade que ela lhe dará com certeza será maior. Você poderá utilizá-la onde quiser, sem a necessidade de tomadas próximas, entretanto ela também apresentará desvantagens. Uma lixadeira a bateria não possui a mesma potência e confiabilidade que uma lixadeira com fio, além de a bateria também deixar a lixadeira mais pesada.

5 – Há algum sistema para coleta de poeira?

Praticamente todos os modelos de lixadeira roto orbital apresentam algum tipo de sistema para coleta de poeira, mas ainda assim compensa ficar de olho aqui. Lembre-se sempre que após um serviço é você quem terá de limpar tudo, então escolher uma lixadeira que possua um bom sistema de coleta de poeira com certeza irá lhe ajudar bastante nisso.

6 – E quanto a placa base?

A placa base é onde a lixa ficará presa em sua lixadeira, e há alguns componentes da placa base que você deve se atentar.

A primeira coisa a ficar de olho é com relação ao tamanho da área. Normalmente esta área está em torno de 5 ou 6 polegadas, sendo que, modelos menores do que 5 são consideradas como lixadeira de acabamento, e modelos maiores do que 6 são consideradas lixadeiras profissionais e geralmente alimentadas por um compressor de ar.

A próxima coisa a se ficar de olho é com relação a anexação dos discos de lixa em sua lixadeira. Discos adesivos que simplesmente grudam na placa são fáceis e rápidos de serem acoplados, porém podem acabar se desgastando e até mesmo se soltando quando a lixadeira estiver operando. Além disso, é também bom ficar de olho ao fato de que é fácil ou não encontrar tais discos, o que quase sempre costuma ser um trabalho difícil.

E, por último, é bom ficar de olho nos orifícios da placa base. Os orifícios são responsáveis pelo sistema de remoção de poeira, são eles quem aspiram a serragem que é criada, mantendo sua área de trabalho sempre bem limpa.

Outra coisa que você não pode deixar de se atentar é quanto a espuma da placa base. Inevitavelmente aquela espuma irá de desgastar, ou seja, verifique antes se é possível trocar apenas a espuma ou se você terá de trocar toda a lixadeira.

7 – E, é claro, o preço também é importante aqui

E por último, mas de maneira nenhuma menos importante, o preço também conta!

De nada adianta você ter encontrado o modelo dos seus sonhos se ele simplesmente estoura o seu orçamento. A dica aqui é definir seu orçamento e suas necessidades, é certo de que você encontrará um modelo que lhe atenda e que ao mesmo tempo não vá estourar seu orçamento.

Agora você já sabe como escolher a melhor lixadeira orbital!

Agora você já sabe o que é, e em quais situações uma lixadeira roto orbital é aconselhável, além de também termos lhe mostrado tudo o que você deve analisar na hora de escolher a sua. Assim sendo, você agora já pode ir atrás daquela lixadeira para lhe salvar em seus trabalhos!

Caso tenha escolhido algum dos modelos acima, ou então caso já tenha algum dos modelos acima, não deixe de nos contar sua opinião nos comentários abaixo, vamos adorar poder te ouvir!