Qual A Melhor Lixadeira Para Parede?

Nós já mostramos antes a melhor lixadeira para madeira, vamos agora então na melhor lixadeira para parede!

Quem trabalha na área da construção civil sabe o quanto o acabamento é importante, principalmente nas paredes. Ou seja, contar com uma boa lixadeira para parede é essencial para que tudo saia conforme o esperado.

Assim sendo, aqui nesse artigo nós iremos te apresentar incríveis modelos de lixadeira para parede, de modo que você possa selecionar a melhor. Além disso, nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher a sua!

Então, se você quer logo ter em mãos a melhor lixadeira possível para dar o acabamento naquela parede, é só continuar aqui com a gente!

Qual a melhor lixadeira para parede?

Para respondermos a essa pergunta, abaixo nós separamos alguns incríveis modelos de lixadeira para parede, de modo que você selecione a melhor, então confere só!

Lixadeira de Parede MENEGOTTI – O Modelo Mais Baratinho!

Pros
  • Modelo barato
  • Velocidade variável de 1.200 – 2.300 RPM
  • Sistema de fixação das lixas com velcro
  • Proteção removível da lixa
  • Sistema de molas para melhor ergonomia
  • Cabo emborrachada para melhor ergonomia
  • Não gera trepidações
  • Lanterna em LED
  • 6 espessuras de lixa
  • Acompanham este modelo 2 adaptadores de 35 mm e 57 mm, 1 mangueira corrugada flexível de 2 metros para o aspirador, 1 par de escovas de carvão, 1 saco para  armazenar pó, 1 chave Allen e 6 lixas de gramatura 150, 180 e 240 (duas de cada)
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Comecemos nossa lista com o modelo mais baratinho, mas que ao mesmo tempo não irá te deixar na mão!

Este modelo apresenta uma potência de 800 W, bem como uma velocidade máxima variável de 1.200 – 2.300 RPM e um diâmetro de lixa de 190 mm. Conta ainda com um sistema de fixação das lixas com velcro, proteção removível da lixa, sistema de molas para uma melhor ergonomia, lanterna em LED, possui 6 espessuras de lixa.

Acompanham este modelo 2 adaptadores de 35 mm e 57 mm, 1 mangueira corrugada flexível de 2 metros para o aspirador, 1 par de escovas de carvão, 1 saco para  armazenar pó, 1 chave Allen e 6 lixas de gramatura 150, 180 e 240 (duas de cada).

Lixadeira De Parede Com Led Vonder – Foco Na Ergonomia!

Pros
  • Modelo ergonômico
  • Velocidade variável de 1.500 – 2.700 RPM
  • Peso e tamanho reduzidos
  • Alça e cabo de apoio emborrachados
  • Motor com dupla isolação
  • Aba da capa de proteção removível
  • Luzes de LED
  • Acompanham este modelo 1 mangueira flexível, 1 saco de aspiração e 7 lixas (nos grãos de 60, 80, 100, 120, 150, 180 e 240)
Contras
  • Atenção ao fato deste modelo ser de 220 V, e não de 127 V

Quer um modelo que seja focado exclusivamente em sua ergonomia? Pois então este é o ideal!

Este modelo apresenta uma p0otência de 750 W, bem como uma velocidade variável de 1.500 – 2.700 RPM e um diâmetro de lixa de 180 mm. Este modelo conta com um motor com dupla isolação, a aba da capa de proteção pode ser removida, luzes de LED para melhor iluminação da área de trabalho, peso e tamanho são reduzidos e ambas a alça e o cabo de apoio são emborrachadas, focando na ergonomia do operador.

Acompanham este modelo 1 mangueira flexível, 1 saco de aspiração e 7 lixas (nos grãos de 60, 80, 100, 120, 150, 180 e 240).

Lixadeira de Parede Lynus LPL-850 – Foco Na Potência!

Pros
  • Modelo com potência de 850 W
  • Velocidade variável de 1.000 – 2.600 RPM
  • Design ergonômico
  • Sistema de auto sucção
  • Luzes de LED
  • Acompanha um saco coletor de poeira
Contras
  • Não encontramos informações relativas a itens extras que acompanham este modelo

Mas, se tudo o que você deseja é um modelo potente, então acabou de encontrá-lo!

Este modelo apresenta uma incrível potência de 850 W, bem como uma velocidade variável de 1.000 – 2.600 RPM e um diâmetro de lixa de 225 mm. Além disso, este modelo conta com um design ergonômico, um sistema de auto sucção para extrair a poeira da superfície, um saco recolhedor de poeira, e luzes de LED para clarear a área de trabalho.

Lixadeira de Parede Roto Orbital Stanley – A Campeã!

Pros
  • Modelo campeão
  • Velocidade variável de 600 – 1.800 RPM
  • Gatilho deslizante no punho para o uso contínuo
  • Alça dobrável
  • Mangueira flexível e macia
  • Punhos com superfícies de agarre emborrachada e antideslizante
  • Luzes de LED
  • Encaixe para mangueira do aspirador
  • Acompanham este modelo adaptadores com encaixe universal, extensão, chave Allen, 6 lixas de 9″ e uma bolsa para guardar todo o conjunto
Contras
  • Modelo mais caro da categoria

E aqui nós temos o nosso modelo campeão da categoria!

Este modelo conta com uma potência de 720 W, bem como uma velocidade variável de 600 – 1.800 RPM e um diâmetro de lixa de 230 mm. Este modelo conta ainda com um gatilho deslizante no punho para o uso contínuo, uma alça dobrável, mangueira flexível e macia, punhos com superfícies de agarre emborrachada e antideslizante, luzes de LED, encaixe para mangueira do aspirador.

Acompanham este modelo adaptadores com encaixe universal, extensão, chave Allen, 6 lixas de 9″ e uma bolsa para guardar todo o conjunto.

 Para que serve uma lixadeira de parede?

Para que serve uma lixadeira para parede?

Acima nós lhe apresentamos vários modelos de lixadeira de parede, mas você sabe dizer para que ela serve?

Sim, a lixadeira de parede serve para lixar a parede, mas nós podemos ser um pouquinho mais específicos do que isso. A ideia aqui é nivelar as paredes, eliminando irregularidades de modo que fique aquela textura uniforme, para então você chegar com a pintura.

Claro, você pode fazer todo o processo manualmente, mas a ideia da lixadeira é justamente fazer tudo mais rápido e com o mínimo de esforço. Para isso ela contém um motor rotativo, fazendo o disco de lixa girar em alta velocidade, fazendo com que todo o processo manual se torne totalmente ultrapassado.

Além disso, a maioria dos modelos apresenta um sistema de aspiração de resíduos, com um saco coletor, o que ajuda bastante a manter o local de trabalho limpo quando você tiver terminado com tudo.

Lixadeira, esmerilhadeira ou politriz?

Aqui neste artigo nós estamos focando na lixadeira, mas você provavelmente já ouviu falar na esmerilhadeira e na politriz, não é mesmo? Apesar de similares, elas possuem diferenças importantes, confira abaixo quais são!

Começando pelas lixadeiras, a função principal delas é de lixar os materiais, ou neste caso, a parede. Lixadeiras possuem uma velocidade relativamente baixa, com no máximo 5.000 RPM, além de apresentar um torque de força média.

Em seguida nós temos a esmerilhadeira, cujo objetivo principal é desbastar, esmerilhar. Sua velocidade é bem superior a de uma lixadeira, variando entre 8.500 – 10.000 RPM. Ela é bastante utilizada em estruturas metálicas, para poder esmerilhar as rebarbas de solda.

E por fim nós temos a politriz, usada para polir as peças. Dentre as três, ela é a que possua a menor velocidade.

Viu só como, apesar de parecidas, elas possuem empregabilidades diferentes? Pois agora você já consegue definir bem qual delas você realmente precisa para o seu trabalho, evitando erros futuros por más aplicações!

Quais os tipos de lixadeira de parede?

São vários os tipos de lixadeira que existem mas, quando falamos especificamente para parede, há três tipos que se destacam dos demais: de gesso, orbital e telescópica. Abaixo nós separamos cada um destes, de modo que você possa entendê-los melhor e definir qual deles é o melhor para o tipo de trabalho que você for executar.

Começando pela lixadeira de gesso, como o próprio nome indica, ela é indicada para paredes que tenham sido feitas em placas de gesso, ou então para acabamentos em Drywall. Ela também pode ser utilizada para lixar superfícies grandes, tais como em paredes e no teto.

Quando falamos em paredes de alvenaria, a lixadeira orbital é a escolha certa aqui. Ela geralmente é menor e mais compacta, o que é ideal para utilizá-la em locais apertados e pequenos, tais como em cantos e degraus.

Já a lixadeira telescópica, que também pode ser chamada de “girafa”, é bastante utilizada para lixar paredes, tetos e também solos. A grande vantagem deste modelo é o seu cabo comprido, tornando possível estender a distância até locais mais altos ou então de difícil acesso, tal como em tetos, mesaninos e beirais.

E então, agora que você já tem uma ideia de cada um dos tipos, já sabe dizer qual é a que você procura?

Dá pra remover chapisco com a lixadeira de parede?

Você provavelmente já viu um muro chapiscado alguma vez, pois trata-se de uma técnica bastante comum. Quando os muros estão com pequenas protuberâncias por toda sua extensão (assemelhando-se a um chocolate Chokito), é quando o chapisco está presente.

Atualmente o chapisco está saindo de moda, sendo as parede lisas uma maior tendência. Ou seja, locais que antes possuíam o chapisco agora estão sendo “alisados”, o que torna válida a pergunta se a lixadeira de parede é capaz de remover o chapisco, e a reposta é que sim, ela consegue!

Para tal basta ter em mãos a lixadeira para parede e o disco correto para isso, e em questão de pouco tempo você conseguirá se livrar de todo o chapisco, deixando sua parede lisinha e bem mais atrativa.

Mas atenção, usar uma lixadeira de parede por si só já é um processo que gera bastante poeira, usá-la em uma parede chapiscada então irá gerar uma quantidade bem maior de poeira do que o normal. O melhor mesmo é usar uma lixadeira que possua um sistema de aspiração de pó, assim você evita bastante sujeira.

Lixadeira de parede ou lixadeira de teto?

Lixadeira para parede ou lixadeira para teto?

Lixadeira de parede ou lixadeira de teto? Você sabe dizer se é tudo a mesma coisa, ou se há alguma diferença entre ambas?

Basicamente falando, a aplicação de ambas é igual, o que muda mesmo são os ângulos que cada modelo lhe permite, o que acaba facilitando bastante caso seu objetivo seja o de alcançar o teto. Então, a dica aqui é optar pelo modelo de lixadeira telescópica, pois assim você consegue utilizá-la tanto nas paredes quanto no teto, e devido ao seu longo tamanho nem será necessário subir em banquinhos ou escadas para alcançar o tato!

Como usar sua lixadeira de parede

Usar a lixadeira não há qualquer tipo de mistério sendo que, na verdade, trata-se de um processo extremamente simples e fácil de ser feito. Mas para te mostrar o quão fácil é, nós separamos um pequeno passo a passo abaixo, confira!

  1. O primeiro passo é ligar sua lixadeira, no caso de um modelo elétrico certifique-se de haver tomadas por perto, e sempre confira a voltagem correta;
  2. Agora é só selecionar o disco adequado para o trabalho que você for desempenhar e encaixá-lo em sua lixadeira. Aqui é importante ressaltarmos que o tipo de encaixe varia sempre de modelo para modelo de lixadeira, sendo que há modelos com furos e presilhas, outros em que a fixação é feita através de parafusos na base e até mesmo aqueles em que as lixas são postas com a ajuda do velcro. Importante também lembrarmos que há uma gramatura específica de disco para cada tipo de superfície, outro fator que você deve ficar atento;
  3. Feito tudo isso, agora só ligar a lixadeira e começar a contorná-la pela parede. A dica é começar com uma velocidade baixa e ir aumentando-a progressivamente, até atingir o nível esperado.

Viu só como é fácil utilizar uma lixadeira de parede?

Dicas de como escolher a melhor lixadeira para parede!

Qual a melhor lixadeira para parede?

Acima nós lhe mostramos incríveis modelos de lixadeira de parede, mas como você pode definir qual delas é a melhor? Pois para te ajudarmos com isso nós separamos abaixo todos os fatores que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu modelo!

1 – Gesso, orbital ou telescópica?

A primeira coisa que você deve começar fazendo é definir por qual tipo de lixadeira de parede é a melhor para você, gesso, orbital ou telescópica?

Nós falamos em um tópico acima a diferença entre cada uma destas, e sobre quando elas são mais indicadas, então a dica é que você releia este tópico acima para conseguir definir qual delas é a melhor para você.

E, uma vez que já tenha claro em mente qual delas você quer, podemos então passar para o próximo item de nossa lista, a potência!

2 – Defina a potência necessária

A potência é um fator importantíssimo e que você deve sempre estar de olho, isso pois, é ela quem irá definir a capacidade de sua lixadeira de remover as irregularidades por toda a parede. Acima nós citamos que você pode sim usar uma lixadeira de parede para remover chapisco, mas, neste caso, será necessário selecionar uma com a potência elevada.

Entretanto, se você pretende adquirir uma lixadeira para um local pequeno, onde não precisará efetuar muito esforço, então uma potência baixa ou média já estará de bom tamanho aqui. Tenha sempre em mente também que, quanto mais potente o motor for, maior também será sua velocidade.

3 – A velocidade também é importante

E já que citamos a velocidade acima, ela é o próximo fator que você deve ficar de olho aqui.

A velocidade em uma lixadeira é medida em Rotações Por Minuto (RPM), ou seja, a quantidade que o seu disco irá girar no período de 1 minuto. Quanto mais rápida for essa velocidade, mais rápido também você poderá finalizar determinado trabalho, entretanto nem por isso é bom pegar modelos com a maior velocidade.

A dica aqui é sempre ir atrás dos modelos que possuam uma velocidade variável. Pois assim você consegue ter um maior controle sobre o trabalho, utilizando uma velocidade baixa quando necessária e ir a aumentando aos poucos.

4 – Qual o tamanho do disco?

Em seguida é importante ficar atento ao tamanho do disco em sua lixadeira. Quanto maior ele for, maior também será a região da parede que você poderá lixar de uma vez só, mas isso não necessariamente é bom sempre. Aqui é importante ter em mente onde você irá utilizar sua lixadeira. Isso pois, se você for usá-la em uma área muito pequena, um disco muito grande apenas irá lhe atrapalhar.

Outra coisa a se atentar com relação aos discos, é a compatibilidade da lixadeira escolhida. Ela é compatível com os discos mais comuns em sua região, ou ela apenas funciona com modelos específicos? É importante saber responder a isso, para não correr o risco de você precisar importar discos sempre que for utilizar sua lixadeira.

5 – O modelo é ergonômico?

Usar uma lixadeira de parede é um trabalho totalmente manual, ou seja, é necessário que o modelo que você for adquirir apresente algum tipo de ergonomia.

A dica aqui é ficar sempre atento as dimensões e ao peso do modelo, bem como se ele apresenta empunhadura e cabo emborrachados, visando uma maior comodidade do operador.

6 – Ele é fácil de ser utilizado?

Aliada a ergonomia, também é necessário que o modelo adquirido seja fácil de se utilizar. É necessário que, antes de fechar negócio, você se atente a alguns fatores que podem comprovar o fácil manuseio do modelo.

A empunhadura deve permitir que você possa manipular o modelo confortavelmente, sem que ele pese demais em apenas um braço. Tenha em conta que, dependendo da área da parede, o processo será demorado, então você não pode se cansar demais aqui.

Neste fator os modelos telescópicos são os mais aconselháveis, pois eles permitem um ajuste personalizável, de modo que você consiga até mesmo mudar o lado da empunhadura, alcançando aqueles lugares de acesso difícil. Não atoa eles são os modelos aconselháveis para usar no teto.

Certifique-se também de que o botão liga-desliga seja fácil de acionar, assim você tem um maior controle sobre a lixadeira, podendo até mesmo evitar acidentes.

7 – A aspiração também é importante

Lixar uma parede é um processo que irá, inevitavelmente, gerar muita poeira, principalmente em uma parede chapiscada. Exatamente por isso é importante que o modelo escolhido tenha algum tipo de sistema para aspiração, ou a possibilidade de conectar um aspirador de pó nele, bem como um saco coletor para isso.

Na hora de escolher o seu modelo sempre se atente para isso, assim você evita de ter de limpar todo o local após terminar de lixar a parede.

8 – Qual a fonte de energia?

Em seguida nós temos a fonte de energia do modelo, a qual pode ser a bateria ou elétrica, que é a mais comum.

Por se tratar de uma lixadeira para parede, o mais aconselhável aqui é que você escolhe modelos elétricos, pois eles são mais potentes, e você sempre terá uma tomada por perto. Mas é importante que você fique atento a detalhes como o comprimento total do fio e a voltagem do modelo.

Conferir se a voltagem é de 220 V ou 127 V é importante para você não danificar sua lixadeira, e nem correr o risco de acidentes.

9 – Sempre confira os extras

Em dúvida entre dois modelos similares? Pois então não deixe de conferir os extras!

Ficar de olho nos itens extras que são oferecidos, tais como saco coletor, lixas, mangueiras flexíveis, bolsas, dentro outros, é importante para te ajudar a tomar sua decisão. Então, sempre que estiver na dúvida entre dois ou mais modelos, dê uma conferida no que mais vem junto!

10 – E claro, o preço deve sempre ser levado em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço deve sempre ser levado em consideração aqui!

De nada adianta ter encontrado a lixadeira ideal se ela simplesmente estoura em muito o seu orçamento, não é mesmo? A dica aqui é simples, defina suas necessidades, bem como o seu orçamento, e se atenha a eles. Certamente você conseguirá encontrar uma lixadeira para parede que te atenda bem, sem com isso estourar o seu orçamento!

Agora você já sabe como escolher a melhor lixadeira de parede!

Acima nós te mostramos incríveis modelos de lixadeira de parede para você escolher a melhor, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher a sua. Então agora você já sabe que, seja para lidar com sua parede ou com o seu teto, é só ir atrás da melhor lixadeira possível e deixar tudo lisinho e bem nivelado, do jeito que você deseja!

Pensando em adquirir algum dos modelos acima, ou então até mesmo já possui algum destes em mãos? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!