Qual o melhor micrômetro?

São várias as ferramenta de medição que você encontra no mercado, sendo o micrômetro o melhor para medições bem precisas. O micrômetro é bastante utilizado em oficinas mecânicas, bem como por relojoeiros que desejem medir o diâmetro exterior das peças.

Se este é o seu caso, ou se você apenas deseja realizar uma medição com precisão, então veio ao lugar certo. Isso pois, abaixo nós iremos lhe mostrar vários modelos de micrômetro para você escolher o melhor deles. Além disso, nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu!

Então, para medições precisas, na casa de centésimos de milímetros, vem com a gente e escolha o micrômetro ideal para você!

CARACTERÍSTICAPRODUTO

MTX
  • Confeccionado em aço, fases de medição com metal duro
  • Indicado para uso industrial, com medições de alta precisão
Verificar Preço →

MITUTOYO
  • Precisão de ± 0,002 mm
  • Bainha e tambor com acabamento cromado e diâmetro de 18 mm
Verificar Preço →

ZAAS
  • Confeccionado em metal duro, com resistência elevada
  • Modelo digital, com dígitos grandes para fácil leitura
Verificar Preço →

Quantumike MITUTOYO
  • Economia de até 58% no tempo de medição
  • Resistência elevada contra poeira, água e óleo
Verificar Preço →

Três pontas MITUTOYO
  • Revestimento em titânio
  • Três pontas para uma maior exatidão
Verificar Preço →

 

Qual o melhor micrômetro?

Para lhe ajudar a responder essa pergunta nós separamos abaixo alguns modelos de micrômetro para você escolher o melhor, confere só!

Micrômetro Mecânico MTX – O Mais Baratinho

Pros
  • Modelo mais barato de nossa lista
  • Medição de 50 – 75 mm
  • Precisão de ± 0,004
  • Modelo confeccionado em aço, fases de medição com metal duro
  • Indicado para uso industrial, com medições de alta precisão
Contras
  • Se você necessita de uma maior precisão, então há modelos que poderão melhor lhe ajudar com isso

Comecemos nossa lista com o micrômetro mais baratinho, mas que ao mesmo tempo não irá lhe decepcionar!

Este modelo é confeccionado em aço, lembrando a forma de colchetes. Ele apresenta uma catraca, fases de medição com metal duro e ele é mais indicado para uso industrial, ideal para medições de precisão elevada. Além disso, sua escala de medição é de 50 – 75 mm, com uma precisão de ± 0,004.

As dimensões (C x L x A) deste modelo são de 21 x 3 x 10,8 cm, com um peso de 560 gramas.

Micrômetro Externo Mecânico MITUTOYO – Alta Precisão!

Pros
  • Modelo externo com alta precisão
  • Escala de precisão de 0 – 25 mm
  • Graduação de 0,01 mm
  • Precisão de ± 0,002 mm
  • Bainha e tambor com acabamento cromado e diâmetro de 18 mm
  • Arco esmaltado e faces de medição em metal duro e micro lapidadas
  • Acompanha um estojo para armazenamento e transporte
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Já este modelo trata-se de um micrômetro externo com precisão elevada, para as medições mais precisas!

Ele possui uma escala de precisão de 0 – 25 mm, com uma graduação de 0,01 mm e uma precisão de ± 0,002 mm. Além disso, este modelo conta com um design leve, uma bainha e tambor com acabamento cromado e diâmetro de 18 mm, um arco esmaltado e faces de medição em metal duro e micro lapidadas.

As dimensões (C x L x A) deste modelo são de 13,7 x 6,6 x 2,5 cm, e seu peso é de 180 gramas. Este modelo é acompanhado por um estojo para seu armazenamento e transporte.

Micrômetro Externo Digital ZAAS – Ótimo Custo-Benefício

Pros
  • Bom custo-benefício
  • Modelo digital, com dígitos grandes para facilitar a leitura
  • Escala de precisão de 0 – 25 mm
  • Precisão de ± 0,001
  • Modelo confeccionado em metal duro, com resistência elevada
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Mas, se você adora um bom custo-benefício, então confere só este modelo!

Este modelo trata-se de um micrômetro digital, ou seja, o objetivo aqui é facilitar seu trabalho durante as medições. Sua escala de precisão é de 0 – 25 mm, com uma resolução de 0,001 mm e uma precisão de ± 0,001. Além disso, este modelo é confeccionado em metal duro, de resistência elevada, e os dígitos apresentados em sua tela são grandes, de modo a facilitar sua leitura.

As dimensões (C x L x A) deste modelo são de 18 x 9 x 3 cm, e seu peso é de 380 gramas.

Micrômetro Digital Quantumike MITUTOYO – O Melhor Micrômetro Digital!

Pros
  • Excelente modelo digital
  • Escala de precisão de 0 – 25 mm
  • Precisão de ± 0,001
  • Fuso com avanço rápido de 2 mm por cada volta do tambor
  • Mecanismo patenteado para medição constante
  • Resistência elevada contra poeira, água e óleo
  • Economia de até 58% no tempo de medição
Contras
  • Este modelo já é bem caro em relação aos anteriores

E já que começamos a falar dos modelos digitais, este é o melhor que você irá encontrar!Este modelo apresenta uma escala de medição de 0 – 25 mm, uma precisão de  ± 0,001 m, e um fuso com avanço rápido de 2 mm por cada volta do tambor. Seu mecanismo patenteado da catraca lhe garante uma força constante para uma medição, bem como um posicionamento melhor da peça nas faces. Além disso, ele oferece uma economia de até 58% no tempo de medição, e possui resistência elevada contra poeira, água e óleo, o que faz com que seu uso seja aconselhável para áreas de usinagem.

As dimensões (C x L x A) deste modelo são de 19,2 x 10,6 x 3,4 cm, e seu peso é de 265 gramas.

Micrômetro Interno de Três Pontas – O Modelo Ideal Para Medições Internas!

Pros
  • Modelo ideal para medições internas
  • Possui três pontas, o que lhe proporciona uma maior exatidao
  • Escala de medição de 6 – 8 mm
  • Precisão de ± 0,002 mm
  • Tambor e bainha em acabamento cromado
  • Revestimento em titânio
Contras
  • Este é o modelo mais caro de nossa lista

Mas, se seu objetivo é realizar medições internas nas peças, então este é o melhor micrômetro que você poderá encontrar!

Este modelo apresenta uma escala de medição de 6 – 8 mm, bem como uma resolução de 0,001 mm e uma precisão de ± 0,002 mm. Seu tambor possui um acabamento cromado, bem como sua bainha, e revestidos em titânio. Além disso, por ser de três pontas, proporciona uma maior exatidão quando comparado a micrômetros de duas pontas, isso devido aos pinos de medição posicionados a uma distância de 120º. Ao girar a catraca, o “holtest” irá se posicionar no centro do furo e executar uma medição mais fácil e rápida, tudo sem perder a exatidão.

As dimensões (C x L x A) deste modelo são de 15 x 10 x 10 cm, e seu peso é de apenas 60 gramas.

Para que serve um micrômetro?

Para que serve um micrômetro?

Acima nós lhe mostramos vários bons modelos de micrômetro para você escolher o melhor, mas você sabe para que eles servem?

Como dito inicialmente, o micrômetro trata-se de uma ferramenta de medição, porém o que o difere aqui é o seu grau de precisão. Suas medidas são na casa dos milímetros, ou seja, ele é usado para medir peças realmente muito pequenas, e com precisão elevada.

Seu uso mais comum é na engenharia, mecânica e civil, bem como em oficinas mecânicas. Nestas áreas é comum utilizá-lo para tirar medições super precisas, como por exemplo em peças metálicas pequenas, onde é necessário tirar suas medidas com extrema precisão. Para se ter uma ideia, em alguns modelos é possível até mesmo calibrá-los para medições na casa de centésimo de milímetro (0,01 mm), e até mesmo em milésimo de milímetro (0,001 mm), que é chamado de mícron.

As partes de um micrômetro

As partes de um micrômetro

Agora que você já tem uma noção aproximada de para que serve um micrômetro, vamos te ajudar a conhecer a ferramenta como um todo. Abaixo nós separamos as partes que o compõem, para lhe explicar para que cada uma delas serve e como funcionam.

  • Corpo → O corpo do micrômetro é geralmente composto com placas de isolamento térmico, de modo que possa impedir que ele se expanda com o calor, o que, caso ocorresse, atrapalharia uma medição precisa;
  • Batente → Extremidade do micrômetro, a qual sempre fica no mesmo lugar;
  • Bainha → A bainha fica presa no corpo, contendo a escala de medição;
  • Encosto móvel → Barra de metal móvel, mais resistente ao desgaste, com uma extremidade endurecida;
  • Tambor → O tambor se move juntamente ao eixo, contendo uma escala que é gravada até 50;
  • Catraca → Se encontra ao final do micrômetro, e seu intuito é regular a força que você irá utilizar durante sua medição.

Importante também saber que são vários os tipos de micrômetro que existem, e é importante saber diferenciá-los de modo a definir o melhor para você.

Micrômetro digital Vs analógico

A diferenciação entre estes dois micrômetros é bastante simples, sendo que:

O analógico trata-se do modelo tradicional, que funciona através de uma operação mecânica. Este tipo de micrômetro vem perdendo cada vez mais espaço no mercado para os modelos digitais.

E, falando no modelo digital, a principal diferença é o seu visor digital, o qual basta que você aperte um botão para lhe fornecer a medição. Nestes modelos a precisão é maior, pois pelo valor aparecer no visor isso elimina o risco de erro humano na hora da leitura.

Os dois modelos são bons e podem lhe ajudar em sua medição, mas fica óbvio que, caso seja possível, optar pelo digital é a melhor opção.

Micrômetro interno Vs externo

Outra separação que podemos fazer com relação aos micrômetro, é deles serem internos ou externos.

Começando pelo externo, ele é o mais comum a ser utilizado, a maioria dos modelos que apresentamos acima são de micrômetros externos. Ele é realizado para medição de partes externas, como por exemplo em peças pequenas de automóveis.

Já o micrômetro interno é mais recente, porém igualmente importante aqui. Seu uso é para a medição de peças internas, como por exemplo o diâmetro interno de determinadas engrenagens.

Qual dos dois é o melhor? Aqui não tem como definirmos um melhor, pois eles apresentam medições diferentes, internas e externas, dependendo exclusivamente do que você deseja medir.

No que dá pra usar um micrômetro?

Outra dúvida bastante comum é relativa ao no que é possível utilizar um micrômetro. O micrômetro é uma ferramenta de medição, focada em medições de extrema precisão, na casa dos milímetros e até mais precisas do que isso.

Então, basicamente sempre que você necessitar realizar medições nessa precisão o micrômetro poderá lhe ajudar. Mas, dentre suas principais aplicações, é possível destacarmos:

  • Medições feitas em laboratórios;
  • Para a calibragem de máquinas;
  • Em oficinas mecânicas para se ter noção do tamanho de peças;
  • Para analisar joias em joalherias;
  • Na construção civil, para a medição de aços e demais peças;
  • E quaisquer outros serviços que você necessite de medições com precisão.

Como usar um micrômetro

E para usar um micrômetro, e efetivamente realizar sua leitura, também não há qualquer tipo de segredo. Abaixo nós separamos algumas dicas que poderão lhe ajudar na hora de usar o seu micrômetro:

  • Na linha horizontal da bainha você encontra uma escala, escala essa que está graduada em milímetros;
  • Uma volta completa indica que o deslocamento móvel se deu em cerca de 0,5 mm;
  • Já o tambor apresenta uma escala de 50, sendo que cada uma delas representa um centésimo de milímetro (0,01 mm). Aqui a numeração é dada de 5 em 5, de modo que a leitura fique mais fácil de ser feita;
  • E, caso o seu micrômetro seja dos modelos mais precisos, então é comum se deparar com uma escala adicional em centésimos (0,01), ou até mesmo em milésimos (0,001) de milímetros.

Dicas de como escolher o melhor micrômetro

Qual o melhor micrômetro?

Acima nós lhe mostramos vários bons modelos de micrômetro, mas como você pode saber qual deles é o ideal? Pois para te ajudar com isso nós separamos abaixo tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu, acompanhe!

1 – O tipo de medição

Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve definir aqui é quanto ao tipo de medição que você deseja realizar. É importante ter em mente que, dependendo do tipo de medição, é necessário ir atrás do modelo específico para ela.

Tomando como exemplo uma medição em um profundidade, para tal você precisará de um micrômetro que possua uma haste de extensão ajustável. Já para medições de roscas o ideal são micrômetros com hastes furadas, enquanto para tubos e paredes você precisará de hastes móveis com contato em 90º.

Ou seja, tenha primeiramente em mente o tipo de medição, para depois ir atrás do micrômetro ideal para ela.

2 – O tamanho dos objetos que você deseja medir

O próximo passo é definir o tamanho dos objetos que serão medidos. Analisando os modelos acima você deve ter notado que, normalmente, os micrômetros seguem um padrão de 25 em 25 mm. Dependendo do trabalho que você execute, como por exemplo para uma oficina mecânica, pode ser que você necessite de micrômetros em tamanhos variados.

E sim, você pode utilizar um micrômetro de 50 mm para medir peças bem menores do que ele sem maiores problemas. Mas o melhor é optar por micrômetros de medição aproximada ao objeto que você deseje medir, para lhe garantir um maior conforto em seu manuseio.

3 – Digital ou analógico?

Em seguida, você irá escolher por um modelo digital ou analógico? Acima nós já discorremos sobre as diferenças entre ambos, então aconselhamos que você suba a tela e dê uma olhada neste tópico.

Mas, resumidamente falando, nós lhe aconselhamos a optar pelo modelo digital sempre que possível. Isso pois, o micrômetro digital lhe oferece uma maior precisão em sua medição, devido ao fato do valor aparecer para você no visor, e não ocorrer o risco de erro humano durante a leitura.

4 – Qual o sistema de medição utilizado?

A escala de medição mais comum nos micrômetros é o milímetro, mas ainda assim é importante ficar ligado para não acabar adquirindo um modelo que trabalhe em algum outro sistema de medição, como por exemplo em polegadas.

E aqui nós voltamos a indicar o uso de um micrômetro digital, onde este tipo de problema não existe. Em um micrômetro digital você pode alterar entre a escala milimétrica e a em polegadas apenas apertando um botão, deixando tudo mais fácil!

5 – Confira também seu acabamento

O acabamento é outro ponto importante na hora de adquirir seu micrômetro, e que não deve ser desconsiderado. Seu acabamento é quem irá ditar sua resistência e durabilidade, e até mesmo o conforto que você terá ao manuseá-lo.

Aqui a dica é que você opte por modelos que apresentem acabamentos em titânio, hiper resistentes, ou então que ao menos o acabamento seja feito em metal cromado.

6 – De olho na força

A força de medição pode influenciar diretamente na hora da medição, e é preciso ficar atenta com ela.

A dica aqui é simples, basta você optar pelo modelo com a menor força de medição, e com a maior estabilidade, que você puder encontrar, ou seja, aquele modelo que apresente o menor valor de intervalo entre a força máxima e a mínima. Isso fará com que a influência da força de medição sobre sua medição seja minimizada ao máximo!

7 – E claro, o preço deve sempre ser levado em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço é algo que você deve sempre levar em consideração aqui!

Pelos modelos que apresentamos acima você já pôde perceber que o valor de um micrômetro varia bastante, não é mesmo? Com modelos custando menos de R$ 100,00 até modelos que ultrapassam os R$ 2.000,00. Isso faz com que a média de preços seja bastante variada, dependendo mais do tipo de modelo que você deseje adquirir, bem como de para que você deseje utilizá-lo.

Então a dica aqui é simples, saiba definir bem suas necessidades, bem como o seu orçamento, e se atenha a eles. Certamente você será capaz de encontrar um modelo que atenda bem suas necessidades sem com isso estourar o seu orçamento!

Agora você já sabe como escolher o melhor micrômetro para você!

Acima nós lhe apresentamos os melhores modelos de micrômetro para você escolher o seu, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher o seu! Então agora você já sabe que, sempre que precisar realizar medições com extrema precisão, é só ir atrás daquele micrômetro ideal para lhe ajudar, sem nem precisar gastar rios de dinheiro para isso!

Mas e quanto a você, está pensando em adquirir algum dos modelos apresentados acima? Ou então até mesmo já possui algum deles com você? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!