Qual O Melhor Compressor Para Pintura?

Planejando realizar a pintura de algum local? Pois então nada de pincel e rolo em mãos, o melhor mesmo é contar com um compressor de ar para lhe ajudar na pintura!

Então, para ajudar a facilitar sua vida, nós separamos abaixo incríveis modelos de compressor de ar para pintura para você escolher o melhor! Além disso nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher o melhor.

Então, se você quer ter em mãos o melhor compressor de ar para pintura o quanto antes, é só continuar aqui com a gente!

Qual o melhor compressor de ar para pintura?

Para te ajudar a responder essa pergunta nós separamos abaixo incríveis modelos de compressor de ar para pintura, então confere só!

Kit Pistola para Compressor de Ar Vulcan – O Mais Baratinho!

Pros
  • Modelo barato
  • Pistola para pintura com reservatório de 600 ml
  • Pistola para pulverização com bico de aço de 20 cm e reservatório de 900 ml
  • Ideal para pinturas em portões, gradil, móveis e similares
Contras
  • Não recomendado para pinturas mais profissionais

Comecemos então nossa lista com o modelo mais baratinho, mas que ao mesmo tempo cumpre bem o serviço!

Este compressor conta com uma pistola para pintura por gravidade, bem como uma caneca de plástico com reservatório para 600 ml. Além disso, este modelo também apresenta uma pistola para pulverização com um bico de aço de 20 cm e um reservatório com capacidade para 900 ml.

Claro, este compressor de ar também pode ser utilizado para outras aplicações como por exemplo para a calibragem de pneus, mas vamos focar apenas na pintura aqui. Ou seja, é um ótimo modelo para pinturas de portões, gradil, móveis, entre outros.

Pistola Pulverizadora de Pintura Elétrica Com Compressor – Modelo Específico Para A Pintura!

Pros
  • Modelo ideal para pinturas
  • Reservatório com capacidade para até 800 ml
  • Gatilho com controle do jato de tinta para economizar até 50% da tinta
  • Bico tripla ação para pinturas na vertical, horizontal e até mesmo circular
  • Alça de ombro
  • Acompanha 1 compressor, 1 recipiente para líquidos, 1 pistola, 1 mangueira, 1 alça para transporte, 1 funil para diluição e 1 manual de instruções
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Mas se você deseja um modelo que seja específico para a pintura, então confere só este daqui!

Este modelo apresenta uma incrível potência de 650 W, bem como um reservatório com com capacidade para até 800 ml. Este modelo apresenta um gatilho com controle do jato de tinta para economizar até 50% da tinta, um bico de tripla ação para aplicar a tinta verticalmente, horizontalmente ou até mesmo circular, além disso ele ainda conta com uma alça de ombro para liberar suas mãos.

Modelo econômico e ideal para paredes, superfícies irregulares, molduras o o que mais você precisar pintar! Acompanham este modelo 1 compressor, 1 recipiente para líquidos, 1 pistola, 1 mangueira, 1 alça para transporte, 1 funil para diluição e 1 manual de instruções.

Compressor de ar direto Windjet – Excelente Custo-Benefício!

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Pistola de pintura com excelente pulverização e sem totejamentos
  • Modelo bivolt
  • Base de apoio emborrachada
  • O motor não necessita de óleo
  • Motor com protetor térmico para evitar sobreaquecimento
Contras
  • Não encontramos reclamações referentes a este modelo em específico

Este compressor de ar conta com um excelente custo-benefício, ideal para pintura e as mais diversas aplicações!

Este modelo apresenta uma pressão de 46 psi, e conta com uma vazão de até 110 litros de ar por minuto. Sua pistola de pintura apresenta uma excelente pulverização sem gotejamentos, trata-se também de um modelo bivolt, o apoio da base é emborrachado para reduzir suas vibrações, seu motor não necessita de óleo e apresenta um protetor térmico contra sobreaquecimento.

Além de ser ótimo para a pintura de grades, portas, venezianas, fachadas, painéis, eletrodomésticos, artesanatos, etc, este modelo também é bastante útil para inflagem, limpeza e pulverização.

Compressor de Ar Pressure Storm 300 – Para Aplicações Profissionais!

Mas, se o que você deseja mesmo é um modelo robusto específico para aplicações mais profissionais, então este é o que você procura!

Este modelo apresenta uma pressão de 140 psi, bem como uma potência de 2 HP e uma capacidade para até 100 litros, sendo ideal tanto para hobbies quanto para trabalhos profissionais.

Este é o modelo altamente indicado para pinturas domésticas ou profissionais e industriais, como por exemplo para janelas, portões, veículos e até mesmo para áreas muito extensas!

Pros
  • Modelo para aplicações profissionais
  • Pressão de 140 psi
  • Tanque com capacidade para até 100 litros
  • Modelo ideal para pinturas domésticas, profissionais e industriais
Contras
  • Modelo mais caro da lista
  • Caso sua necessidade seja apenas para trabalhos domésticos, então há modelos melhores indicados

 Para que serve um compressor de ar?

Para que serve um Compressor para pintura

Acima nós focamos mais em modelos de compressor de ar que podem efetivamente ser utilizados para a pintura, mas você sabe dizer para que mais eles servem?

Um compressor de ar tem como função primordial “puxar” o ar que se encontra no ambiente, para então comprimi-lo e direcioná-lo a uma determinada aplicação. Sua aplicação mais comum é para o enchimento de pneus, bolas e balões, mas ele também pode ser utilizado para a pintura, limpeza, equipamentos pneumáticos e até mesmo para práticas hospitalares e odontológicas.

Em resumo, optar por um compressor de ar lhe dará funções que vão além do que apenas a pintura, mesmo que inicialmente você busque por modelos que tenham este foco como principal. E, como estamos falando de compressor de ar focado na pintura, vale a pena o compararmos com uma pistola para pintura.

Compressor de ar ou pistola para pintura?

Já a pistola para pintura tem esse nome devido ao seu formato realmente se assemelhar ao de uma pistola, e o seu foco ser de uso exclusivo para a pintura. Certamente se o seu foco é exclusivamente a pintura, então optar por uma pistola para a pintura é uma melhor ideia do que o compressor de ar, que costuma ser mais caro. Mas claro, a vantagem do compressor é que você poderá utilizá-lo para outras aplicações, ao contrário da pistola.

Acima nós lhe apresentamos tanto modelos de pistola quanto de compressor, para que você possa analisá-los e definir qual o melhor para você. Mas claro, independente de qual dos dois você optar, já será uma melhor escolha do que o velho pincel e rodinho de tinta.

Entretanto, se puder escolher entre ambos, nós lhe aconselhamos o compressor a pistola, justamente por sua versatilidade.

Vantagens de se ter um compressor para pintura!

Ter um compressor em casa para serviços domésticos é realmente uma enorme vantagem, pois além da pintura você também consegue realizar diversos outros serviços. Você pode, por exemplo, utilizá-lo para encher colchões, bolas ou o pneu de sua bicicleta, para envernizar, para a limpeza de objetos, para a confecção de peças de artesanato e diversas outras aplicações.

E claro, caso você necessite-o para aplicações mais profissionais, como por exemplo para a pintura profissional, então é só ir atrás de modelos mais específicos. Você encontra facilmente modelos mais profissionais que podem reduzir o tempo de cada trabalho, atendendo a uma maior demanda e consequentemente aumentando o seu faturamento.

Como usar o seu compressor para pintura

Já escolheu o modelo do seu compressor e agora é só botar a mão na massa? Pois então confira nosso pequeno passo a passo abaixo para lhe ajudar com esta tarefa!

  1. Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve fazer é se certificar de que o local da pintura está totalmente limpo, e sem nenhum resíduo presente;
  2. Quer pintar sobre um local que já tenha uma pintura? Pois então antes você terá de lixá-lo! Esse processo é importante para retirar elevações e desníveis que possam vir a atrapalhar o resultado final;
  3. Na hora de pintar sempre lembre-se de utilizar os equipamentos de proteção necessários, tais como óculos, luvas e máscara de proteção;
  4. Antes de já começar a jogar tinta para tudo quanto é lado, leia as instruções do fabricante da tinta e o manual do seu compressor. Caso seja possível, regule sua saída de ar;
  5. Agora é a hora da ação, mas muita atenção para fazer direito! Caso esteja utilizando um compressor de ar, acople a pistola a ele e a mantenha a uma distância de pelos menos 15 cm do compressor;
  6. Certifique-se também de sempre utilizar sua pistola na vertical e paralela a parede.

Viu só como não tem segredo aqui e o passo a passo é bastante simples? Pois basta se atentar a ele que você conseguirá executar a pintura com qualidade!

Dicas de como escolher o melhor compressor para pintura!

Qual o melhor compressor para pintura?

Acima nós lhe mostramos alguns modelos de compressor que podem ser utilizados para pintura, mas como se decidir por algum deles? Pois abaixo nós separamos alguns fatores que você deve levar em consideração e que poderão lhe ajudar com isso, confira!

1 – No que você irá utilizá-lo?

Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve ter em mente é qual será a utilização do seu compressor, e aqui estamos nos referindo se o seu uso será residencial ou profissional. Como o foco deste artigo é em compressores para a pintura, vamos focar também nele aqui, definindo apenas se será apenas para pinturas domésticas ou profissionais.

É importante ter isso em mente de modo que você possa selecionar o modelo perfeito para você, que consiga atender a uma demanda profissional e que não seja muito caro no caso apenas de um uso residencial.

2 – Compressor ou pistola?

Compressor de ar ou pistola para pintura, qual dos dois você pretende adquirir? Nós já falamos sobre essa diferença em um tópico acima, mas basicamente falando, enquanto a pistola tem como função exclusiva a pintura, o compressor já lhe dá uma maior gama de possibilidades além de apenas a pintura.

Claro, a pistola é mais cara, e se você tiver como foco inteiramente a pintura e quiser economizar, então ela é o ideal. Mas, caso queira uma gama de possibilidades um pouco maior, então o melhor será optar pelo compressor de ar.

3 – Qual sua pressão?

O próximo fator que você deve se atentar em um compressor de ar é com relação a sua pressão, pois é ela quem irá ditar o que seu compressor pode ou não fazer.

Aqui a pressão é dada em PSI, e este é fator que você deve ficar de olho. Quanto maior for o PSI de um modelo, mais “complexas” serão as atividades que ele será capaz de realizar. Como estamos focado aqui na pintura, um modelo residencial irá apresentar uma pressão em torno de 40 a 60 psi, o que é o suficiente para pinturas domésticas, as quais são mesmo mais simples. Mas, no caso de pinturas profissionais, então o melhor é sempre ir atrás de pressões maiores, tal como o modelo que apresentamos acima e possui uma pressão de 140 psi.

Ou seja, aqui novamente destacamos a importância de que antes de mais nada você já deve ter em mente qual será a aplicação de seu compressor!

4 – O modelo é portátil e compacto?

Como você irá pintar, é necessário ter uma certa mobilidade para controlar a pistola de pintura, ou seja, é necessário que o modelo seja compacto e portátil.

A notícia boa é que a maioria dos modelos o são, ou ao menos possuem uma mangueira comprida o suficiente para lhe dar uma maior liberdade durante sua utilização. Entretanto, é sempre bom ficar atento a este detalho, para que você não acabe escolhendo um modelo que poderá dificultar o seu trabalho.

5 – Qual a capacidade do reservatório?

Qual a capacidade do reservatório de tinta do modelo que você planeja adquirir? É o suficiente para o trabalho que você precisa executar? Ou será que você precisará ficar parando o trabalho a todo instante para recarregá-lo?

Estas são perguntas que a maioria das pessoas acaba esquecendo de responder na hora de procurar pelo seu modelo, mas que você deve sempre se lembrar. Assim você evita ter de ficar a todo instante parando para recarregar sua pistola de pintura, o que pode acabar atrasando um trabalho que você conseguiria realizar em um menor tempo.

6 – É ergonômico?

Certamente um compressor de ar para pintura é muito mais prático do que um pincel e um rolinho, mas ainda assim trata-se de um trabalho inteiramente manual, então é necessário que o modelo que você deseja seja ergonômico.

Lembre-se de conferir se você não terá dificuldades durante sua utilização, e confira principalmente o seu peso, tendo sempre em mente que você provavelmente terá de utilizar sua pistola de pintura por um longo período de tempo.

7 – Possui itens extras?

Dúvida entre dois modelos bastante similares? Pois então não deixe de conferir se há itens extras oferecidos em conjunto!

Pistola, mangueira, alça para transporte e funil de diluição, estes são apenas alguns dos vários itens que podem ser oferecidos como extras. Na hora de definir sua decisão vale a pena considerar itens extras, caso o modelo os possua, pois eles podem realmente te ajudar a decidir.

8 – E claro, o preço deve sempre ser levado em consideração!

E por último, mas não menos importante, o preço é algo que deve sempre ser levado em consideração!

Isso pois de nada adianta encontrar o melhor modelo se ele simplesmente estoura o seu orçamento, não é mesmo? Então a dica é bastante simples, defina suas necessidades e o seu orçamento, e se atenha a isso. Certamente você encontrará um modelo que se encaixe nestes dois fatores!

Agora você já sabe como escolher o melhor compressor para pintura!

Acima nós lhe apresentamos incríveis modelos de compressor de ar que podem ser utilizados para pintura, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de definir o seu modelo. Agora basta ir atrás de seu compressor para pintura e aposentar de vez o pincel e o rolinho!

Pensando em adquirir algum dos modelos citados acima, ou então até mesmo já possui algum destes? Pois então não deixe de nos contar sua opinião nos comentários abaixo!