Qual Melhor Martelete Rompedor

Quando você precisa de uma ajudinha extra para perfurar aquelas superfícies duras, ter o melhor martelete em mãos faz a diferença! Exatamente por isso nós trazemos este artigo para lhe ajudar a encontrar o melhor martelete rompedor!

Abaixo nós separamos vários modelos diferentes de martelete rompedor, para que assim você consiga encontrar o melhor para você. Além disso, nós também trazemos um pequeno guia levantando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu modelo!

Preparado então para encontrar o melhor martelete rompedor? Pois então é só continuar a leitura!

IMAGEMPRODUTO

Vonder – VDO1169
  • O motor com dupla isolação lhe garante uma maior segurança
  • Possui velocidade variável e sistema de reversão
Verificar Preço →

Wesco – WS3141K
  • Possui função de reversão
  • Possui medidor de profundidade e uma empunhadura auxiliar
Verificar Preço →

Makita – HR2470
  • Modelo ideal para uso profissional
  • Possui função de impacto, rotação e rotação com impacto
Verificar Preço →

Bosch GBH 2-24
  • Sistema de proteção contra sobrecargas e agarramentos
  • Conta com um sistema para ajuste do cinzel e da talhadeira
Verificar Preço →

Qual o melhor martelete rompedor?

Abaixo nós separamos alguns incríveis modelos de martelete rompedor, de modo que você possa selecionar aquele que melhor lhe serve, acompanhe!

Martelete Perfurador Vonder – O Mais Barato!

Vonder - VDO1169 2

Pros
  • Possui função de rotação, impacto e rotação com impacto
  • Possui velocidade variável e sistema de reversão
  • Conta com um limitador de profundidade
  • O motor com dupla isolação lhe garante uma maior segurança
  • Conta ainda com um punho auxiliar e uma maletinha de plástico para transporte
Contras
  • A potência, velocidade e taxa de impacto não são das melhores nesta faixa de preço
  • Não acompanha haste e nem mandril
  • A função rompedor deve ser utilizada apenas para operações pequenas
Começamos nossa lista com o modelo mais barato, mas que cumpre bem o que promete!

Este modelo apresenta uma potência máxima de 620 W, uma velocidade variável de 0 – 870 RPM e uma taxa de impacto de 0 – 4850 IPM. A rotação pode ser utilizada com ou sem impacto, adequando-se a diversas situações e, ao utilizar o mandril certo e a haste adaptadora SDS plus, você consegue perfurar madeira, plástico, metal e diversas outras superfícies. Além disso, este modelo também conta com um limitador de profundidade, um punho auxiliar e uma maletinha de plástico.

Quanto a capacidade máxima de perfuração, tem-se para:

  • Aço – 13 mm
  • Madeira – 30 mm
  • Concreto – 24 mm

Este modelo é indicado para quando se necessita romper alvenaria e concreto. E, caso queira conferir o manual para este modelo, então é só clicar aqui.

Martelete Rompedor SDS-Plus Wesco – O Melhor Custo-Benefício

Wesco WS3141K 2

Pros
  • Possui funções martelete, furadeira, regulagem de talhadeira e cinzel
  • Possibilidade de variar velocidade
  • O botão de trava lhe permite continuar utilizando sem precisar pressionar o botão
  • Possui função de reversão
  • Possui medidor de profundidade e uma empunhadura auxiliar
  • Acompanha uma maletinha para transporte
Contras
  • Encontramos reclamações referente do conector e das ferramentas

Se você quer um martelete que lhe ofereça um excelente custo-benefício, então este é o modelo ideal para você!

Este modelo apresenta uma potência de incríveis 800 W, uma velocidade de carga de 0 – 1200 RPM, e uma taxa de impacto de 0 – 5300 IPM. Além disso, ele também lhe proporciona as funções de cinzelar, perfurar, perfurar com impacto e regulagem de talhadeira. Possui áreas emborrachadas para melhor manuseio, além de uma velocidade variável e reversível, e seu botão de trava visando a segurança.

Quanto a capacidade máxima de perfuração, tem-se para:

  • Madeira – 30 mm
  • Alvenaria – 26 mm
  • Aço – 13 mm

Modelo ideal para quando se necessitar perfurar concreto e cerâmica em obras de construção ou manutenção, bem como durante a demolição de pisos, vigas e colunas de concreto.

Martelete Perfurador/rompedor Makita – Para Trabalhos Mais Pesados!

Makita HR2470 2

Pros
  • Modelo ideal para uso profissional
  • Possui sistema de reversão e velocidade variável
  • Possui função de impacto, rotação e rotação com impacto
  • Conta também com uma empunhadura auxiliar, um limitador de profundidade e uma maletinha para transporte
Contras
  • O preço elevado fica sendo sua principal desvantagem

Mas, se o que você precisa é de um martelete para trabalhos mais pesados, então este é o ideal!

A Makita por si só já é uma marca de renome, e este modelo ainda apresenta uma potência de 800 W, uma velocidade variável de 0 – 1100 RPM e uma taxa de impacto de 0 – 4500 IPM. Este modelo também conta com um sistema de reversão, e você pode utilizá-lo como rotação, impacto ou então rotação com impacto. E, além disso, ele ainda conta com uma empunhadura auxiliar, um limitador de profundidade e uma maletinha para transporte.

Quanto a capacidade máxima de perfuração, tem-se para:

  • Aço – 13 mm
  • Madeira – 32 mm
  • Concreto – 24 mm

Excelente modelo para quem procura um martelete para uso profissional!

Martelete Perfurador Rompedor GBH 2-24  Bosch – Potência Máxima!

Bosch GBH 2-24

Pros
  • Potência de 820 W
  • Velocidade variável
  • Possui função de perfuração com e sem impacto, e também para cinzelamentos
  • Conta com um sistema para ajuste do cinzel e da talhadeira
  • Sistema de proteção contra sobrecargas e agarramentos
  • Cabo com 4 metros de comprimento
  • Sistema de encaixe SDS-plus
  • Acompanha uma empunhadura auxiliar, um limitador de profundidade e uma maletinha para transporte
Contras
  • O preço elevado deste modelo também pode ser visto como uma desvantagem
  • Também encontramos reclamações referentes a fragilidade da maleta que acompanha este modelo

E por último, mas não menos importante, temos aqui um modelo focado na potência!

Com uma incrível potência de 820 W, este modelo lhe ajuda a perfurar com esforço mínimo, ou seja, produtividade máxima aqui! Sua velocidade é variável, indo de 0 – 1300 RPM, sua taxa de impactos varia de 0 – 5100 IPM. Este modelo ainda possui a função de perfuração com e sem impacto, e também para cinzelamentos, com um sistema para ajuste da talhadeira e do cinzel.

Este modelo também conta com uma proteção para a máquina e para o usuário, lhe protegendo de sobrecargas ou agarramentos, e o seu cabo possui incríveis 4 metros de comprimento. Além disso, ele também conta com uma empunhadura auxiliar, um limitador de profundidade e uma maletinha para transporte. O sistema de encaixe SDS-plus certamente irá lhe ajudar a realizar trocas muito mais rapidamente.

Quanto a capacidade máxima de perfuração, tem-se para:

  • Madeira – 30 mm
  • Metal – 13 mm
  • Alvenaria – 24 mm
  • Concreto – 24 mm

Para trabalhos mais pesados, onde a potência certamente deve ser a maior possível, este é o modelo ideal!

Para que serve um martelete?

martelete

Acima nós te mostramos alguns ótimos modelos de martelete, mas você sabe dizer o que é um martelete?

O martelete é similar a uma furadeira, porém sua função principal aqui é a demolição. Com o martelete você consegue demolir peças de alvenaria, concreto e até mesmo colunas. Quanto aos furos, o martelete também lhe ajuda a perfurar diversos materiais com bem mais eficiência e potência do que se você estivesse utilizando uma furadeira comum.

Ele também é bastante utilizar para inserir canos, canaletas e tubos de PVC. Também pode ser utilizado para retirar restos de cimento, reboco, tijolos ou restos de sujeiras em paredes. Ou seja, o martelete é realmente necessário dentro da construção civil devido a sua gama de opções.

As vantagens de se ter um martelete!

Perfuração, demolição e quebra. Estas são as principais funções que seu martelete irá desempenhar, lhe dando extrema agilidade e eficiência em seu trabalho. Mas, falando especificamente nas vantagens que você pode usufruir ao adquirir um martelete, podemos destacar:

  • Se você necessita realizar grandes perfurações ou até mesmo simples demolições, esta é a ferramenta ideal;
  • Na hora de buscar seu modelo, busque por versatilidade, aqueles que lhe permita executar mais de uma tarefa;
  • Trata-se de uma ferramenta fácil de ser utilizada;
  • Com ela você consegue trazer mais velocidade e agilidade aos seus serviços.

E, basicamente falando, o uso do martelete não traz grandes desvantagens, sendo a única com relação a sua exclusividade. Ou seja, se você não precisar executar nenhum dos serviços citados acima para o martelete, ou caso você não precise utilizá-lo com frequência, então não há porque você adquirir um.

Martelete rompedor ou perfurador?

Aqui vão dois tipos de martelete, o rompedor e o perfurador. Abaixo vamos discorrer brevemente sobre cada um destes, de modo que você possa entender melhor para que eles servem.

No caso do martelete rompedor, ele é o ideal para trabalhos de demolição. Ou seja, quando você precisa derrubar paredes, vigas, ou então quebrar tijolos e concreto, este é o modelo que você deve ir atrás. Além disso, para trabalhos de raspagem e de limpeza este modelo também mostra-se útil. Este modelo costuma ser pesado, podendo chegar até mesmo 40 Kg.

Mas, se você busca por um martelete que seja similar a uma furadeira, então o modelo rompedor é o que você precisa. Dependendo da potência e da força do impacto, você pode utilizar o martelete para fazer furos em qualquer tipo de material. Já o peso deste modulo costuma variar entre 4 a 13 Kg.

Martelete elétrico ou pneumático?

Já com relação a alimentação, você pode optar por dois tipos: pneumático ou elétrico!

O martelete elétrico é aquele no qual você precisará de energia elétrica, ou seja, conexão via cabo de força. Em contrapartida, o pneumático é o que funciona através de um compressor de ar. Certamente você pode encontrar no mercado modelos que funcionem com ambas as possibilidades, o que é uma excelente comodidade.

O modelo pneumático certamente é o mais caro, pois com ele você retira o fator de energia elétrica. Isso é especificamente útil quando você precisa utilizar seu martelete em locais isolados, onde não há acesso a eletricidade. Além disso, eles também são mais leves, fazendo com que os trabalhos sejam menos incômodos.

Em contrapartida, os modelos elétricos são mais baratos, além de com eles você conseguir mais facilmente encontrar peças de reposição, bem como assistência técnica. Basicamente, o que importa aqui é se você  está ou não disposto a pagar um pouco mais por um modelo pneumático, e se você realmente precisa dele.

Dicas de como usar o martelete!

Eis que você já está com seu martelete em mãos, mas você sabe como fazer para utilizá-lo? Não se trata de uma ferramenta de uso muito complexo, mas mesmo assim é necessário tomar alguns cuidados. Abaixo nós trazemos algumas dicas que podem lhe ajudar durante a utilização de seu martelete, acompanhe!

Proteção sempre em primeiro lugar!

O martelete tem a função de perfurar, ou então de demolir, assim sendo, você definitivamente não deve utilizá-lo sem óculos de proteção. Um único detrito que voar em direção ao seus olhos pode ser fatal, causando até mesmo danos irreversíveis. Ou seja, o óculos de proteção é realmente vital aqui.

E quando falamos nos óculos, queremos dizer tanto para o operador quanto para qualquer outra pessoa que estiver próxima. Lembre-se sempre que os detritos não escolhem alvos, então o melhor mesmo é que todos ao redor estejam devidamente protegidos!

Use sempre na pressão correta

Não tem segredos na hora de utilizar seu martelete, porém o mais importante aqui é encontrar a pressão perfeita. Pouca pressão fará com que você não consiga adentrar a superfície requerida, enquanto pressão em excesso poderá danificar o seu motor, ou seja, tudo reside em encontrar o equilíbrio perfeito.

Lembre-se também de que você deverá utilizar uma pressão específica para cada tipo de material que você deseja perfurar.

O que você deseja perfurar?

E por falar no material que será perfurado, esta é a nossa última dica aqui: conheça o que você está perfurando!

E quando falamos para conhecer o que você está perfurando, não queremos dizer no material especificamente, apesar disto também ser importante, mas sim do que há atrás dele. Perfurar encanamentos e fiações por engano certamente é algo que você deseja evitar, não é mesmo? Pois exatamente por isso é importante conhecer bem o local a ser perfurado, de modo que não ocorram acidentes.

Dicas para como escolher o melhor martelete para você!

martelete

Acima nós lhe mostramos alguns ótimos modelos de martelete, mas como você pode escolher um dentre todas as opções? Pois é justamente pensando em lhe ajudar a responder esta pergunta que nós separamos este pequeno manual abaixo!

Abaixo nós destacamos tudo o que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão sobre qual o melhor martelete para você, acompanhe!

1 – Comece pela potência!

Vamos começar pelo mais óbvio aqui, a potência! A potência está diretamente ligada a facilidade com que seu martelete poderá desempenhar trabalhos mais pesados. Ou seja, quanto maior for a potência do modelo escolhido, maior será a rapidez durante a perfuração ou demolição de grandes colunas, bem como menor também será o esforço exigido para isto.

Se você pretende ter um martelete para trabalhos mais simples, então você pode sim optar por uma potência mais baixa. Mas, se você o deseja para trabalhos mais pesados, então o melhor a se fazer é ir atrás de modelos que apresentam potência elevada.

2 – A capacidade de perfuração é a próxima coisa que você deve ficar de olho

O próximo item que você deve levar em consideração aqui é a capacidade de perfuração, mas antes, você deve ter em mente o que você deseja perfurar.

Nos modelos acima nós destacamos a capacidade de perfuração dos marteletes para os mais diferentes materiais, ou seja, dependendo do que você deseja perfurar você irá obter diferentes valores. É importante ficar de olho nisso, para ver se a capacidade de perfuração é condizente com o quanto você deseja perfurar em um material específico.

3 – Qual a força de impacto?

Se você deseja um martelete rompedor, ou seja, para perfuração, então a força de impacto é uma medida que você deve ficar de olho. Isso pois, é esta a medida indicativa para o impacto entre o martelete e a superfície que você deseja atingir. Aqui o comum é que ele varia de 2 joules (para modelos mais simples), até 100 joules (para modelos profissionais).

Se você deseja utilizá-lo para trabalhos mais simples, então uma força de impacto de mais ou menos 5 joules já lhe servirá bem aqui. Mas, se você deseja utilizá-lo para grandes obras, e para derrubar estruturas grandes de concreto, então o melhor é ir atrás de modelos que possuam uma elevada força de impacto.

4 – Ele possui velocidade variável?

Contar com um modelo que possui velocidade variável certamente é o ideal. Isso pois, você pode iniciar um trabalho com uma velocidade baixa e ir aumentando conforme julgar necessário, isso lhe dará uma maior precisão sobre seu trabalho. Poder variar a velocidade com certeza aumenta a gama de possibilidade dos serviços que você pode executar com seu martelete.

5 – E quanto a segurança oferecida?

E quanto a segurança, o modelo que você está de olho possui fatores que visam a segurança do operador?

Aqui, quando nós falamos de segurança, estamos tanto falando quanto a construção do próprio martelete para torná-lo seguro quanto a ergonomia que ele proporciona ao seu operador. Modelos com duas alças já estão visando o conforto e a segurança ao mesmo tempo. Além disso, alças ergonômicas também estão visando a segurança aqui, bem como o recurso de absorção de choque, que realmente pode lhe ajudar!

6 – E quanto a alimentação?

Acima nós destacamos as principais diferenças entre um modelo elétrico e um pneumático, as quais se dão basicamente pela sua alimentação. Aqui a principal pergunta é com relação a até quanto você planeja gastar.

Modelos pneumáticos, sem fio, são melhores, mas ao mesmo tempo custam mais. Você estará disposto em pagar a mais por eles? E eles realmente lhe são necessários ou você pode usar modelos elétricos sem maiores problemas? Aqui torna-se necessário que você consiga responder a essas perguntas.

7 – O medidor de profundidade pode realmente lhe ajudar!

O medidor de profundidade trata-se de um extra que acompanha quase todos os modelos, mas é sempre bom ficar de olho se ele realmente acompanha o modelo que você deseja adquirir.

O medidor é importante pois, é ele quem irá lhe dar um maior controle sobre aquela profundidade que você deseja efetivamente alcançar. Então se puder adquirir um modelo que venha um, faça isso.

8 – De olho nos extras!

E, por falar nos extras, são eles os responsáveis por te ajudar a se decidir entre dois modelos similares.

Sempre que você estiver em dúvida entre dois modelos similares, o melhor que você pode fazer é ficar atento aos extras, ou seja, tudo aquilo que acompanha o seu modelo. Medidor de profundidade, empunhadura auxiliar, maletinha para transporte, e todo o mais que vier junto. Este pode ser o fator decisivo para te ajudar a escolher entre dois modelos similares!

9 – Fique de olho na marca!

Há marcas que por si só já significam qualidade, não é mesmo? Pois na hora de escolher seu martelete, este é outro fator que você deve se atentar. Sempre que possível opte por marcas conhecidas, que correspondam a qualidade, mesmo que elas possuam um preço inicial um pouco acima das demais.

Mas, caso você ainda prefira optar por marcas menos conhecidas, então a dica aqui é pesquisar bem antes de fechar negócio. Veja se a marca em questão não possui reclamações quanto aos seus produtos, verifique também a opinião de quem comprou o mesmo produto que você deseja. Pagar a menos por um produto de qualidade inferior pode acabar lhe custando caro no final.

10 – E, é claro, o preço também é importante!

E por último, mas não menos importante, o preço é outro fator importante aqui!

A dica é simples, se mantenha fixo em seu orçamento. De nada adianta ter encontrado aquele modelo ideal, se ele simplesmente estoura em muito o seu orçamento. Defina suas necessidades e seu orçamento, certamente você conseguirá encontrar um modelo que irá lhe atender bem, sem com isso estourar o seu orçamento.

Agora você já sabe como escolher o martelete ideal para você!

Acima nós lhe mostramos alguns excelentes modelos de martelete para você escolher o melhor, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão. Ou seja, sem mais desculpas, agora é só ir atrás do seu martelete e começar a demolir umas paredes! Mas só lembre de garantir antes que estas paredes realmente precisam ser derrubadas…

Tem em mente algum dos modelos acima, ou então até mesmo já possui algum dos modelos acima? Pois então não deixe de nos contar sua opinião nos comentários abaixo, vamos adorar poder te ouvir!