Como Escolher A Potência Do Cortador De Grama

Na hora de escolher o cortador de grama ideal para você, há alguns fatores a se levar em conta, como por exemplo a potência!

Escolher a potência ideal para o seu cortador de grama é importante, e é aí que nós entramos. Isso pois, o objetivo desse artigo é justamente te ajudar a escolher que o potência o seu cortador de grama deve ter. Assim você consegue comprar um modelo específico para suas necessidades, sem correr o risco de faltar potência quando você precisar, e nem de pagar a mais por uma potência bem além da necessária.

Então, para escolher a melhor potência para o seu cortador de grama de uma vez por todas, é só seguir aqui com a gente!

Como escolher a melhor potência para o seu cortador de grama!

Como escolher a potência de um cortador de grama?

Abaixo nós vamos focar melhor nos fatores que influenciam na hora de escolher a melhor potência para o seu cortador de grama, assim você poderá ter em mãos aquele modelo que melhor se adéque as suas necessidades. Claro, você pode sempre ir direto para a maior potência da categoria, mas é importante ter em mente que quanto mais potente, mais caro ele será. Essa diferença de preço pode fazer a diferença, pois muitas vezes você nem usará tudo aquilo que pagou.

A primeira coisa que influencia na hora de escolhermos a potência, é o tipo de cortador, ou seja, ele será elétrico ou a gasolina?

Cortador elétrico ou a gasolina?

Aqui é importante definirmos que existem quatro tipos de cortador de grama: elétrico, a gasolina, a bateria e o manual. Como estamos falando especificamente da potência, vamos descartar os modelos manuais e a bateria dessa análise e focar apenas no elétrico e a gasolina. Isso pois, os modelos elétricos e a gasolina são os mais potentes!

Comecemos então pelo modelo elétrico. Estes modelos tem a limitação de necessitarem de energia elétrica por perto para funcionarem, ou seja, tomadas. Eles também são mais baratos do que os modelos a gasolina, porém menos potentes, sendo ideais para jardins pequenos e médios. Relacionando-o de acordo com o tamanho da área, nós temos que:

  • Para uma área menor que 100 m² → Ele deve possuir, pelo menos, 900 W de potência;
  • Áreas entre 150 m² até 200 m² → Sua potência deverá estar entre 1.000 W e 1.100 W;
  • Para áreas entre 400 m² e 500 m² → Entre 1.600 W e 1.800 W de potência;
  • Terrenos superiores a 500 m² e menores que 1.000 m² → Acima de 1.900 W de potência.

E para terrenos maiores do que 1.000 m²? Para estes terrenos os cortadores elétricos não são aconselháveis, sendo ideal optar pelos modelos a gasolina.

Os modelos a gasolina são ideais para áreas grandes, preferencialmente acima de 1.000 m². Seu aspecto positivo se dá ao fato de não se aterem a tomadas elétricas, porém são também mais caros do que os modelos elétricos. A potência destes modelos é dada em HP, sendo que a maioria dos modelos atuam em uma faixa entre 2,5 e 6 HP.

Caso vá utilizá-lo para terrenos extensos, então a dica é escolher um cortador de grama a gasolina com potência superior a 5,0 HP.

Fatores que influenciam na hora de escolher a potência do seu cortador de grama

Além dessa distinção de elétrico e a gasolina, há ainda alguns fatores que são determinantes na hora de escolher a potência ideal para o seu cortador de grama. Abaixo nós separamos tais fatores para te ajudar com isso, então confere só!

1 – O tipo de grama

“Tipo de grama? Mas toda grama não é a mesma coisa?”

Na verdade não, nem toda grama é igual, e o tipo de grama influencia na hora de escolher a potência certa do seu cortador de grama!

Existem dois principais tipos de grama: esmeralda e batatais. São chamadas de batatais aquelas gramas que possuem uma densidade maior, o que consequentemente faz com que seu corte seja mais difícil, e a potência que o cortador de grama também deverá ser maior.

Então, se o local em que você irá trabalhar possui a grama do tipo batatais, não é aconselhável o uso de motores pequenos. Modelos a gasolina são os mais aconselháveis aqui, pois são feitos para aguentar o tranco. Mas, caso opte por escolher um cortador de grama elétrico, então ele deverá ter potência superior a 1.100 W.

2 – O tamanho do local em que ele será utilizado

O tamanho/extensão do terreno que você planeja trabalhar também influencia diretamente aqui. Isso pois, quanto maior ele for, mais potente precisará ser seu cortador de grama, de modo que você possa economizar tempo no trabalho e conseguir um rendimento elevado.

Basicamente nós já apontamos acima essa diferença, porém vamos focar novamente na questão de área, tanto para modelos elétricos quanto a gasolina. Os modelos elétricos conseguem atuar bem numa faixa de 100 a 1.000 m², dependendo da potência escolhida, e fazendo novamente uma esquemática rápida:

  • 100 m² → 900 W+;
  • 150 m² a 200 m² → 1.000 W a 1.100 W;
  • 400 m² a 500 m² → 1.600 W a 1.800 W;
  • 500 m² a 1.000 m² → 1.900 W+.

Esse esquema acima funciona para modelos elétricos, sendo que modelos a gasolina são aconselháveis para áreas extensas, acima de 1.000 m². Para um cortador de grama a gasolina não tem muito segredo, eles funciona geralmente entre 2,5 HP a 6 HP, mas o ideal mesmo é que você escolhe uma potência mínima de 5,0 HP.

3 – O relevo do local

Quando falamos em relevo, estamos nos referindo aqui ao ângulo de inclinação. Modelos a gasolina são os mais indicados para áreas extensas, mas isso depende também da inclinação dessas áreas. Se determinada área apresentar uma inclinação superior a 15º, então os modelos a gasolina não são os indicados, devido ao seu sistema de lubrificação por salpico.

Nessa situação, um modelo elétrico acaba sendo o mais indicado. Mas, dependendo do nível de inclinação do terreno, um cortador de grama não é aconselhável, sendo nesse caso indicado o uso de uma roçadeira.

4 – Obstáculos ao redor

Quando falamos em obstáculos estamos nos referindo a árvores, arbustos, canteiros, muros e demais obras de paisagismo que podem estar no local. Tenha em mente que você precisará contornar tudo isso quando estiver usando o seu cortador de grama, o que pode prejudicar um pouquinho no corte da grama.

Para este uso em específico, o ideal são máquinas sem tração, pois na hora de cortar ao redor de obstáculos elas apresentam um melhor rendimento. Mas, dentre todos os modelos de cortador de grama, a verdade é que o modelo a bateria é o melhor quando o assunto é desviar de obstáculos!

Qual escolher?

Como você pode ter reparado acima, o cortador de grama a gasolina é melhor do que o modelo elétrico, devido a sua potência ser bem maior. Então, caso você queira um modelo mais profissional, sem dúvidas este modelo é o cortador a gasolina, mas é importante ficar atento ao preço.

O modelo a gasolina é mais caro, o que pode acabar inviabilizando sua aquisição, principalmente para áreas que não sejam muito extensas. Nesse caso, o melhor a se fazer é escolher  um cortador de grama elétrico, cuja potência consiga atender as suas necessidades.

Saiba definir suas necessidades e o seu orçamento, e se atenha a eles, certamente você encontrará aquele modelo de cortador que consiga atender a ambos!

Agora você já sabe como escolher a potência que o seu cortador de grama deve ter!

Acima nós lhe informamos todos os principais fatores que você deve levar em consideração na hora de escolher a potência ideal para o seu cortador de grama. Então agora você já sabe qual escolher dependendo do serviço que for executar, sem correr o risco nem de faltar potência quando você precisar dela, e nem de acabar pagando mais por uma potência que você nem mesmo irá utilizar!

E então, conseguiu definir a potência ideal para suas necessidades? Será um cortador de grama elétrico ou a gasolina? Conta isso pra gente nos comentários abaixo!