Melhor Serra De Esquadria

Precisa realizar cortes transversais em tábuas e ripas de madeira? Pois então a maneira mais rápida de se fazer isso é contando com a melhor serra de esquadria que você puder encontrar!

Assim sendo, o objetivo deste artigo é justamente te ajudar a encontrar esta serra de esquadria que irá facilitar sua vida. Além disso, nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu modelo.

Então, se você quer ter em mãos uma serra de esquadria para te ajudar com os cortes precisos, e nos mais variados ângulos, é só continuar aqui com a gente!

Qual a melhor serra de esquadria?

Para te ajudar a responder essa pergunta nós separamos abaixo incríveis modelos de serra de esquadria para você escolher a melhor, então confere só!

Serra De Esquadria Vonder – A Mais Baratinha

Pros
  • Modelo barato
  • Ideal para uso residencial e para hobby
  • Gira em ângulos de 45º tanto na horizontal quanto na vertical
  • Botão para regulagem de inclinação em até 45º para a esquerda
  • Revestimento emborrachado no cabo
  • Protetor de lâmina
  • Morsa e apoios laterais
  • Acompanha 1 coletor de pó, 1 lâmina de serra e 1 chave Allen
Contras
  • Não aconselhável para trabalhos pesados
  • Indicada apenas para madeiras e derivados

Comecemos nossa lista com o modelo mais barato, mas que ao mesmo tempo também não te deixa na mão!

Este modelo apresenta uma potência de 850 W, bem como uma velocidade máxima de 5.000 RPM e um diâmetro de serra de 185 mm. A base giratória desta serra de esquadria é capaz de girar em ângulos de até 45º tanto na horizontal quanto na vertical, contando ainda com um botão para a regulagem de inclinação em até 45º para a esquerda. Além disso, conta ainda com um revestimento emborrachado no cabo, protetor de lâmina, morsa e apoios laterais para facilitar o corte em peças muito grandes.

Acompanham este modelo 1 coletor de pó, 1 lâmina de serra e 1 chave Allen.

Serra Esquadria Gamma Ferramentas – Ótimo Custo-Benefício!

Pros
  • Ótimo custo-benefício
  • Empunhadura ergonômica
  • Botão de bloqueio
  • Motor com duplo isolamento
  • Guia laser
  • Cortes precisos e de fácil manuseio
  • Modelo indicado para marcenaria, construção civil e similares
  • Acompanha 1 saco coletor de pó, 2 suportes laterais, 1 conjunto de grampos e 1 combinado chave Allen
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Aqui vai um modelo para os fãs do custo-benefício!

Este modelo apresenta uma potência de 1.800 W, bem como uma velocidade máxima de 4.900 RPM e um diâmetro de serra de 255 mm. Conta ainda com uma empunhadura ergonômica, um botão de bloqueio, motor com duplo isolamento, guia laser e cortes de fácil manuseio, sendo que sua capacidade de corte é de:

  • 0° – 90° → 68 x 135mm
  • 0° – 45° → 40 x 135mm
  • 45° – 90° → 68 x 95mm
  • 45° – 45° → 35 x 95mm

Acompanham este modelo 1 saco coletor de pó, 2 suportes laterais, 1 conjunto de grampos e 1 combinado chave Allen.

Serra de Esquadria Makita – Excelente Capacidade De Corte!

Já esta serra de esquadria da Makita apresenta uma excelente capacidade de corte, e deve ser analisada de perto!

Este modelo conta com uma potência de 1.650 W, bem como uma velocidade máxima de 4.600 RPM e um diâmetro de serra de 250 mm. Este modelo conta com uma construção robusta para cortes precisos, um protetor acrílico transparente, inclinação para cortes em até 45º à esquerda, a troca da lâmina de serra é feita facilmente e ela é mais aconselhável para trabalhos mais pesados.

Têm-se, com relação a capacidade de corte com:

  • A base em 0º e a cabeça de corte em 90º → 90,5 x 95 mm
  • A base em 0º e a cabeça de corte em 45º → 90,5 x 67 mm

Acompanham este modelo 1 saco coletor, 1 esquadro, 1 chave fixa, 1 morsa, 1 trava, 1 bucha, 1 suporte e 1 lâmina de widia.

Pros
  • Modelo com boa capacidade de corte
  • Construção robusta para cortes precisos
  • Protetor acrílico transparente
  • Inclinação para cortes em até 45º a esquerda
  • Troca de lâmina de serra é feita facilmente
  • Modelo ideal para trabalhos mais pesados
  • Acompanha 1 saco coletor, 1 esquadro, 1 chave fixa, 1 morsa, 1 trava, 1 bucha, 1 suporte e 1 lâmina de widia
Contras
  • Modelo caro

Serra de Esquadria Bosch GCM 10X – Nossa Campeã!

Pros
  • Excelente modelo
  • Design ergonômico
  • Freio do motor
  • Sistema prático para a troca de escovas
  • Parafuso ajustável para cortes de ranhuras
  • Alinhamento preciso da serra em 90º
  • 9 marcações de ângulos
  • Acompanha 1 disco para madeira de 40 dentes, 1 sargento de aperto e 1 saco coletor de pó
Contras
  • Modelo caro

E por último, mas não menos importante, temos o nosso modelo campeão!

Esta serra conta com uma potência de 1.650 W, bem como uma velocidade máxima de 4.800 RPM e um diâmetro de serra de 254 mm. Além disso, este modelo conta ainda com um design ergonômico, freio do motor, sistema de troca de escovas prático, parafuso ajustável para cortes de ranhuras, alinhamento preciso da serra em 90º, leitura e controle de ângulos de corte facilitada, e 9 marcações de ângulos, sendo que sua capacidade de corte é de:

  • 0º – 0º  → 89 x 197 mm
  • 45º – 0º → 38 x 140 mm
  • 0º – 45º → 38 x 197 mm
  • 45º – 45º → 38 x 140 mm

Acompanham este modelo 1 disco para madeira de 40 dentes, 1 sargento de aperto e 1 saco coletor de pó.

Para que serve uma serra de esquadria?

Para que serve uma serra de esquadria?

Acima nós lhe apresentamos vários modelos de serra de esquadria, mas você sabe dizer para que elas servem? A função principal da serra de esquadria é realizar cortes precisos, e em ângulos que podem ir até 90º, considerados complicados dependendo da ferramenta que você utilizar.

Esta é uma ferramenta bastante usada por marceneiros, pois ela trabalha muito bem com madeiras no geral. Entretanto, a serra de esquadria pode também ser utilizada em plástico, alumínio, azulejos e pisos, tudo dependendo apenas do tipo de disco de corte que você irá utilizar.

E, falando nos discos, caso você queira um corte mais suave e com uma maior precisão, então os discos de dentes finos são os que você deve mirar. Mas para tarefas mais básicas, basta optar pelos discos padrões mesmo e tudo acabará bem.

Os tipos de serra de esquadria

Nós podemos dividir a serra de esquadria em três diferentes tipos, os quais nós iremos analisar mais detalhadamente abaixo, de modo que você possa entendê-los melhor.

Comecemos pela serra de esquadria comum, que como o próprio nome já sugere, é o modelo mais comum aqui. Esta serra realiza cortes perpendiculares na matéria e demais materiais, cortes estes que variam entre o ângulo de 45º, com um dispositivo de trava para manter a lâmina sempre bem alinhada.

Em seguida nós temos a serra de esquadria composta, onde os cortes são realizados em ângulos compostos, lhe permitindo inclinar a lâmina em ângulos específicos.

E por fim nós temos a serra de esquadria de correr, a qual possui um braço horizontal capaz de atravessar o material cortado, lhe permitindo realizar cortes em pedaços mais largos de madeira.

Qual delas é a melhor? Pois isto depende apenas de suas necessidades, sendo que independente de qual você escolher, ela poderá lhe atender bem!

Qual a diferença entre serra de esquadria e serra de meia esquadria?

Você provavelmente já viu antes essa designação de “serra de meia esquadria”, não é mesmo? Mas você sabe dizer qual é a diferença entre ela para uma serra de esquadria? Pois a gente te ajuda!

Basicamente falando, a diferença está apenas no lado da inclinação em que a serra é capaz de atuar. Ou seja, uma serra de esquadria é capaz de se inclinar tanto horizontalmente quanto verticalmente, enquanto a serra de meia esquadria é capaz de atuar em apenas uma direção, ou para esquerda ou para a direita.

Mas isso faz diferença? Depende, depende apenas daquilo que você vai fazer. Ter essa comodidade de poder girar sua serra tanto da esquerda para a direita lhe dá uma maior liberdade na hora de trabalhar com o material, podendo até mesmo aumentar sua produtividade. Isso pois, com uma inclinação para ambos os lados, caso você esteja trabalhando com uma peça grande e for realizar cortes com ângulos invertidos, você não precisará ficar “rodando” a peça, pois sua própria serra já atuará em ambos os lados. No mais, este detalhe é apenas uma comodidade a mais para você.

Neste próximo vídeo do canal Adilson Pinheiro você pode conferir melhor a explicação da diferença entra uma serra de esquadria e uma serra de meia esquadria:

Dicas para usar sua serra de esquadria

Usar a serra de esquadria é um trabalho que deve ser realizado apenas por profissionais, sempre tendo em mente que não se trata de um brinquedo, mas sim de uma ferramenta de trabalho. Nós separamos abaixo algumas dicas que podem te ajudar a utilizar melhor, e mais seguramente, sua serra de esquadria, confira!

  • Sempre instale sua serra de esquadria em um local amplo, e com uma boa iluminação, assim você consegue trabalhar melhor com aquelas peças maiores;
  • Não tem nenhum tipo de experiência com a ferramenta? Então o ideal é antes de usá-la ler todo o manual, e sempre pedir ajuda e instruções a quem sabe como utilizá-la. Ler o manual é algo que a maioria das pessoas costuma ignorar, mas que pode fazer toda a diferença aqui;
  • Antes de começar a utilizar a serra, sempre se lembre dos equipamentos de proteção, tais como luvas, óculos de proteção, máscara e protetor auricular;
  • Quando começar a utilizá-la, nunca comece de uma vez já nos trabalhos principais. A dica aqui é ir testando o corte em materiais reservas, de modo que você possa conhecer melhor a serra e ir treinando, até se sentir confiante o suficiente para ir aos trabalhos mais sérios;
  • Antes de começar a cortar, sempre confira se sua lâmina já está em sua máxima velocidade;
  • Após finalizar, sempre lembre-se de manter o local de trabalho bem limpo. Tenha em mente que a ferragem é considerada um material inflamável, bem como outros materiais que podem conter compostos químicos e tóxicos, então manter o local de trabalho sempre limpo é mais do que organização, mas também segurança!

Seguindo estas dicas você poderá usar sua serra de esquadria ao máximo, evitando quaisquer tipos de acidentes.

Dicas de como escolher a melhor serra de esquadria!

Qual a melhor serra de esquadria?

Acima nós lhe apresentamos incríveis modelos de serra de esquadria, mas como você pode definir qual delas é a melhor para você? Pois para te ajudar com isso nós separamos abaixo alguns fatores que você deve levar em consideração na hora de fazer sua escolha, acompanhe!

1 – Antes de mais nada, para que você irá utilizá-la?

Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve sempre ter em mente quando for adquirir alguma ferramenta é para que você deseja adquiri-la, no que você irá utilizá-la. Ter em mente o tipo de material que você irá utilizar em sua serra, bem como se você a deseja para uso profissional ou apenas para hobby, poderá lhe ajudar bastante a definir o modelo a ser escolhido.

2 – De olho na potência do modelo

Passando agora para o primeiro e mais importante fator que você deve analisar, ele diz respeito a potência do motor. Aqui é importante ter em mente que quanto mais profissional for o uso que você pretende empregar a sua serra, maior também será a potência necessária para tal.

Potências de 1.600 W para cima são as mais aconselháveis para uso profissional, enquanto para uso residencial e hobby você pode optar por potências menores sem nenhum problema.

Outro fator acoplado a potência é a velocidade máxima, velocidade que é sempre medida em Rotações Por Minuto (RPM). A ligação aqui é que, quanto mais rápida for a rotação de determinado modelo, mais rapidamente você terminará seus cortes e trabalhos. Mesmo esse fator sendo importante, a potência ainda continua sendo a principal.

3 – Esquadria ou meia esquadria?

Serra de esquadria ou meia esquadria? Nós já citamos a diferença entre ambas em um tópico acima, então aconselhamos que você suba um pouquinho e leia este tópico, para entender melhor do que estamos falando aqui.

Mas, basicamente falando, uma serra de esquadria é capaz de atuar em mais de uma direção, direita e esquerda, enquanto uma serra de meia esquadria atua apenas em uma direção, ou esquerda ou direita. Trabalhar com uma serra de esquadria lhe permite uma maior mobilidade e facilidade nos serviços, justamente por essa possibilidade de atuar em ambos os lados.

4 – Braço fixo ou braço telescópico?

A diferença entre braço fixo e telescópico se dá pela largura das peças que você consegue cortar.

Modelos de braço fixo conseguem cortar peças com largura de até 13,5 cm, enquanto modelos com braço telescópico podem contar peças com largura de até 30,5 cm. Um modelo de braço telescópico é facilmente identificável devido ao fato da guia de corte avançar para fora da base da ferramenta.

Aqui é importante levar em consideração que, apesar do braço telescópico ser uma melhor opção, ele também é mais caro, ou seja, depende de você pesar o custo-benefício e julgar no final se vale realmente a pena.

5 – Qual o diâmetro da lâmina?

Quanto mais espessas forem as peças que você deseja cortar, maior deverá ser o tamanho da lâmina de sua serra de esquadria.

Nos modelos mais comuns a lâmina possui cerca de 10 polegadas, o que é suficiente para cortar peças com uma espessura de até 9 cm. Mas, se você pretende cortar peças com uma espessura maior do que 9 cm, então a dica é ir atrás de modelos que possuam uma lâmina com mais de 12 polegadas.

6 – De olho na capacidade de corte!

Acima nós especificamos a capacidade de corte em todos os modelos, sendo ela referente ao corte em determinadas angulações.

É importante ficar atento a este detalhe, pois assim você consegue ver o quanto consegue cortar de determinada peça ao girar sua serra de esquadria em determinado ângulo.

7 – O modelo apresenta mobilidade?

A serra de esquadria normalmente é uma ferramenta que deve ser posicionada em um local de sua oficina e assim permanecer. Entretanto, se você sabe que precisará locomover bastante sua serra, então o melhor a se fazer é ir atrás de modelos que apresentem uma melhor mobilidade, com atenção especial ao peso total do modelo.

8 – Marcações e medidas

Modelos que apresentem marcações e medidas na própria máquina servem como um guia para o corte, reduzindo a chance de você errar. Ou seja, sempre confira se o modelo apresenta marcações e medidas para auxiliar no corte, e dê preferência aos que possuem.

O laser é outro fator que costuma ser oferecido por alguns modelos, com o intuito de guiar seu corte ao mesmo tempo em que ilumina a área de corte. Modelos com laser também são de grande ajuda para quem busca a precisão.

9 – Quais os extras oferecidos?

Em dúvida entre dois modelos similares? Pois então não se esqueça de comparar os itens extras que são oferecidos por cada modelo.

Disco para madeira, saco coletor de pó, chave Allen e suporte laterais. Estes são apenas alguns dos extras que podem ser oferecidos em conjunto ao modelo que você deseja adquirir, e que vale a pena ficar de olho. Então a dica é sempre buscar saber os extras oferecidos junto ao produto antes de efetivamente tomar sua decisão de compra.

10 – E claro, o preço deve sempre ser levado em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço deve sempre ser levado em consideração!

De nada adianta você ter encontrar o melhor modelo, se ele simplesmente é caro demais. Então a dica aqui é simples, defina suas necessidades e o seu orçamento, e se atenha a eles. Certamente você será capaz de encontrar uma serra de esquadria capaz de te atender, sem com isso estourar o seu orçamento!

Agora você já sabe como escolher a melhor serra de esquadria!

Acima nós te apresentamos incríveis modelos de serra de esquadria para você escolher a melhor, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher a sua. Ou seja, sempre que você precisar realizar cortes precisos, e em ângulos diferentes, em algum material, basta adquirir uma boa serra de esquadria para te ajudar com isso!

Pensando em adquirir algum dos modelos citados acima, ou então até mesmo já possui algum destes? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!