Qual O Melhor Amperímetro

Sempre  que a medição de correntes elétricas se torna necessária, ter em mãos o melhor amperímetro possível também se torna necessário.

Assim sendo, foi pensando nisto que nós separamos neste artigo incríveis opções de amperímetro para você escolher o melhor para suas necessidades. Além disso, nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão. Afinal de contas, quando o assunto é correntes elétricas, então todo o cuidado é pouco, o melhor é optar sempre pelas melhores ferramentas!

E se você quer conferir de uma vez por todas qual o melhor amperímetro, então é só continuar aqui com a gente!

Qual o melhor amperímetro?

Abaixo nós separamos algumas incríveis opções de amperímetro, de modo que você possa escolher o melhor, acompanhe!

Alicate Amperímetro Digital EDA 9KE – O Mais Barato!

Pros
  • Modelo mais barato da categoria
  • Bom modelo para uso residencial e trabalhos mais leves
  • Realiza medições de voltagens AC/DC, corrente AC, resistência, teste de diodo e teste de continuidade
  • Modelo pequeno e leve, perfeito para locomoção
  • Acompanha 2 pilhas AA, pontas de prova e um manual
Contras
  • Modelo não recomendado para usos mais intensos

Começamos nossa listinha com o amperímetro mais barato, mas que ao mesmo tempo cumpre sua função!

Com este modelo você pode realizar medições de voltagens AC/DC (de 600 V e 450 V), corrente AC (de 20 A, 200 A e 300 A), resistência (de 200 K Ohms), teste de diodo e também de continuidade. Ele surpreende pelo seu tamanho reduzido de apenas (A x L x C) 15 cm x 3 cm x 6 cm e com um peso de 1 Kg, o que o torna ideal para você levar consigo para todos os lugares.

Além disso, estão inclusos a este item 2 pilhas AA para sua utilização, pontas de prova e um manual. Tudo isto faz deste modelo perfeito para uso residencial.

Alicate amperímetro digital Fluke 302+ – Perfeito Para Uso Residencial!

Pros
  • Ótimo modelo para uso residencial
  • Realiza diversas medições, com excelente precisão
  • Possui classificação de segurança CAT IV 300 V e CAT III 600 V
  • Design ergonômico, de fácil transporte
  • Visor com iluminação de fundo e fácil leitura
  • Acompanha 2 pilhas AA, um manual do usuário e terminais de teste
Contras
  • Modelo não recomendado para usos mais intensos

Mas, se você quer um amperímetro que seja perfeito para o uso residencial, então confere só este modelo!

Com uma garra de 30 mm, este alicate amperímetro atende as suas necessidades cotidianas de manutenção elétrica. Com relação as medições realizadas por este amperímetro tem-se:

  • Corrente CA de 400 A = uma precisão de 1,8% +/- 5
  • Tensão CA de 400 – 600 A = uma precisão de 1,5% +/- 5
  • Tensão CC de 400 – 600 A = uma precisão de 1,5% +/- 5
  • Resistência de 4000 Ω = uma precisão de 1% +/- 5
  • Teste de Continuidade ≤ 70 Ω

Além disso, este modelo apresenta ainda um design ergonômico, que o torna fácil de ser carregado e simples de ser utilizado, e o seu visor possui uma iluminação de fundo, facilitando sua leitura. Acompanham este modelo 2 pilhas AA para sua utilização, um manual do usuário e terminais de teste.

Alicate Amperímetro Hikari Ha 3320 – Excelente Custo-Benefício

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Equipado com tecnologia True RMS, para uma maior precisão na leitura dos sistemas elétricos
  • Realiza testes de corrente contínua e alternada, tensão, capacitância, resistência, temperatura, frequência, NCV, continuidade e diodo
  • Tela LCD com iluminação e barra gráfica
  • Modo relativo
  • Congelamento de leitura e desligamento automático
  • Indicador de bateria baixa no display
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo

Quer um modelo focado no custo-benefício? Então confere só este daqui!

Este modelo conta com o True RMS, que lhe ajuda a ter leituras ainda mais precisas nos sistemas elétricos com cargas não-lineares, tais como em circuitos de computadores. Este modelo realiza testes de corrente contínua e alternada (com limite de 400 A), tensão (com limite de 600 V), capacitância, resistência, temperatura, frequência, NCV, continuidade e diodo, todos os principais testes de que você necessita.

Além disso, ele conta ainda com uma tela LCD com iluminação e barra gráfica, modo relativo, congelamento de leitura e desligamento automático e indicador de bateria baixa no display, este modelo funciona através de uma bateria de 9 V.

Alicate Amperímetro Minipa HDC 3020 – Perfeito Para Uso Profissional!

Pros
  • Ideal Para Uso Profissional
  • Equipado com tecnologia True RMS, para uma maior precisão na leitura dos sistemas elétricos
  • Realiza testes de tensão e corrente AC e DC, diodo, resistência, capacitância, continuidade e temperatura
  • Possui posição específica para tensão alternada em baixa impedância, onde é possível realizar teste de falsa tensão
  • Resiste a quedas de até 2 metros de altura
  • Possui proteção contra respingos de água
  • Indicação de bateria fraca
  • Selo de segurança CAT IV
Contras
  • Preço mais elevado do que o de modelos anteriores

Mas, se o que você quer mesmo é um bom amperímetro para uso profissional, então confere só este modelo!

Este modelo também possui a tecnologia True RMS, para leituras muito mais precisas. Este modelo realiza testes de tensão e corrente AC e DC (de até 600 V e 600 A), diodo, resistência, capacitância, continuidade, temperatura e até mesmo falsa tensão, os principais testes de que você necessita.

Além disso, ele é totalmente seguro, resiste a quedas de até 2 metros de altura, possui proteção contra respingos de água, indicação de bateria fraca e um selo de segurança CAT IV.

O que é um amperímetro?

O que é um amperímetro?

Acima nós te mostramos incríveis modelos de amperímetro, mas você sabe dizer especificamente para que eles servem? Basicamente falando, com o amperímetro você é capaz de medir a intensidade de quaisquer correntes elétricas, com uma vasta opções de intervalos ou categorias. Entretanto, também é possível medir até mesmo quedas de tensão com um amperímetro.

O lado bom é que atualmente a maioria dos modelos são compactos, cabendo no seu bolso mesmo e facilitando sua locomoção de um lugar para outro. Agora você provavelmente deve tá pensando em algo do tipo “Mas no que é que dá pra usar o meu amperímetro?”, pois abaixo nós te ajudamos a responder esta pergunta.

No que dá pra usar o amperímetro?

Antes de mais nada, o amperímetro é a ferramenta aliada de qualquer eletricista, mas seu uso não se atém apenas à eles. Com um amperímetro em mãos você mesmo pode utilizá-lo para medir a bateria do seu próprio veículo, bem como para medir o consumo de energia de qualquer aparelho elétrico que você tenha em casa.

Mas voltando em seu uso profissional, ele é bastante utilizado para se medir a corrente que passa por um cabo. Assim você consegue sempre ficar atento de que a quantidade de energia que passa por um determinado condutor é realmente a ideal, prevenindo curtos-circuitos e falhas elétricas que poderiam ocasionar até mesmo em incêndios graves. Medir tomadas e quadros elétricos é outra de suas várias funções.

Dica: economizando com o amperímetro!

Acima nós falamos que você pode usar o seu amperímetro para medir o consumo de energia de qualquer aparelho elétrico de sua casa, mas por que você faria isso? Para economizar, é claro!

Se você desconfia que determinado aparelho está apresentando um gasto de energia muito maior do que o comum, então usar o amperímetro para verificar se isto é realmente verdade é uma ótima ideia. Além disso, ele também lhe ajuda a identificar o melhor condutor para determinado tipo de circuito, bem como se todas as cargas deste condutor respeitam os limites de segurança.

Saber de tais coisas é importante não apenas para sua segurança, mas também lhe ajuda a economizar na conta de luz. Então, se você acha que sua conta de luz está vindo maior do que o comum, uma boa maneira de tirar a prova é ter um amperímetro em mãos!

Todos os tipos de amperímetro

Apesar do amperímetro digital e do analógico serem os tipos mais comuns, eles não são os únicos que existem. Abaixo nós separamos todos os principais tipos de amperímetro que existem, de modo que você possa conhecê-los e entender qual é o melhor para você, acompanhe!

amperímetro digital é o mais comum, com microprocessadores que os fazem mais precisos e sem erros. Seu ponto fraco é quanto ao seu desgaste, o qual dependendo do nível em que se encontra pode até mesmo comprometer a exatidão das medidas geradas.

Passando então para o amperímetro analógico, estes são os modelos clássicos, com uma bobina e uma agulha que demonstram a medição através de uma escala numérica.

Já o amperímetro eletromecânico é composto de um órgão fixo e um móvel que fica junto de uma agulha. Trata-se de um amperímetro grande, cujos componentes se desgastam bastante e é propenso a erros de leitura.

amperímetro magnetoelétrico funciona através de uma bobina, a qual recebe a corrente e gira através de um determinado eixo.

amperímetro eletromagnético é similar ao modelo anterior, mas aqui ao invés da bobina há um imã se movendo junto a corrente.

Ainda similar ao modelo anterior, o amperímetro de ferro móvel conta com uma barra ferrosa no lugar da bobina e do imã.

Já o amperímetro eletrodinâmico conta com dois imãs, os quais são separados ao receber a corrente, sendo que a medição é causada pela distância entre eles.

Em seguida nós temos o amperímetro térmico, que funciona quando um condutor é aquecido. O lado bom aqui é que ele não é afetado por campos magnéticos, e o lado ruim é que o seu preço é mais caro que os demais amperímetros, bem como o seu consumo de energia.

E por último nós temos as garras amperimétricas, as quais representam os modelos que trouxemos acima. A vantagem aqui é que para realizar as leituras elas não necessitam entrar em contato direto com a fonte da corrente, além disso, elas também podem medir tanto a corrente contínua quanto a alternada.

Amperímetro digital Vs Amperímetro analógico

Apesar de serem vários tipos diferentes de amperímetro, os mais comuns continuam sendo os modelos digitais e analógicos. Assim sendo, vamos fazer abaixo um pequeno comparativo entre ambos, destacando suas vantagens e desvantagens.

Vamos começar pelos modelos analógicos, os quais são basicamente os precursores aqui. Mas, apesar de serem os precursores, os mais baratos e não necessitarem de uma fonte de energia, a realidade é que eles simplesmente se tornaram ultrapassados. Eles não são tão precisos quanto seus rivais, pois contar com uma agulha para o sistema de medição acaba por ocasionar em erros de leitura.

Passando agora para os modelos digitais, mesmo que eles sejam mais caros do que os analógicos e precisem de uma fonte de energia para atuar, ainda assim eles são superiores. Isso pois com eles você consegue uma maior precisão em suas leituras, além de poder realizar as leituras muito mais rapidamente.

Ou seja, nessa briga de digital Vs analógico, o digital sai ganhando!

Qual a diferença de um amperímetro e um multímetro?

Aqui vai outra dúvida bastante comum, você sabe dizer qual a diferença entre um amperímetro e um multímetro?

Na realidade, a diferença aqui reside na corrente que você quer medir, ou seja, mais especificamente no tamanho dessa corrente.

Você quer medir uma corrente muito alta? Então um amperímetro é o melhor! Isso pois os amperímetros podem medir correntes de centenas de amperes, sendo os mais indicados aqui para correntes muito grandes.

Mas o que você deseja mesmo é medir uma corrente muito pequena? Então nesse caso o multímetro já fica sendo a melhor opção! A faixa de atuação de um multímetro costuma ser muito baixa, indo até um limite de 20 A, ou seja, eles definitivamente não são indicados para correntes muito elevadas. Em contrapartida, quando se fala de correntes baixas, eles podem lhe apresentar um nível de precisão que o amperímetro não possui, pois o amperímetro é utilizado especificamente para valores muito elevados.

Ficou claro essa divisão entre multímetro e amperímetro? Pois caso não tenha ficado é só perguntar nos comentários abaixo!

Dicas de como escolher o melhor amperímetro

Como escolher o melhor amperímetro

Acima nós te mostramos incríveis modelos de amperímetro, mas como você pode decidir por qual deles é o melhor? Pois foi pensando justamente em te ajudar com isso que abaixo nós separamos todos os fatores que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão, acompanhe!

1 – Qual será o tipo de amperímetro escolhido?

A primeira coisa que você deve decidir é pelo tipo de amperímetro que irá usar. A dica aqui é dar uma olhadinha no tópico acima em que falamos de todos os tipos de amperímetros que existem, assim você consegue conhecer cada um deles e ver qual deles é o melhor para você.

Dos modelos que trouxemos acima, a maioria são as garras amperimétricas, as quais vem tomando espaço no mercado, e são atualmente o tipo mais aconselhável de se utilizar.

2 – Foque em modelos que apresentem uma maior gama de testes

Quais os testes que você deseja fazer com o seu amperímetro? O modelo que você está cogitando adquirir realiza este teste?

Estas são perguntas importantes que você deve responder, pois há modelos que oferecem uma gama muito maior de possibilidades em comparação a outros. Ou seja, fique sempre atento sempre a tudo que aquele modelo oferece. Abaixo você pode conferir os principais tipos de serviços que um amperímetro pode oferecer:

medição de correntes, tanto alternadas quanto contínuas é a principal função de um amperímetro. Esta é a função que irá lhe permitir medir a corrente elétrica de seus aparelhos elétricos.

Em seguida temos a tensão, outra função comum nos amperímetros, onde você pode realizar a medição da tensão de um determinado equipamento ou de uma tomada.

Já a resistência lhe permite medir a resistência de aparelhos elétricos.

O teste de diodo é para testar semicondutores de diodo, tais como os sistemas de iluminação em LED.

Já com o teste de continuidade você pode verificar se determinada condução ocorre normalmente entre um ponto inicial e seu destino, identificando seu não há defeitos ou falhas no percurso.

Ao medir a frequência você consegue conferir se uma rede elétrica está funcionando na correta frequência.

Já com o teste de temperatura você consegue medir a temperatura de determinado condutor.

São vários os testes que um amperímetro pode desempenhar, e na maioria dos casos você não precisará de todas eles, mas é sempre bom ficar de olho se aquele modelo realiza justamente aquele teste de que você necessita.

3 – Foco total na precisão!

Entretanto, de nada adianta o modelo realizar aquele teste de que você necessita, se ele simplesmente não é preciso. A dica aqui é optar sempre pelo modelo que lhe oferece a maior precisão possível, quanto mais exata for sua medição, melhor será para o trabalho que você for desempenhar.

O normal é que a taxa de precisão seja de 3%, ou seja, a cada 100 amperes a leitura de seu amperímetro pode variar em 3 pontos para cima ou para baixo. Mas claro, essa taxa de precisão varia de modelo para modelo, então vale sempre prestar atenção em qual a taxa de precisão do modelo que você está pensando em adquirir.

4 – Busque por modelos com True RMS

E por falar em taxa de precisão, sempre opte por modelos que sejam equipados com a função True RMS. Este tipo de sistema faz com que suas medições sejam ainda mais precisas. Amperímetros que possuam um sistema True RMS são capaz de medir sinais de tensão alternada com uma precisão maior do que outros sistemas. Também são ideais para fazer a leitura de circuitos com cargas não-lineares, tais como equipamentos eletrônicos e computadores.

Ou seja, a dica é simples, sempre que encontrar um modelo que possua um sistema True RMS opte por ele, mesmo que eles sejam inicialmente mais caros, no final eles valem a pena.

5 – Se atente também para os limites de tensão e de corrente

Mais um fator super importante e que você não pode ignorar é relativo aos limites de tensão e corrente. Para a tensão, a maioria dos modelos suporta um limite por volta de 600 V a 1000 V, já no caso da corrente, foca por volta de 400 A a 1000 A.

Sempre lembre-se de conferir se este limite atende ao que você deseja medir. De nada adianta adquirir um modelo que você deseja se ele não suporta a tensão e a corrente máxima que você vá medir.

6 – A pilha ou a bateria?

O seu amperímetro irá funciona a pilha ou a bateria?

Acima nós trouxemos para você modelos que funcionam a pilhas AA e modelos que funcionam com uma bateria de 9 V. Caso possível, opte por modelos que funcionem a bateria de 9 V, elas apresentam uma carga de 6 vezes a carga de uma pilha AA e lhe dão uma maior autonomia.

Modelos a pilha podem até serem menores, mais portáteis e baratos, mas também fornecem menos corrente.

7 – Quais são os recursos extras oferecidos por este modelo?

Dependendo do modelo que você vá adquirir, ele pode contar com funções extras para ajudar durante seu trabalho.

As funções extras podem ir desde luzes para ajudar no trabalho em locais escuros, proteções contra quedas e contra respingos de água, gerenciamento via aplicativos específicos e até mesmo imagens térmicas para uma análise ainda mais precisa. Vale a pena conferir e até pagar um pouco mais por tais extras, eles realmente ajudam bastante na hora do seu trabalho.

8 – O preço também deve sempre ser levado em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço também deve sempre ser levado em consideração.

De nada adianta você ter encontrado o melhor amperímetro de todos se ele simplesmente estoura o seu orçamento. Então a dica aqui é simples, defina suas necessidades, bem como o seu orçamento, e se atenha a eles. Certamente você conseguirá encontrar um modelo que atenda as suas necessidades sem com isso estourar o seu orçamento.

Agora você já sabe como escolher o melhor amperímetro!

Acima nós te mostramos incríveis modelos de amperímetro para você escolher o melhor, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu modelo. Assim sendo, agora é só você ir atrás do seu amperímetro, seja para utilizá-lo em seu trabalho ou para te ajudar a economizar um pouquinho dentro de casa.

Pensando em adquirir algum dos modelos acima ou então já até mesmo possui um deles? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!