Melhor Serra Circular Principais Modelos

Na hora de te ajudar com seus projetos, ter em mãos a melhor serra circular que você encontrar faz toda a diferença! Pois é exatamente por isso que nós trazemos este artigo até você.

Abaixo nós trazemos alguns incríveis modelos de serra circular, de modo que você possa encontrar a melhor para suas necessidades. E, além disso, nós também separamos um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão. Então, se você tem algum trabalho com madeira pela frente, com certeza deve ficar de olho.

Preparado então para conferir o melhor modelo de serra circular do mercado? Pois então é só ficar ligado aqui neste artigo!

CARACTERÍSTICAPRODUTO

Mondial FSC-03
  • Guia laser para maior precisão do corte
  • Possui regulagem de profundidade e ajuste de ângulo entre 0º a 45º
Verificar Preço →

Wap Esc140
  • Modelo leve, preciso e confortável
  • Botão de trava do eixo
Verificar Preço →

Skil 5402
  • Função sopro para manter a área de corte limpa
  • Visibilidade através da placa-base para um melhor controle de corte
Verificar Preço →

Bosch GKS65
  • Velocidade variável
  • Soprador turbo para manter a área de trabalho limpa
Verificar Preço →

 

Qual a melhor serra circular?

Abaixo nós separamos alguns incríveis modelos de serra circular, de modo que você possa decidir qual a melhor, confere só!

Serra Circular Mondial FSC-03 – O Modelo Mais Barato!

Pros
  • Modelo barato
  • 100% rolamentada
  • Guia laser para maior precisão do corte
  • Possui regulagem de profundidade e ajuste de ângulo entre 0º a 45º
  • Capa protetora para uma maior segurança
  • Interruptor de segurança que impede o acionamento acidental
  • Alça emborrachada e ergonômica para melhor manuseio
  • Acompanha um disco de corte de 18 dentes e uma chave fixadora do guia paralelo
Contras
  • Modelo não aconselhável para grandes aplicações
  • Não possui coletor para pó

Para começar, nós selecionamos para você o modelo mais baratinho de nossa lista, mas que ao mesmo tempo pode lhe servir muito bem.

Com uma potência de 1.200 W e uma velocidade de 5.000 RPM, este modelo consegue entregar o que promete. Possui ainda uma guia laser para uma maior precisão e alinhamento de corte, uma base com regulagem tanto de profundidade quanto para ajuste de ângulo, a qual permite uma variação de corte dentre ângulos de 0º a 45º, uma capa protetora que fornece uma maior segurança ao disco de corte e um interruptor de segurança para que o motor não seja acidentalmente acionado. Além disso, trata-se também de um modelo ergonômico, com uma alça emborrachada, para um maior conforto do operador.

Serra Circular Wap Esc140 – Modelo Ideal Para Hobbies

Pros
  • Modelo ideal para hobbies
  • Modelo leve, preciso e confortável
  • Botão de trava eixo
  • Protetor de disco
  • Base de apoio metal
  • Permite ajustes de ângulo para inclinações dentre 0º a 45º
  • Acompanha uma chave allen, um punho auxiliar, uma guia paralela, um disco de corte e um protetor de disco
Cons
  • O protetor de disco é de plástico
  • Modelo não aconselhável para trabalhos mais pesados e intensos

Que tal optar por uma serra circular para ajudar em seus hobbies? Pois é exatamente o que este modelo oferece!

Este modelo apresenta uma potência de 1.400 W, bem como uma velocidade de 5.500 RPM. Apresenta também ajustes de inclinação do corte, variando de 0º a 45º, um botão de trava e um protetor de disco focados na segurança do operador, e um punho auxiliar para uma maior firmeza durante sua operação. Este modelo apresenta excelentes resultados para quando você precisa cortar madeiras mais duras e resistentes, ideal para todos os seus projetos pessoais!

Além disso, acompanham este modelo uma chave allen, um punho auxiliar, uma guia paralela, um disco de corte e um protetor de disco. Sua profundidade de corte é de 65 mm para 90º e de 43 mm para 45º.

Serra Circular Skil 5402 – Excelente Custo-Benefício!

Pros
  • Excelente custo-benefício
  • Possui visibilidade através da placa-base para um melhor controle de corte
  • Função sopro para manter a área de corte limpa
  • Punho ergonômico para um maior controle
  • Trava de eixo para troca de disco, sendo que é possível realizar a troca com uma chave sextavada ou Allen
  • Acompanha uma bolsa de nylon e um disco premium
Contras
  • A saída de resíduos não é adaptável para aspirador de pó
  • Também encontramos reclamações devido a qualidade da bancada do produto

Quer um modelo que apresente um excelente custo-benefício? Pois então definitivamente deve dar uma olhada neste!

Com uma potência de 1.400 W e uma velocidade de 6.000 RPM, este modelo certamente é o ideal para seu dia a dia. Apresenta uma visibilidade através da placa-base, para facilitar seu trabalho, bem como uma função de sopro para que a área de corte fique sempre bem limpa, e o punho ergonômico que lembra um serrote vai lhe conferir uma maior firmeza para o corte. Além disso, este modelo conta ainda com uma trava de eixo para que você possa trocar o disco sempre que necessitar, e o disco pode ser trocado tanto com uma chave sextavada quanto com uma chave Allen.

Este modelo acompanha uma bolsa de nylon e um disco premium, e sua profundidade de corte para 45º é de 45 mm, e para 90º é de 64 mm. Com este modelo em mãos você certamente consegue cortes robustos, seja você construtor, carpinteiro, fabricante de móveis de madeira ou qualquer outra profissão similar.

Serra Circular Bosch GKS 65 – A Serra Circular Para Uso Profissional!

Pros
  • Ideal para uso profissional
  • Potência de 1.800 W
  • Velocidade variável
  • Placa-base de alumínio com dois encaixes de guia
  • Soprador turbo para manter a área de trabalho sempre bem limpa
  • Acompanha um disco de serra Optiline de 60 dentes, uma guia paralela, uma chave Allen, um manual de instruções e um adaptador para aspirador de pó
Contras
  • Modelo caro
  • Caso necessite de uma serra circular para trabalhos menores, então há modelos que são melhores indicados

Mas, se o que você deseja mesmo é uma serra circular para uso profissional, então confere só este modelo!

Esta serra apresenta a maior potência da categoria, com incríveis 1.800 W, além disso, ela também conta com uma velocidade variável de 3.000 – 5.000 RPM. A sua incrível potência, em conjunto com a placa-base de alumínio que possui dois encaixes de guia, fazem deste modelo ideal para o uso profissional e os trabalhos mais pesados. Este modelo também conta com um soprador turbo, de modo que seus trabalhos fiquem sempre limpos e com uma boa visibilidade.

Este modelo acompanha um disco de Serra Optiline de 60 dentes, uma guia paralela, uma chave Allen, um manual de instruções e um adaptador de aspiração de pó. Já com relação a capacidade de corte para este modelo, são 48 mm em 45º e 65 mm em 90º.

O que é uma serra circular?

O que é uma serra circular

Antes de mais nada, você sabe dizer o que é e para que serve uma serra circular? Basicamente falando, a serra circular tem como intuito fazer cortes longitudinais e chanfrados nos materiais. O seu motor elétrico é o responsável por fazer sua serra circular dentada girar em alta velocidade. Ou seja, quanto maior a potência de uma serra, maior também será sua velocidade máxima.

Uma vez que seu foco é a madeira, isso faz com que a serra circular seja bastante utilizada na carpintaria. Mas, mesmo que a madeira seja o material mais comum, ainda assim é possível utilizá-la em plástico e metal. Antes de definir se a serra circular é ou não a melhor para você, antes você precisa conhecer os tipos de serra circular que existem.

Os tipos de serra circular

Há dois tipos de serra circular a se conhecer: a portátil e a de bancada. Abaixo vamos passar brevemente sobre cada uma delas, de modo que você possa entendê-las melhor.

Serra circular portátil

Os modelos portáteis, como o próprio nome dá a entender, são aqueles que você tem disponibilidade para carregar onde quer que for. Elas são bastante úteis principalmente para quem se locomove bastante e necessita realizar seus cortes em diferentes locais. Entretanto, sua desvantagem fica por parte da necessidade de uma bancada para sua utilização onde quer que você for.

Ou seja, você necessitará sempre de um loca próprio para realizar o corte, independente de onde você levar sua serra circular.

Serra circular de bancada

Já a serra circular de bancada é própria para permanecer em um só local, geralmente em uma oficina. Ou seja, aqui você não poderá levá-la com você onde quer que você for, sendo necessário o oposto, fazer com que o trabalho venha até você.

A vantagem fica por parte do local próprio e específico para a utilização das serras, geralmente com pontos de fixação para lhe ajudar na hora do corte. Estes modelos são mais voltados para o uso profissional, possuindo mais recursos que o modelo portátil, porém também costumam ser mais caros.

Serra circular ou serra tico-tico?

Serra circular ou tico-tico, qual delas é a melhor para o trabalho que você tem pela frente? Apesar de parecidas, ambas possuem empregabilidade diferente, então fique ligado quando se deve utilizar cada uma delas.

A começar pela serra circular, ela é mais aconselhável para quando você tem trabalhos grandes pela frente, com cortes em linha reta. Ela é ideal para marcenaria e carpintaria, possuindo tanto uma potência quanto um preço bem superiores a serra tico-tico.

Já com relação a serra tico-tico, seu uso é aconselhável para quando você necessita realizar trabalhos delicados. Ou seja, ela é ideal para prover melhores acabamentos e detalhes na peça que você tem pela frente, tal como para trabalhos artesanais. Tanto sua potência quanto seu preço são menores do que a serra circular.

Leitura complementar: Serra Tico-Tico ou Serra Circular, Qual A Melhor?

E então, agora que você já entende para que cada uma delas serve, qual delas é a melhor para você?

Dicas na hora de usar a sua serra circular

Atenção total na hora de utilizar sua serra circular! E, para te ajudar com isso, abaixo nós separamos algumas dicas que você deve se atentar para que não ocorram nenhum tipo de acidente, acompanhe.

Claro que a primeira coisa que você deve fazer é começar pelos equipamentos de proteção, tais como luvas, máscaras e óculos. Feito isso, então agora é hora de começar o corte. Mas antes, desenhe uma linha de corte no local em que você deseja cortar, e certifique-se também de que o material esteja bem preso sobre a mesa ou sobre a superfície de corte. Caso você tenha uma serra manual, então deverá seguir a linha de corte com a serra, mas não precisa se apressar aqui, faça o processo de deslocamento aos poucos.

É importante também que você nunca acompanhe a peça com a mão e, caso a serra simplesmente emperre ou pare de funcionar, nunca tente ajustá-la manualmente. Na hora de realizar os cortes, opte sempre por locais abertos e áreas externas.

Tudo finalizado? Pois então chega a hora de cuidar bem de sua serra, para que você possa continuar utilizando-a futuramente. Mantenha-a sempre bem limpa, evitando que o pó se acumule sobre ela. Evite ao máximo que ela entre em contato direto com a água, pois isso pode ser prejudicial ao seu motor elétrico. O melhor mesmo é mantê-la guardada sempre em local seco e não úmido, preferencialmente dentro de uma maelta ou de uma bolsa de proteção.

Dicas para escolher a melhor serra circular para você

Como escolher a melhor serra circular

Acima nós te mostramos excelentes modelos de serra circular, mas como você pode escolher pela melhor? Pois é pensando justamente em lhe ajudar a responder esta pergunta que abaixo nós trazemos todos os fatores que você deve levar em consideração na hora de tomar sua decisão, confere só!

1 – Comece pela potência

A potência é o primeiro fator que você deve ficar atento, isso pois, quanto maior for a potência maior a rigidez das peças que você poderá cortar sem que com isso ela trave. Além disso, como já citado acima, quanto maior for a potência, maior também será sua velocidade.

Aqui é importante que você tenha em mente a utilidade que dará a sua serra circular. Caso não vá utilizá-la para trabalhos mais potentes, então uma potência média de 1.400 W já lhe será de bom tamanho para a maioria das situações, para se ter uma ideia uma potência de 1.200 W já é boa para cortar MDF e compensado. Mas, no caso de trabalhos mais pesados e profissionais, então será necessário uma potência elevada, na faixa de 1.600 W. Tenha em mente também que quanto maior a potência, mais pesada e cara será a máquina.

2 – A velocidade também deve ser analisada

Quanto maior a potência maior a velocidade, e consequentemente quanto maior a velocidade mais rapidamente você poderá concluir determinado serviço. Entretanto, não caia na armadilha de correr logo para os modelos que possuam a maior velocidade.

A dica aqui é optar sempre por modelos que lhe permitam controlar diferentes níveis de velocidade. Assim você consegue regular a velocidade de sua serra circular dependendo do material que estiver realizando o corte, o que lhe proporciona um maior leque de possibilidade para seus trabalhos. Os modelos mais baratos geralmente não costumam contar com um controle de velocidade.

3 – Qual o tamanho do disco de corte?

Você utilizará em sua serra circular um disco para corte, mas qual será o tamanho/diâmetro deste disco?

Os discos podem variar desde 10 cm até 40 cm, dependendo exclusivamente do tipo de peça que você deseja cortar. Ou seja, não é difícil aqui fazer a relação de, quanto maior a peça que você deseja cortar, maior deverá ser o tamanho do disco que sua serra possui. Não é regra, mas geralmente os discos maiores são também os mais potentes, e os que conseguem cortar materiais mais duros e espessos. Então fique de olho também para o tamanho do disco, o material que você deseja cortar e a profundidade de corte da serra.

4 – De olho na profundidade de corte

E por falarmos na profundidade de corte, este é outro fator que você deve se atentar.

Como você já deve ter suposto, a profundidade de corte está relacionado ao quanto a serra circular poderá “adentrar” na peça que você deseja cortar. Então, se a peça que você tem em mãos for muito espessa, é necessário que você verifique se a profundidade de corte do modelo que você deseja adquirir é suficiente para cortar sua peça.

Se a peça que você quer cortar possui uma espessura de 5 cm, e a o modelo da serra circular que você deseja cortar apresenta uma profundidade de corte de 4 cm, então ela não conseguirá lhe atender bem. Tenha sempre em mente a compatibilidade da profundidade de corte da serra circular que você quer, com o material que você deseja cortar.

5 – Quais são os ângulos de corte possíveis?

Aqui os ângulos se relacionam diretamente com a posição que você irá utilizar a serra para cortar o material. Acima nós relacionamos a profundidade de corte dependente do ângulo de corte utilizado, então este é outro fator que você deve se atentar.

6 – O modelo possui soprador? E quanto a saída para aspirador de pó?

A serra circular é utilizada, normalmente, para madeira, então a quantidade de pó gerado (serragem) será grande. Caso o pó gerado seja tanto que você não consiga nem mais enxergar sua linha de corte, então temos aqui um problema. Exatamente por isso que alguns modelos contam com um soprador, para manter seu local de trabalho limpo ao mesmo tempo que não interferem na sua linha de corte.

Importante ressaltarmos aqui que você NUNCA deve remover o pó manualmente enquanto estiver cortando o material!

Outra função similar aqui, mas até mais prática, é a saída para aspirador de pó. Enquanto alguns modelos possuem um soprador que irão retirar o pó de sua frente, mas espalhá-lo aos quatro ventos, outros modelos possuem uma saída para aspirador de pó. Ou seja, nestes modelos o pó é “sugado” pelo aspirador de pó enquanto você realiza o trabalho, assim você não é prejudicado pelo pó gerado, e ao mesmo tempo consegue juntá-lo em um lugar só ao invés de espalhá-lo por todo o chão.

7 – Fique de olho nos acessórios extras que são oferecidos

Está em dúvida entre dois modelos bastante similares? Pois então conferir os extras oferecidos por ambos é uma excelente maneira de desempatar esta disputa!

Guia de corte, chave Allen, reservatórios de pó, serra premium, todos estes são acessórios extras que alguns modelos costumam oferecer em conjunto a serra circular, e que vale a pena você ficar de olho. Então, na hora de tomar sua decisão, não se esqueça de avaliar todos os itens extras que são oferecidos em conjunto, eles podem realmente ajudar a pesar a balança para determinado modelo.

8 – O preço também deve ser levado em consideração

E por último, mas não menos importante, o preço deve também sempre ser levado em consideração. De nada adianta você ter encontrado a melhor serra circular de todas, se ela simplesmente estoura o seu orçamento, não é mesmo?

A dica aqui é simples, defina suas necessidades, bem como o seu orçamento, e se atenha a eles. Certamente você conseguirá encontrar um modelo que atenda a todas as suas necessidades sem com isso precisar estourar o seu orçamento!

Agora você já sabe como escolher a melhor serra circular para seus trabalhos!

Acima nós te mostramos excelentes modelos de serra circular, bem como um pequeno guia destacando tudo o que você deve levar em consideração na hora de escolher a sua. Ou seja, agora é só você ir atrás daquela serra que melhor atende as suas necessidades e começar seus trabalhos o quanto antes!

Pensando em adquirir algum dos modelos acima, ou então já até possui algum deles? Pois então não deixe de nos contar sua opinião a respeito nos comentários abaixo!