Melhores Ferramentas Para Eletricistas

Para todos os eletricistas de plantão, é imprescindível terem sempre as melhores ferramentas em mãos para qualquer que seja o trabalho!

Assim sendo, foi pensando em vocês que nós separamos abaixo uma lista com as melhores ferramentas para eletricistas que você irá encontrar. Você poderá conferir quais são essas ferramentas, para que elas servem e um link de compra para as melhores entre elas. Ou seja, para os eletricistas que vieram até aqui, esse artigo das melhores ferramentas é super importante!

Sem mais delongas, vamos então as melhores ferramentas para eletricistas!

Quais são as melhores ferramentas para eletricistas?

Quais as melhores ferramentas para eletricistas?

A seguir nós separamos todas as ferramentas que são utilizadas por eletricistas, então confere só!

1 – Multímetro

O principal objetivo do multímetro é medir grandezas elétricas, o que é justamente algo que um eletricista necessita. Com um multímetro em mãos você será capaz de realizar medições de corrente elétrica do local em que você esteja trabalhando, verificar dados tais como resistência e continuidade, além de também poder conferir determinado circuito está descarregado ou não. Já deu pra ver que ele é bem importante, não é mesmo?

E aqui você pode utilizá-lo tanto residencialmente, como por exemplo para conferir a corrente elétrica de um Notebook ou a bateria de um carro, e também como uso profissional, principalmente para empresas que trabalhem com eletrônicos. Assim sendo, o multímetro é uma das ferramentas que não pode faltar no kit dos eletricistas. Abaixo nós separamos um excelente modelo de multímetro para você:

Multímetro Digital ET -1100A

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Com ele você pode realizar medições de tensão tanto AC quanto DC, e de até 600 V
  • Possível realizar testes de continuidade, resistência, diodo, transistor e de corrente DC
  • Sua precisão básica é de 0,5%
  • Apresenta função Data Hold, lhe permitindo congelar a leitura atual no Display
  • Possui indicador de bateria baixa
  • Acompanha pontas de prova, bateria e manual de instruções
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Com este multímetro você pode realizar diversas medições tais como tensão DC e AC, resistência, corrente DC, transistor, teste de continuidade e diodo. Além disso, a função Data Hold congela a sua última leitura no Display para lhe ajudar, há também um indicador de bateria baixa e sua temperatura de operação varia de 0ºC a 40 ºC.

2 – Amperímetro

O amperímetro é similar ao multímetro, pois ele também mede correntes elétricas, porém sua função principal aqui é medir a intensidade de correntes elétricas. Mas não apenas isso, com um amperímetro você também pode medir quedas de tensão!

Mas, para não restar dúvidas entre a função do multímetro e do amperímetro:

  • Para medir correntes altas → Amperímetro;
  • Para medir correntes pequenas → Multímetro.

Ou seja, tanto o multímetro quanto o amperímetro são ferramentas que não podem faltar para os eletricistas. Abaixo nós separamos um excelente modelo de amperímetro para você:

Alicate Amperímetro Hikari Ha 3320

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Possui a tecnologia True RMS
  • É possível realizar testes de tensão, corrente contínua e alternada, resistência, capacitância, frequência, temperatura, NCV, diodo e continuidade
  • Tela LCD iluminada
  • Congelamento de leitura
  • Desligamento automático
  • Indicador de bateria baixa
  • Modo relativo
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

A tecnologia True RMS deste amperímetro permite leituras precisas em sistemas elétricos que possuam cargas não-lineares, como por exemplo em computadores. Realiza também testes de corrente alternada e contínua (limite máximo de 400 A), de tensão (limite máximo de 600 V), resistência, capacitância, temperatura, NCV, frequência, diodo e continuidade, ou seja, todos os principais testes de que você irá necessitar.

Além disso, a tela de LCD iluminada com congelamento de leitura é de grande ajuda, bem como seu indicador de bateria baixa, bateria essa de 9 V.

3 – Alicate de crimpar

Nós chamamos de “crimpar” quando realizamos a junção de dois pedaços de algum material, mais comumente utilizado para metais. Ou seja, o alicate de crimpar tem como função fixar um fio ou cabo em um terminal elétrico. Mas essa não é a única função que faz ele uma das ferramentas indispensáveis para eletricistas.

Com o alicate de crimpar você também pode cortar, desencapar ou “esmagar” os cabos de rede, de força e dependendo até mesmo a fiação elétrica. Porém é importante você ter já em mente com qual dos cabos você irá trabalhar (de rede, de força, coaxiais, etc) para que então possa comprar um alicate de crimpar específico para aqueles cabos.

Abaixo nós separamos um modelo de alicate de crimpar para você:

Alicate para Crimpar HIKARI HK-305

Pros
  • Modelo para uso profissional
  • Cabo ergonômico e antideslizante
  • Trata-se de um modelo versátil, o qual engloba uma grande variedade de conectores
  • Realiza testes de cabos remoto e também com luzes de LED indicadoras
  • Possui tecla de teste de Debug
Contras
  • Não possui desencapador de fios

Este modelo lhe permite uma grande variedade nos testes que você pode realizar, sendo eles com cabos de 4, 6 e 8 conectores, bem como com cabos RJ11, RJ12, RJ45, CAT3, CAT5 e CAT6. E, caso você queira testar cabos de rede, basta plugar 2 conectores no alicate, apertar a tecla Test e pronto!

Além disso, você ainda tem a possibilidade de remover um encaixe de teste, para que consiga trabalhar melhor com cabos longos!

4 – Alicate de pressão

Pode até não parecer, mas o alicate de pressão também está entre as ferramentas que os eletricistas devem ter em mãos!

A função de um alicate de pressão não é inédita para ninguém, sendo que o mais comum é utilizá-lo para pressionar peças e superfícies, porém também pode ser utilizado para crimpar terminais. Mesmo não sendo tão comum assim para eletricistas, ainda assim trata-se de uma ferramenta que você poderá acabar necessitando em seu dia-a-dia.

Confira um bom modelo de alicate de pressão para você ter sempre em mãos:

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Modelo em aço cromo vanádio
  • Possui uma alavanca de rápida liberação
  • Suas mandíbulas são curvas, e com 4 pontos de contato
  • Modelo ergonômico e com cabo emborrachado
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

O tamanho deste alicate é de 10″ e, além de ser um modelo ergonômico e com cabo emborrachado, é constituído de aço cromo vanádio. Além disso, ele apresenta mandíbulas curvas com 4 pontos de contato e uma alavanca de rápida liberação.

Suas dimensões (C x L x A) são de 30 x 11 x 3 cm, e um peso total de 300 gramas.

5 – Jogo de chaves combinadas

Sempre que surgir a necessidade de apertar ou afrouxar parafusos e porcas, você somente conseguirá fazer isso caso tenha as chaves específicas em mãos, e é exatamente por isso que um jogo de chaves combinadas pode lhe ser útil!

Basicamente falando, há uma chave para cada tipo de situação, então estar sempre preparado é importante. Mesmo para eletricistas, as chaves combinadas são ferramentas que poderão ajudar em diversas situações. Abaixo nós separamos o melhor jogo para você ter sempre consigo:

Jogo de Chaves Combinadas Tramontina

Pros
  • Modelo completo, com um total de 17 chaves combinadas
  • Todas as chaves são feitas em aço especial e temperado
  • Todas as chaves possuem um acabamento cromado, com pescoço longo e boca estrela
  • O teste de dureza foi realizado, de modo a garantir sua máxima resistência
  • Acompanha uma embalagem plástica para guardar as chaves
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Esse jogo de chaves combinadas da Tramontina é um dos mais completos que você irá encontrar, com um total de 17 chaves de altíssima qualidade. Todas as chaves desse jogo são feitas em um aço especial e temperado, com acabamento cromado, pescoço longo e boca estrela, todas elas passaram em testes de dureza que atesta sua resistência elevada para o uso contínuo.

Neste kit você encontra chaves de número 6 a 22.

6 – Detector de tensão

Outra importante ferramenta para eletricistas é o detector de tensão, o qual o próprio nome já entrega seu objetivo.

Basta que você encoste a ponta do detector de tensão em alguma tomada, cabo ou terminal, e caso a luzinha acenda, ou ele emita algum sinal sonoro, isso indica que há tensão naquele local que você está analisando. Isso é bastante útil, pois assim você consegue encontrar todos circuitos com tensão, seja na sua casa ou então no seu local de trabalho.

Confere só o modelo de detector de tensão que nós trouxemos à você:

Pros
  • Bom custo-benefício
  • Atua em uma faixa de tensão de 90 V a 1000 V
  • Indica a presença de tensão através de sinal sonoro e luz LED vermelha
  • Este modelo atua numa faixa de temperatura de -10º a 50ºC, e em uma altitude máxima de até 3000 metros
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Um dos grandes diferenciais deste modelo reside na facilidade que você tem para utilizá-lo. Com ele você é capaz de identificar tensões em uma faixa de 90 a 1000 V, sendo sinalizado pela luz LED ou pelo sinal sonoro. Ele atua em uma faixa de temperatura de -10º até 50ºC, e em uma altitude máxima de 3000 metros.

7 – Localizador de circuitos elétricos

Muitas vezes você não será capaz de encontrar com precisão todos os circuitos elétricos de uma residência, e é exatamente por isso que um localizador lhe será útil!

A função do localizador é identificar circuitos e te avisar imediatamente sobre eles. Com ele você encontra conexões abertas, curtos-circuitos, fugas de corrente, fios quebrados e pode também rastrear fios. Elimine suposições saiba a direção específica de seus circuitos! Abaixo nós separamos um bom modelo de localizador de circuitos elétricos para você:

Localizador Scanner Circuito Elétrico AllSun

Pros
  • Bom modelo para uso profissional
  • Detecta e lhe avisa de imediato sempre que encontra circuitos em aberto
  • Faixa ampla de tensão de trabalho
  • Localiza curtos-circuitos rapidamente
  • Funciona em todos os circuitos com tensão entre 6 a 42 V
  • Acompanham este modelos cabos/fios
Contras
  • Bateria não inclusa
  • O manual de instruções está em inglês

Não há tantos modelos de localizador de circuito elétrico no mercado nacional, sendo este um dos poucos (e efetivos) que você irá encontrar. Este modelo lhe ajuda a detectar quaisquer circuitos que estejam em abertos, circuitos esses que atuem em uma tensão entre 6 a 42 V. Você ainda pode utilizá-la não apenas para residências, mas também para automóveis tais como carros, caminhões, barcos, tratores, etc.

8 – Câmera Termográfica

A câmera termográfica não é uma das principais ferramentas para os eletricistas, mas ainda assim há momentos em que ela pode ser bastante útil!

Sua função é encontrar áreas de calor que um objeto possa emitir, não apenas calor, mas também temperaturas que sejam abaixo de zero. Com ela você pode conseguir imagens em infravermelho de determinados locais, e suas aplicações são vastas. Para se ter uma noção, você pode utilizá-la para encontrar tubulações atrás de uma parede, evitando assim atingi-las quando for perfurar tal parede. Poder encontrar o local de tubulações elétricas é algo bastante útil para eletricistas.

Assim sendo, você pode conferir abaixo um bom modelo de câmera termográfica, a qual poderá lhe ajudar em seu trabalho:

Câmera Térmica Portátil com Wi-Fi FLIR C3

Pros
  • Modelo portátil
  • Ideal para a inspeção em edificações
  • Possível transferir via Wi-Fi todas as imagens geradas por esta câmera
  • Possui a tecnologia MSG para aprimoramento de imagens
  • Através do aplicativo FLIR Tools Mobile você pode conectá-la diretamente com seu smartphone ou tablet
Contras
  • Fique atento para sua faixa de medição de temperatura, pois ela não é muito ampla

Um dos principais atrativos deste modelo é sua portabilidade, pois você pode levá-la no seu bolso. Com ela é possível verificar aquecimentos, manutenções e reparos elétricos, além disso, todas as imagens geradas podem ser enviadas por W-Fi.

A tecnologia MSX de aprimoramento de imagem é exclusiva desta câmera, e o aplicativo FLIR Tools Mobile é extremamente útil para imprimir mais agilidade a todo o processo. Sua faixa de medição de temperatura é de -10 ºC a 150 ºC, tendo uma precisão de +/- 2 ºC.

9 – Ferro de solda

O ferro de sonda também entra na nossa lista de melhores ferramentas para eletricistas!

O ferro de solda tem a função de soldar, ou seja, unir dois objetos metálicos de maneira permanente. A ponta do ferro de solda será esquentada em temperaturas altíssimas, e com isso utilizado para derreter determinado fio de solda, gerando assim uma “cola”, a qual será usada para unir/soldar dois componentes.

Ele é bastante utilizado para a soldagem de placas e circuitos eletrônicos, sendo também bastante utilizado por eletricistas, dependendo do trabalho que forem executar. Abaixo nós separamos um bom modelo de ferro de solda para você ter sempre em mãos:

Ferro de Soldar Profissional Hikari

Pros
  • Modelo perfeito para trabalhos pesados
  • Potência elevada
  • Aquecimento rápido
  • Possui filamento níquel-cromo e resistência de cerâmica
  • Sua ponta é de núcleo de cobre, com revestimento cerâmico e uma cobertura de ferro
Contras
  • Por possuir uma potência elevada, esse modelo não deve ser usado em componentes delicados

Este modelo é ideal para trabalhos mais pesados, apresentando uma potência elevada de 265 W, e sendo capaz de atingir temperaturas de 540 ºC. Sua potência, aliada a sua temperatura elevada, fazem desse modelo o ideal para soldar componentes robustos, como por exemplo fios de bitola com até 10 mm.

Mas cuidado, pois devido a sua potência elevada, esse modelo não deve ser utilizado para componentes delicados!

10 – Furadeira

Dentre todas as ferramentas para eletricistas, certamente a furadeira é uma que você não esperava encontrar nessa lista, não é mesmo? Pois saiba que, dependendo do tipo de trabalho que você for desempenhar, ter uma furadeira poderá ser de grande ajuda!

E aqui não precisa ser um modelo robusto, e nem uma furadeira de impacto, basta um modelo menorzinho e que possa lhe ajudar a furar uma parede quando você precisar. Mas só cuidado para não acabar furando bem em cima de uma fiação!

Abaixo nós separamos um modelo mais simples de furadeira, a qual pode ajudar os eletricistas de plantão!

Furadeira de Impacto Makita Mhp 1640

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Seja para trabalhos leves ou mais pesados, ela aguenta o tranco
  • Apresenta um design ergonômico
  • Possui velocidade variável e uma função de reversão
  • Isolamento duplo
  • Boa para concreto
Contras
  • Não acompanha nenhum acessório extra

Esse modelo é um daqueles que poderá lhe ajudar tanto em trabalhos mais leves quanto mais pesados, apresentando uma potência de 760 W e uma velocidade de 0 – 2.800 RPM. Além disso, o design ergonômico ajuda bastante em sua utilização, bem como seu isolamento duplo e sua função de reversão.

E quanto a sua capacidade de perfuração, têm-se:

  • Aço → 13 mm
  • Concreto → 16 mm
  • Madeira → 30 mm

11 – Canivete

Dentre todas as ferramentas, o canivete é a mais ampla, sendo considerado a “curinga”, e servindo muito bem para eletricistas!

Há modelos específicos de canivete, aqueles cujo foco é a lâmina, e os famosos “canivetes suíços”, que contam com dezenas de funções extras. Como aqui o foco é em um canivete para eletricistas, vamos focar no canivete suíço, pois ele lhe garante uma maior gama de possibilidades dependendo do tipo de trabalho que você tiver pela frente!

Abaixo nós separamos um bom canivete suíço que pode te ajudar de diversas maneiras:

Canivete Victorinox

Pros
  • Bom custo-benefício
  • Marca Victorinox, referência quando o assunto é canivete
  • Você pode encontrá-lo nas cores branco, preto e prata translúcido
  • Ao todo são 12 funções para você utilizar
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Victorinox é uma marca tida como referência em canivetes, então esse por si só já configura como de alta qualidade. Além disso, com relação as suas funções, ao todo são 12, as quais podem lhe ser úteis dependendo do tipo de trabalho que você tiver pela frente. Confere então quais são todas estas funções:

  • Lâmina pequena e grende;
  • Abridor de latas;
  • Chave de fenda de 3 e de 6 mm;
  • Desencapador de fios;
  • Abridor de garrafas;
  • Pinça;
  • Perfurador;
  • Argola;
  • Palito;
  • Saca-rolhas.

São várias as funções, e mesmo que algumas delas pareçam ser dispensáveis, nunca se sabe quando você irá precisar, então é sempre bom tê-las a mão!

12 – Cinto de ferramentas

E por último, nós temos o cinto de ferramentas, pois os eletricistas precisam de um lugar para guardar suas ferramentas!

Um cinto de ferramentas, como o próprio nome já sugere, nada mais é do que um cinto específico para você carregar sempre consigo todas as suas ferramentas. Dependendo do local onde você irá trabalhar, como por exemplo em lugares apertados ou em alturas, é importante ter um cinto de ferramentas, pois ele irá lhe ajudar bastante aqui.

Assim sendo, ao invés de guardar ferramentas no bolso da calça, ou ficar voltando para pegar aquela ferramenta que você precisa, você pode ter todas elas com você, torando seu trabalho ainda mais ágil!

Confere então o melhor cinto de ferramentas para você:

Cinturão para Ferramentas Stanley

Pros
  • Modelo para uso profissional
  • Apresenta um total de 9 bolsos para que você possa guardar todas as suas ferramentas
  • Confeccionado em tecido denier super resistente
  • Design confortável e ergonômico
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Este cinto para ferramentas é ideal para todos os eletricistas, sendo ao todo 9 bolsos para guardar todas as suas ferramentas e tornar seu trabalho mais fácil. As dimensões (C x L x A) deste modelo são de 60 x 7,5 x 2 cm, com um peso total de 680 gramas.

Agora você já conhece as principais ferramentas para eletricistas!

Acima nós realizamos uma rápida análise das principais ferramentas que os eletricistas utilizam, bem como lhe mostramos um ótimo modelo de cada uma dessas ferramentas para que você possa adquiri-la. Assim sendo, caso você seja um eletricista (com experiência no mercado ou em formação), já pode ir separando alguns dos modelos apresentados acima para comprá-los. É sempre bom ter uma ferramenta extra em mãos, afinal de contas, nunca se sabe quando você irá precisar dela!

Mas e quanto a você, já possui todas essas ferramentas que nós citamos acima? Ou então acha que estamos esquecendo justamente daquela ferramenta mais importante de todas? Pois então conta isso pra gente nos comentários abaixo!